Anvisa:André será aprovado,mesmo condenado na última segunda-feira,17

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

A indicação pelo presidente Temer, através da publicação no Diário Oficial de ontem, 18, do nome do deputado André Moura para o cargo de diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, repercutiu negativamente na imprensa nacional. Vários sites publicaram a notícia informando que o atua líder de Temer é réu em vários processos. Dois deles: Congresso em Foco e o Globo (este só para assinantes).

Um trecho do O Globo/Brasília: “Indicado no apagar das luzes do governo Michel Temer para uma diretoria da Anvisa – cargo com mandato, de três anos -, o líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE), foi condenado mais uma vez pela Justiça. Em sentença proferida na segunda-feira, a Justiça em Sergipe condenou o parlamentar por abuso de poder político. Com punição de inelegibilidade por oito anos. A decisão atinge também a prefeita de Japaratuba (SE), Lara Moura (PSC), mulher do deputado, que deve ficar inelegível pelo mesmo período e ter o diploma de prefeita cassado, em razão de ter sido beneficiada pelo abuso do poder político do marido, conforme a sentença.”

Já no Senado, o senador Renan Calheiros, MDB, fez um duro alerta lembrando que foi aprovada uma lei para blindar as estatais, as agências e os fundos de pensão de indicações como a do ex-deputado André Moura, mas a Câmara revogou o item mais importante que é a indicação de políticos, parentes e agregados sem formação técnica. “Como estou na fase paz e amor me esforço para não acreditar que foi o presidente Temer que fez essa indicação. Prefiro entender que foram seus subalternos…” A fala de Renan aqui:

Para indicar André Moura, Temer retirou a indicação de Rodrigo Sérgio Dias, que tinha feita através de mensagem no dia 18 de setembro. O nome era técnico, como sempre foi os indicados para a diretoria da Anvisa, que é uma agência altamente técnica, que cuida da regulação dos planos de saúde, preços e liberação de remédios.

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e o plenário do Senado devem referendar hoje o nome de André Moura para a diretoria. O mandato do diretor é de três anos e a agência tem cinco diretores, um deles exerce a presidência.

Pela pressa da tramitação e a consequente aprovação hoje, 19, foi tudo acordado entre o presidente Temer e o futuro presidente Bolsonaro.

Bom senso prevaleceu e Emurb cumpriu a lei determinando ao CB a remoção da cerca no canteiro central da Orla de Atalaia. Nota de Esclarecimento da Emurb: “Sobre a nota publicada em seu blog nesta terça-feira, dia 18, em referência ao cercamento de área no entorno da unidade do Corpo de Bombeiros, na Avenida Santos Dumont, bairro Atalaia, a Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) esclarece tomou conhecimento do fato no último final de semana e expediu uma notificação na segunda-feira, 14, determinando a remoção da estrutura, dando um prazo de até 72 horas para ser totalmente retirada. A equipe de fiscalização esteve no local nesta terça-feira e constatou que as providências estavam sendo tomadas pelo Corpo de Bombeiros, como se pode ver na foto. O alambrado foi retirado e os pilares de ferro estavam sendo removidos, com sua conclusão prevista para hoje, quarta-feira, prazo determinado pela Emurb. Rigor e respeito à legislação estão presentes nas ações da Emurb para coibir construções irregulares, invasão a áreas públicas e uso e ocupação do solo de forma indevida. Todo o procedimento de fiscalização respeita as leis municipais, a exemplo do Código de Urbanismo do Município de Aracaju, o Código de Obras e Edificações, o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e outras leis complementares que dispõem sobre o ordenamento urbanístico da capital. Aproveitamos para informar que a população pode fazer denúncias de uso irregular do solo urbano por meio do telefone 3179-1619. Assessoria de Comunicação da Emurb.”

SMTT foi informada para multar carros particulares no canteiro Como o leitor pode observar na foto do canteiro onde fica o posto do Corpo de Bombeiros na Orla da Atalaia o local está sendo usado não só para estacionar os veículos da corporação, mas também para veículos particulares de integrantes da corporação. Algo totalmente desnecessário já que em todas as áreas ao redor existem estacionamentos gratuitos. Por isso a SMTT vai começar a cumprir a lei como a Emurb fez.

