O Que é Notícia Em Sergipe

A vez do servidor

0

O funcionalismo deve ficar atento às falsas promessas que serão feitas pelos candidatos ao governo de Sergipe. Há quatro anos sem reajuste salarial, o servidor tem sido tratado como patinho feio desde o governo do saudoso Marcelo Déda (PT), passando pelo de Jackson Barreto (MDB) até o do atual governador Belivaldo Chagas (PSD). E a explicação esfarrapada do Executivo para tratar a pão e água quem toca a máquina administrativa, é que o caixa está baixo. Em outras palavras, se fosse possível, o governo reduziria ainda mais os baixos vencimentos dos servidores. Dia desses, o secretário da Fazenda, Ademário Alves, disse ser inviável melhorar os salários este ano. Depois dessa ducha fria, tentar discutir um reajuste salarial antes das eleições será o mesmo que falar em corda na casa de enforcado. Portanto, só resta ao funcionalismo punir seus carrascos, negando-lhes o voto nas eleições de outubro. Pense nisso!

Malandragem proibida

A Justiça voltou a proibir as faixas exclusivas para ônibus nas avenidas de Aracaju. Implantada pela administração passada, esta malandragem visou unicamente encher o cofre da SMTT com as multas aplicadas aos carros que trafegavam pelas tais faixas. A Justiça entendeu que a Prefeitura colocou o carro diante dos bois, ao pintar as faixas azuis nas vias antes de implantar o prometido BRT. Certíssimo!

Sem pressa

O PDT sergipano vai aguardar o desfecho das composições feitas por sua executiva nacional para só depois de definir em qual lado ficará. Em nota, o partido diz que esta posição já foi comunicada ao governador e candidato à reeleição Belivaldo Chagas (PSD). Segundo a legenda, a demora em se definir não significa “indecisão, indefinição, leilão ou sabedoria, como alguns tentam transmitir de forma maldosa”. Então, tá!

Compras online

Os homens são responsáveis por 52% das transações realizadas na internet. Pesquisa do Instituto Marplan mostra que as classes A e B ainda são maioria nas compras eletrônicas, com 72%. Quanto ao nível de escolaridade, 48,1% dos compradores online possuem nível superior incompleto. Os compradores gostam de tecnologia, funcionalidade e praticidade.

Rede rasgada

O pré-candidato a senador Alexandro Vieira (Rede) reagiu contra a anunciada aliança entre o partido dele e o PSB dos Valadares. Segundo Vieira, a única exigência dos pessebistas para formalizar a coligação foi a retirada da candidatura dele: “Parece que esse espaço deve estar sempre reservado para as mesmas velhas figuras de sempre”, reclama Alessandro, que vai tentar uma candidatura independente. Pelo acordo político, o manda chuva da Rede em Sergipe, Emerson Ferreira será candidato à vice-governadoria na chapa encabelada por Valadares Filho (PSB). Marminino!

Novos municípios

A Câmara dos Deputados pode votar nesta quarta-feira Projeto de Lei Complementar autorizando a criação de novos municípios. A matéria já passou pelo Senado, foi aprovado em regime de urgência na Câmara e depende agora da aprovação final de 257 deputados. No Nordeste, os novos municípios terão de contar, após a criação, com população igual ou superior a 12 mil habitantes. Esta informação é do jornal Folha de São Paulo.

Pires nas mãos

A Constituição Estadual de 1989 já prevê a instalação de 15 novos municípios em Sergipe: Jenipapo e Treze (Lagarto), São Mateus da Palestina (Gararu), Sítios Novos e Santa Rosa do Ermírio (Poço Redondo), Escurial (Nossa Senhora de Lourdes), Veracruz (Riachão do Dantas), Rosa Elze (São Cristóvão), Mocambo e Alagadiço (Frei Paulo), Samambaia (Tobias Barreto), Luzinópolis e Nossa Senhora de Fátima (Porto da Folha), São José do Itamirim (Itabaianinha) e Nossa Senhora do Patrocínio (Brejo Grande). Será que estes povoados têm condições de se sustentarem como município, ou serão mais 15 prefeituras de pires nas mãos atrás de recursos federais? Crendeuspai!

Consome menos

O consumidor está mais consciente na hora de comprar. Segundo estudo da agência global Havas, 85% da população entendem que o progresso não está em consumir mais, mas em consumir melhor, enquanto 75% acreditam que um consumo exagerado pode impor riscos ao planeta e à sociedade. 45% dos entrevistados, no entanto, disseram ser usual comprar itens e produtos de que não precisam.

Fichas sujas

Apesar de o Tribunal Superior Eleitoral ter extinto os processos de cassação de sete deputados sergipanos, eles continuam inelegíveis. Pelo menos é assim que pensa a procuradora regional eleitoral, Eunice Dantas. Foram cassados, sob a acusação de terem usado indevidamente as verbas de subvenção da Assembleia, os deputados federais João Daniel (PT) e Adelson Barreto (PTB), além dos estaduais Venâncio Fonseca (PSC), Augusto Bezerra (PHS), Capitão Samuel (PSL), Gustinho Ribeiro (SD) e Zezinho Guimarães (MDB). Lembre-se deles!

Batendo em retirada

Além da decisão de fechar sua Fábrica de Fertilizantes, em Laranjeiras, a Petrobras também está se desfazendo de outros ativos em Sergipe. Segundo o Valor Econômico, entre os negócios previstos pela estatal em solo sergipano, estão campos terrestre e em águas rasas, além do campo de Piranema, projetado para produzir 30 mil barris diários de óleo e que só produz cerca de 4 mil barris/dia. Homem, vôte!

Recorte de jornal

Publicado no jornal A Estância, em 25 de dezembro de 1949

Recorte de jornal

 

Comentários