Bingo: O Rei das Manhãs
Cinebiografia de Arlindo Barreto
  

Brasil, 2017. Direção de Daniel Rezende. Roteiro de Luiz Bolognesi. Produção de Cao Gullane e Fabio Gullane. Direção de Fotografia: Lula Carvalho. Música de Beto Villares. Montagem de Marcio Hashimoto. 111m, 12 anos. Cia. Produtora: Gullane Filmes. Distr. nos cinemas: Warner Bros. Com Vladimir Brichta, Ana Lúcia Torres, Augusto Madeira, Emmanuelole Araújo, Leandra Leal, Raul Barreto, Tainá Muller.

Gênero – Drama

Sinopse – Cinebiografia do palhaço Bozo  que no final dos anos 70 dominava a programação matinal das emissoras de televisão. Apesar disso, Arlindo Barreto não era um homem feliz, porque uma clausula contratual impedia que ele se apresentasse de rosto limpo. Assim, quase ninguém sabia quem era Arlindo Barreto mas não se cansava de admirar o palhaço Bozo.

Apreciação – O que o filme esconde é que Arlindo Barreto fez vários filmes brasileiros, muitos dos quais como interprete principal, mas de um gênero de parca difusão na época, o pornô.

Fique de Olho – Em Leandra Leal, uma das grandes atrizes deste início de século no Brasil.

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030