O Que é Notícia Em Sergipe

Copa: Inglaterra e Croácia passam para a semifinal

0
(foto: Arquivo Portal Infonet)

Inglaterra e Croácia farão a segunda semifinal da Copa do Mundo de 2018. Ambos os times venceram seus adversários pelo fechamento das quartas de final neste sábado, 7, e irão se enfrentar na próxima quarta-feira, 11. A Inglaterra classificou-se ao bater a Suécia por 2 a 0. Já a Croácia empatou com a Rússia em 2 a 2 – 1 a 1 no tempo normal mais 1 a 1 na prorrogação – mas eliminou a seleção anfitriã na disputa por pênaltis por 4 a 3.

INGLATERRA 2 x 0 SUÉCIA

Aos 29 minutos, a Inglaterra marcou o primeiro gol do jogo. Ashley Young cobrou escanteio na cabeça de Maguire, que venceu a marcação e abriu o placar: 1 a 0. Na segunda etapa, assim como no primeiro tempo, a Suécia não teve força ofensiva suficiente para ameaçar mais os ingleses, que chegaram ao segundo gol aos 12 minutos. Lingard cruzou na cabeça de Dele Alli que, muito bem posicionado, cabeceou paro o fundo do gol: 2 a 0. Com o apito final, o English Team voltou a uma fase semifinal de Copa após 28 anos. A última vez que havia ficado entre os quatro melhores times da competição havia sido na Copa de 1990, na Itália.

CROÁCIA 2 (4) X (3) 2 RÚSSIA
A Croácia pressionou, mas foram os donos da casa que abriram o placar. Aos 30 minutos, Cherychev recebeu no ataque e mesmo cercado por quatro croatas e teve espaço para avançar e disparar um lindo chute de fora da área: 1 a 0. Mas aos 39 minutos a Croácia empatou. Mandzukic avançou pela esquerda, entrou na área e cruzou na cabeça de Kramaric, que deixou tudo igual: 1 a 1.

Na prorrogação, a Croácia diminuiu o ritmo. Curiosamente, foi exatamente assim que o time chegou à virada. Aos 10, o zagueiro Vida aproveitou a cobrança de escanteio e cabeceou no canto esquerdo do gol de Akinfeev: 2 a 1. A partir dos 6 minutos do segundo tempo da prorrogação, a Rússia fez a pressão e conseguiu o empate. Após cobrança de escanteio, o brasileiro naturalizado russo Mário Fernandes cabeceou livre para o fundo do gol: 2 a 2 – resultado que garantiu a decisão por pênaltis.

Nas cobranças, Mário Fernandes, que vinha sendo o herói do time, acabou perdendo seu pênalti. Além dele, Smolov também perdeu. Já pela Croácia, todos converteram, menos Kovacic. Mas não foi o suficiente para impedir a classificação croata: 4 a 3.

Com informações da Agência Brasil

Comentários