Gualberto desmente notícia O deputado Estadual do PT, Francisco Gualberto usou a tribuna na manhã desta terça-feira, dia 18, para falar sobre matéria jornalística que circulou nas redes sociais. Segundo o parlamentar, matéria destaca sobre “Expectativas para Gualberto renunciar e cumprir a palavra dada”. Gualberto ressaltou que a matéria foi escrita pelo jornalista Cláudio Nunes, colunista da Infonet. Toda matéria da Alese aqui.

Confraternização dos delegados Quem esteve na confraternização dos delegados de Polícia de Sergipe foi o ex-governador Albano Franco. Na foto, o político abraça o presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe (Adepol/SE), Isaque Cangussu, além dos delegados Luciano Cardoso, Adelmo Pelágio, Allan Faustino e Lênio Augusto. O evento aconteceu no Restaurante Sollo no último sábado.                                                   

Feira da Saúde no Mercado Central Hoje, 19, das 13h às 19h30, no Mercado Central de Aracaju (Espaço feirante Genildo Joaquim dos Santos), será realizada mais uma Feira da Saúde, numa iniciativa do Movimento Popular de Saúde – MOPS, ANEPS, Emsurb, Secretaria Municipal de Saúde e UFS através dos residentes de saúde mental. A feira tem como objetivo sensibilizar e divulgar a prevenção e promoção da saúde realizando ações junto aos feirantes e clientes do Mercado Central de Aracaju.

Contos Ínfimos Amanhã, 20, a escritora, Kátia Loureiro estará em Aracaju para lançar o livro “Contos Ínfimos” pela Editora DANDA. A noite de autógrafo será na Livraria Escariz, à Av. Jorge Amado, 960 – Bairro Jardins às 18horas. ‘Contos Ínfimos’ reúne 34 contos prismados pelo olhar de uma mulher. Alguns são densos, outros amenos, uns engraçados, outros sensuais, há realidade pura e cruel e também realismo fantástico. São ínfimos porque tratam de temas que olhares desatentos e apressados desvalorizam. E por que cada história é contada em apenas mil palavras. São preciosos por que afirmam a capacidade do ser humano. Há dois contos premiados em concursos literários.

Conselho de Psicologia de Sergipe se prepara para o Janeiro Branco O início de cada ano é um período repleto de expectativas e planejamentos para o futuro. Momento propício para disseminar a psicoeducação e chamar a atenção das pessoas para refletirem sobre bem-estar, qualidade de vida e os cuidados com a saúde mental e emocional. Foi com esse convite que o Conselho Regional de Psicologia de Sergipe – 19ª Região deu a início aos preparativos para a campanha Janeiro Branco: Mês de Prevenção e Cuidados em Saúde Mental e Emocional

Governo decreta ponto facultativo dias 24 e 31 de dezembro O governo do Estado decretou ponto facultativo em todas as repartições e órgãos estaduais da administração direta e indireta nos dias 24 e 31 de dezembro, conforme decreto estadual de número 30.940. O ponto facultativo ocorre em virtude das festividades de natal e réveillon. Já os dias 25 e 1° de janeiro são feriados nacionais.

Serviços emergenciais Os serviços emergenciais do Estado, como Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, polícias Militar e Civil, o Samu 192 Sergipe, hospitais e demais unidades de saúde de urgência estarão de plantão para atender as demandas da população.

Noite de sucesso no lançamento da terceira edição da revista dos Advogados de Sergipe na AUDI Center Aracaju. Uma publicação da REMACRE COMUNICAÇÃO.

Lançada 3ª edição da Revista dos Advogados Ontem, 18, à noite na Audi Center Aracaju, foi lançada a 3ª edição da Revista dos Advogados que já vem se notabilizando na área jurídica pela excelente qualidade do material e a variedade dos textos. Produto da Remacre Comunicação, do publisher Clóvis Remacre Munaretto, esta nova edição já nasce especial. Repleta de informações relevantes sobre o universo jurídico do Estado, traz a cobertura jornalística das eleições da Seccional Sergipe OAB/SE, fato histórico que definirá o futuro da entidade e dos profissionais que fazem a advocacia sergipana.

