A DEUSA DE 1967 – Cinema de Arte (The Goddes of 1967)

0

Prepare-se para conhecer o cinema de Clara Law, uma chinesa de Macau, formada em literatura pela Universidade de Hong Kong e que estudou roteiro e direção na Inglaterra. Faz carreira agora na Austrália. O filme que o Cinema de Arte exibe esta semana é o décimo filme dela, mas nenhum foi exibido comercialmente no Brasil. Com ele, Clara Law ganhou o troféu de melhor diretor no festival de Thomso. Em Chicago, saiu com o prêmio de melhor atriz, além de ter participado dos festivais de Toronto e Vancouver. A deusa do título não é nenhuma mulher, mas um belo carro, ambicionado por um jovem japonês. Através da internet, ele sabe que a tal “deusa”, fabricada em 1967, está à venda na Austrália por 40 mil dólares. Sem vacilar, vai ao encontro do seu sonho. Ao chegar ele encontra a proprietária do automóvel, uma bela garota de 17 anos que é cega. Apaixonado por ela, parte em uma viagem de amor e descoberta pelo deserto australiano, passando por cidades mineradoras abandonadas. O carro do título, na época do lançamento, foi um clássico em design e um sucesso absoluto de vendas. O elenco é formado por Rose Byrne, Rikiya Kurokawa, Nicholas Hope e Elise McCredie. Fique de Olho – Na qualidade estética do filme. Madame Clara Law sabe, como é comum no cinema australiano, extrair belas imagens de lugares ermos e abandonados. É ver para crer.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais