O Que é Notícia Em Sergipe

Ônibus ruim e caro

0

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) prometeu analisar a proposta das empresas de ônibus de reajustar a passagem dos atuais R$ 3,50 para R$ 4,40. Este aumento é um exagero. Em agosto de 2017, o prefeito presenteou as concessionárias com um aumento de 12% no preço da tarifa. Considerando a péssima qualidade dos ônibus, irregularidade dos horários, superlotação e o deplorável estado de conservação dos terminais de passageiros, o aracajuano já paga muito caro para ser transportado em verdadeiras latas de sardinhas. E Edvaldo Nogueira, que durante a campanha eleitoral prometeu um transporte coletivo de primeiro mundo, não deveria, antes de cumprir a promessa, punir pela segunda vez a população para atender empresas que estão chorando de bolsos cheios. Manter congelado o preço da tarifa é o mínimo que se espera do senhor prefeito.

Na terrinha

E quem está em Aracaju é o ministro dos Esportes, Leandro Cruz Fróes da Silva. Veio participar da assinatura da ordem de serviço para a reforma do Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, em Aracaju. Presidida pelo governador Belivaldo Chagas (PSD), a solenidade acontecerá às 16h no próprio ginásio. Serão investidos R$ 201 mil para substituir o piso de madeira por um de alta resistência.

Disse-me-disse

Especula-se nas esquinas de Sergipe que o pré-candidato a governador Emerson Ferreira (Rede) pode desistir da empreitada para disputar a vice na chapa encabeçada por Valadares Filho (PSB). Esta aliança não é improvável. Em 2014, a hoje presidenciável Marina da Silva (Rede) foi candidata a vice-presidente na chapa do pernambucano Eduardo Campos (PSB), que morreu num acidente aéreo em plena campanha eleitoral. Aguardemos, portanto!

Troca de mãos

Presidente da Câmara Municipal, o vereador Josenito Vitale, o “Nitinho” (PSD), assume hoje a Prefeitura de Aracaju. Ficará no cargo até o próximo dia 16, período em que o titular Edvaldo Nogueira (PCdoB) participará de um curso nos Estados Unidos. A vice Eliane Aquino (PT) teve que se ausentar de Sergipe, pois como pretende disputar as eleições não pode substituir o prefeito. No ano passado, Edvaldo já avionou ao México e aos States.

Missa de 7º Dia

Será hoje, a missa de 7º dia em sufrágio da alma do desembargador Artur Oscar de Oliveira Déda. O magistrado foi professor, promotor público, juiz e desembargador, tendo presidido os Tribunais de Justiça, e Regional Eleitoral. Também era membro da Academia Sergipana de Letras. O ato religioso acontecerá às 19h30, na Igreja Jesus Ressuscitado, em Aracaju. Prestigie!

Cabidão investigado

A Controladoria Geral da União vai investigar as indicações políticas feitas pelo deputado federal André Moura (PSC), para cargos comissionados na Datrapev. Líder deste governo temerário no Congresso, o parlamentar sergipano indicou apadrinhados para cargos com salários de até 18,9 mil. Entrevistado pelo jornal O Globo, André defendeu as indicações, dizendo que elas são de "cunho político e pessoal". Então, tá!

Fogão à lenha

Enquanto o povo torce pela Seleção Brasileira, a Petrobras reajusta em 4,4% o preço do gás de cozinha. No acumulado do ano, o produto apresenta aumento de 5,2%, se comparado ao preço praticado em dezembro de 2017. A continuar assim, em breve, as donas de casa vão substituir o gás pelo velho fogão à lenha. Êta Brasilzão sem jeito!

Vida mansa

Além de receberem o teto salarial – R$ 35 mil – deputados federais e senadores têm direito a uma “ajudinha” de R$ 35 mil para pagar despesas como passagens aéreas, telefone, correspondências, assessoria e hospedagem. Eles ainda recebem 15 salários por ano, auxílio-moradia, gabinete com funcionários e veículo oficial. Com tanta mordomia para usufruir, deve sobrar muito pouco tempo para os congressistas defenderem quem ganha um salário mínimo, passa fome e mora num quartinho de vila na periferia de Aracaju. Aff Maria!

Agora vai!

E a Justiça proibiu a circulação de taxi clandestino em Aracaju. Tudo muito bom, se tal prática já não fosse ilegal. O problema é convencer o aracajuano a não andar nos “clandestinos”, que só existem porque o sistema de transporte público é de péssima qualidade. Para quem mora na periferia, é mais cômodo pagar R$ 4 para viajar sentadinho num carro irregular, do que esperar um tempão para pegar um ônibus velho, sujo e lotado, que cobra R$ 3,50 pela passagem. Desconjuro!

Bota fé

E quem anda entusiasmada com a pré-candidatura ao Senado é a vereadora aracajuana Emília Corrêa (Patriota). Ela diz que ninguém está eleito antes da abertura das urnas. Segundo Emília, “a maioria das pessoas está cansada de tantos engodos. As redes sociais, inclusive, têm mostrado a verdadeira face dos que se intitulam  salvadores da Pátria”. Marminino!

Recorte de jornal

Publicado no jornal O Maruinense, em 20 de setembro de 1891

Resumo dos jornais

Comentários