Vendedores da Rodovia dos Náufragos permanecem no local enquanto durarem as negociações. Na manha da segunda-feira, 17, um grupo de comerciantes de frutas e verduras das margens da Rodovia dos Náufragos, Zona de Expansão Urbana de Aracaju, participou de reunião na Empresa Municipal de Serviços Urbanos (EMURB), para tratar da notificação emitida por aquela empresa municipal, com o objetivo de retirá-los dali.

Presenças Além da Emurb, também representou a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). A Prefeitura havia convocado apenas quatro vendedores, mas outros vendedores também se fizeram presentes, entretanto não tiveram acesso à sala de reuniões. Acompanharam os vendedores na reunião, o advogado Lucas Matos e o presidente da Associação Desportiva, Cultural e Ambiental do Robalo (ADCAR), José Firmo. A Prefeitura estava representada pelo Diretor de Espaços Públicos da Emsurb, Bira Barreto, pela Diretoria de Urbanismo, Chefia de Fiscalização e Assessoria Jurídica, da Emurb.

Alternativas Inicialmente os representantes da PMA informaram que não era intenção do prefeito de retirar os comerciantes dali, mas que havia a preocupação com a segurança dos comerciantes, compradores e de outras pessoas que trafegam por aquela via. Ao final, entre as várias possibilidades que foram sugeridas, ficou definido que os vendedores permanecem no local, pelo menos, até a realização de uma próxima reunião, no dia 7 de janeiro, quando serão apresentadas, por ambas as partes, alternativas para resolver o problema.

Pontos Os vendedores, que entraram para a reunião preocupados, saíram um pouco aliviados, porém sabem nada está resolvido. Segundo Valmir Andrade, um dos vendedores presentes na reunião, não se cogita a saída deles daqueles pontos onde comercializam há muitos anos. “Não vamos sair. Não aceitamos ir para outro local. A gente pode até pagar uma taxa, mas vamos ficar.”

Desdobramentos Para o advogado Lucas Matos, agora os vendedores vão pensar nas alternativas e se preparar para a próxima reunião. Mas, atentos aos desdobramentos. José Firmo, presidente da ADCAR, informou que esteve presente à reunião a pedido dos vendedores e que a ADCAR vai dar todo o apoio e orientação aos comerciantes. Irinete Luz, uma das mais antigas vendedoras se disse preocupada, pois é das vendas das frutas que tira uma renda extra para ajudar nas despesas de casa. Os vendedores pretendem realizar uma reunião no Povoado Robalo antes da próxima reunião na Emurb, a fim de deliberarem sobre as sugestões que eles levarão e sobre as alternativas que a PMA apresentará.

Campanha voluntária No primeiro mês do ano, profissionais de Psicologia, estudantes e voluntárias(os) diversas(os) podem planejar e desenvolver ações que auxiliem as pessoas a refletirem sobre o que precisam fazer para estar em harmonia com as diversas as áreas de sua vida, com ênfase nos cuidados com a saúde mental e emocional. A participação na Campanha é voluntária e as(os) profissionais e equipes que desenvolverem trabalhos sobre a temática ao longo do mês serão certificadas(os) pelo CRP 19 de acordo com as atividades promovidas.

Políticas públicas Segundo Pedro Alves dos Santos Filho (CRP19/1910), presidente da Comissão de Políticas Públicas, o CRP 19 abraçou o Janeiro Branco pela primeira vez em 2017 e a Campanha tem crescido bastante a cada nova edição. “Os voluntários que se somam à causa promovem discussões sobre bem-estar, qualidade de vida e prevenção em saúde mental nos mais variados espaços, tais como, empresas privadas, equipamentos públicos, organizações não-governamentais, instituições de ensino e locais onde haja circulação de pessoas como ruas, praças públicas, feiras livres, shopping´s centers, dentre outros”.

Materiais O Conselho de Psicologia apoia os voluntários da Campanha por meio da disponibilização de materiais educativos e publicização das ações. O presidente orienta que para participar, os interessados podem planejar atividades simples a serem realizadas em seu próprio ambiente de trabalho ou verificar possibilidades de realizar atividades em qualquer espaço da comunidade. “Dentre as intervenções possíveis estão as rodas de conversa, palestras, oficinas, cine-debates, vivências, caminhadas, encontros culturais, simpósios, panfletagens ou quaisquer outras atividades em que haja a possibilidade de difundir uma cultura de prevenção em saúde mental, tendo como principal estratégia a psicoeducação”.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Ato de Filiação de lideranças O Partido PPS realiza evento onde serão homologadas as fichas de filiação de lideranças da REDE em Sergipe, dentre eles o senador eleito Delegado Alessandro Vieira, os deputados estaduais eleitos Georgeo Passos e Kitty Lima, e o ex-vereador por Aracaju, Dr. Emerson. O ato acontece nesta quarta-feira, 19 de dezembro, a partir das 20h, no auditório da CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas).No final de novembro/2018, a Rede Sustentabilidade em Sergipe já havia divulgado nota para informar que por conta do não atendimento à chamada cláusula de barreira, o partido passaria a sofrer severas restrições a partir de 2019, reduzindo expressivamente sua capacidade de atuação. Por esse motivo, o Elo Nacional da REDE passou a debater alternativas para o futuro, dentre elas a perspectiva de fusão com o PPS.O grupo que integra a REDE em Sergipe decidiu antecipar o processo, para que, dessa forma, possa colaborar na construção de uma nova via política no Brasil e em Sergipe, baseada na defesa intransigente do combate à corrupção, na independência perante o Executivo e no respeito aos direitos individuais. O PPS demonstrou estar disposto a ser totalmente reformulado para abrigar o desejo de renovação política. A Executiva Nacional do PPS já iniciou os debates para implementação da mudança de nome do partido e novos estatutos.

Nota de Esclarecimento do Iate Clube “O Iate Clube de Aracaju – ICAJU esclarece que tentou de todas as maneiras resolver as questões contratuais com os proprietários do Bar do Bel, infelizmente sem sucesso, não restando outra saída a não ser mover a ação judicial cabível onde o restaurante teve a oportunidade de apresentar sua defesa, respeitando-se o devido processo legal, tendo o Poder Judiciário de Sergipe, acatado os argumentos do ICAJU, determinando-se a desocupação da área do Iate Clube, ocupada pelo Bar do Bel. Vale informar que o contrato de locação foi encerrado dia 30 de setembro de 2018, tendo o estabelecimento sido comunicado em prazo superior a 100 dias antes da data do encerramento do citado contrato. Informamos ainda que a diretoria executiva e a assessoria jurídica (representada pelo advogado Getúlio Sobral) estão tomando as providências necessárias para instalação de um novo restaurante para melhor atender a família Iateana (associados) e a sociedade sergipana. Eugênio Ricardo Franco Sobral – Comodoro do Iate Clube de Aracaju.” Veja nota da diretoria do Bel no print ao lado.

Trabalho voluntário O professor Yoacan Jocélis e sua equipe de faixas pretas do karatê realizaram um trabalho voluntário no Lar Esmeralda no município de São Cristóvão. O lar é conhecido como um dos melhores projetos de acolhimento do estado de Sergipe e por isso a equipe do professor Yoacan se somou ao projeto. “Sabemos que o esporte é uma grande oportunidade para os menos favorecidos saírem das ruas e terem inclusão social. Agradeço a oportunidade que o senhor Valdir presidente do Lar Esmeralda que propiciou que todos nós pudéssemos realizar esse trabalho com as crianças,” disse, registrando que no último sábado foi realizado um exame de graduação entre os jovens participantes.

PELO E-MAIL E FACEBOOK

NOTA DE REPÚDIO OAB/SE

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe vem a público manifestar repúdio institucional ao Projeto de Lei Estadual nº 139/2018, especificamente ao art. 24, de iniciativa do Poder Executivo Estadual, externando, com isso, a sua preocupação com a fusão das Secretarias do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), Secretaria Infraestrutura (SEINFRA) e a Secretaria do Desenvolvimento Urbano (SEDURB).

A reunião das três secretarias, com finalidades distintas, em um só órgão, sob o único argumento de contingenciamento de despesas, sem a apresentação de qualquer estudo técnico de viabilidade e impactos, revela a falta de prioridade política e menosprezo governamental à questão ambiental, o que vai na contramão da história, evidenciando gigantesco retrocesso na efetividade de políticas públicas para o Meio Ambiente em nosso Estado. Nem mesmo a transição para o novo governo federal ousou pôr em prática tal ideia.

Imperioso destacar que, em Sergipe, a Secretaria de Meio Ambiente não tem sido um órgão inoperante e custoso. Nos últimos 11 anos, ações de fundamental importância foram desenvolvidas pela pasta, a exemplo da criação de 03 Unidades de Conservação Estaduais (Monumento Natural Grota do Angico, Refúgio de Vida Silvestre Mata do Junco e Área de Relevante Interesse Ecológico Mata do Cipó); execução do Diagnóstico Florestal e do Inventário Florestal de Sergipe; elaboração e execução de projetos de Reflorestamento de importantes mananciais de Sergipe como o “Adote um Manancial”, “Preservando Nascentes e Municípios”, “Águas de Sergipe”; elaboração da proposta da Política Estadual de Florestas; execução da Política Nacional de Resíduos sólidos, da Política de combate à desertificação; apoio para os Comitês Estaduais de Bacia Hidrográfica, dentre outros.

Portanto, vale ressaltar que o Estado de Sergipe tem se esforçado no cumprimento de sua parte na preservação ambiental, com elaboração de projetos desenvolvimentistas responsáveis, com valorização da diversidade e utilização de recursos providos pelos ecossistemas de forma sustentável.

Neste contexto, o papel da SEMARH, como pasta autônoma, é crucial para a continuidade da implementação de políticas públicas para a preservação do Meio Ambiente, regulando o licenciamento de atividades econômicas com potencial prejuízo ambiental e garantindo a perpetuação do patrimônio biológico e cultural do País.

Do ponto de vista jurídico, o projeto do Governo do Estado vai de encontro aos textos constitucionais (art. 225 da CF/88 e arts. 232 ao 252 da CE/89) e atenta contra a estrutura e funcionamento do Sistema Nacional do Meio Ambiente, previsto na Lei 6.938/81, que atribui responsabilidades aos entes federados na execução da Política Nacional do Meio Ambiente.

Assim, como o Brasil, que se sobressai no plano internacional como um país singular por ser o mais biodiverso do planeta e ter uma excepcional diversidade cultural a ser preservada, o Estado de Sergipe tem ainda muito a fazer na preservação do seu rico meio ambiente para as futuras gerações. Certamente, esse objetivo não será alcançado com ações que reduzam o espaço e importância do meio ambiente na estrutura administrativa do Governo do Estado.

Por fim, a OAB/SE reafirma o seu papel institucional de defesa da sociedade civil e de seus direitos fundamentais, dentre os quais se destaca a preservação do meio ambiente equilibrado, e convoca os representantes dos Poderes Executivo e Legislativo Estaduais para uma profunda reflexão em torno das graves consequências futuras decorrentes da açodada fusão da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos com outras pastas estranhas à sua atividade fim, pugnando, outrossim, pela manutenção da sua autonomia na organização do Estado e na condução das políticas públicas de preservação eficaz do meio ambiente e suas riquezas.

Aracaju/SE, 18 de dezembro de 2018.
Henri Clay Andrade
Presidente da OAB/SE

Honey Gama Oliveira
Presidente da Comissão
de Meio Ambiente da OAB/SE

Consórcios Públicos de Resíduos Sólidos do Estado de Sergipe divulgam documento alertando os riscos da possibilidade de fusão da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH) com a Secretaria de Infraestrutura (SEINFRA). Uma medida que, segundo os Consórcios, “causa uma grande apreensão para toda comunidade e, principalmente, para ambientalistas”.

Confira abaixo o documento completo encaminhado ao governador Belivaldo Chagas.

A Sua Excelência
Belivaldo Chagas Silva
Governador de Sergipe

Deputados Estaduais da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe
Cumprimentando-o cordialmente, servimo-nos do presente, para manifestar a Vossa Excelência, nossa preocupação acerca da reforma administrativa a partir de janeiro de 2019, respeitando sempre o poder discricionário do gestor do Poder Executivo Estadual.

Os Consórcios Públicos de Resíduos Sólidos do Estado de Sergipe vem por meio deste documento externar nossas preocupações com a fusão da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), para à Secretaria de Infraestrutura (SEINFRA). A fusão nos causa grande apreensão para toda comunidade e, principalmente, para ambientalistas.

O papel da SEMARH é, sem sombra de dúvida, um grande potencial para toda regulação das atividades ambientais do Estado de Sergipe, desde a fiscalização, gerenciamento, conservação e toda a questão do estímulo à economia circular, ligada à redução, reutilização, recuperação, reciclagem de materiais e licenciamento, através dos órgãos e instituições ligadas à SEMARH, a exemplo da Adema e mantenedora de vários Programas a exemplo do “Águas de Sergipe” e Prodetur, e outros.

Ainda neste contexto, não podemos esquecer que o Sistema Nacional de Meio Ambiente – SISNAMA, tem nos seus pilares com a estrutura adotada para a gestão ambiental no Brasil, formada pelos órgãos e entidades da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios responsáveis pela proteção, melhoria e recuperação da qualidade ambiental. Sendo assim, imprescindível a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos para promover a articulação com os municípios sergipanos, na integração intra e intergovernamental de ações direcionadas à implementação de políticas públicas de meio ambiente.

Considerando ainda o que dispõe a Lei Federal 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), e que tutela aos 04 Consórcios Públicos de Sergipe, o dever institucional de implementar a aludida Política, no âmbito dos municípios sergipanos; e que sem um órgão Estadual com poderes constituídos (pois a política pública e tripartite: Governo Federal, Estadual e Municipal compartilhada), o que torna impossível a consolidação, principalmente no tocante à erradicação dos lixões.

Somos conhecedores da crise econômica financeira que passam os Estados brasileiros, inclusive Sergipe, mas entendemos ser maior uma crise no tocante a todo trabalho que vem sendo desenvolvido no Estado de Sergipe, pelo Meio Ambiente e os recursos hídricos de forma sustentável, e principalmente, o retrocesso de um projeto e planejamento ambiental quando da criação da SEMARH.
Meio ambiente é coisa séria e diz respeito à nossa qualidade de vida e ao mundo que deixaremos para nossos filhos, seja qual for a nossa forma de pensar, agir e lutar. A sua proteção constitui direito fundamental de toda a sociedade brasileira e sergipana, configurando-se como pauta apartidária.
Aracaju 17 de dezembro de 2018
Consórcio de Saneamento Básico do Baixo São Francisco Sergipano (CONBASF).
Consórcio Público de Resíduos Sólidos do Agreste Central Sergipano (CPAC).
Consórcio Público de Resíduos Sólidos da Grande Aracaju (CONSBAJU).
Consórcio Público de Resíduos Sólidos e Saneamento Básico e do Sul e Centro Sul de Sergipe (CONSCENSUL).

PELO TWITTER

www.twitter.com/emirsader Não é o cargo que faz a pessoa. E’ a pessoa que faz o cargo. Ter um cargo de instituição intelectual não faz de ninguém um intelectual.

www.twitter.com/MarcioPochmann A forma com que a Embraer está sendo vendida, enquanto maior montadora de jatos comerciais do mundo, compromete o esforço do Brasil avançar na inovação e produção tecnológica, solapando a trajetória que levou o país a ser o 14° maior produtor de pesquisa científica do mundo.

www.twitter.com/calbnascimento Caso haja mudança no comando da SETUR sergipana quem quer que venha a assumir terá que praticamente começar do zero pois não contará com o básico, que são as pesquisas de demanda turística que há quatro anos não são realizadas.

www.twitter.com/Florisrs Na pauta do CNJ hoje está a volta do auxílio moradia. As coisas funcionam assim: Alegaram defasagem salarial, criaram o auxílio moradia para compensar. Ganharam aumento de salário, acabaram com o auxílio moradia. Como já sentem defasagem salarial, criam o auxílio moradia… Certo?

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“O Brasil não é um país sério.” Não, de jeito nenhum. Frase atribuída a Charles de Gaulle, ex-presidente da França… “Não, de jeito nenhum,” foi um complemento do blog…

Comentários