Circo Tihany chega a Aracaju

0

(Fotos: Divulgação)

Pela primeira vez em Aracaju, o circo Tihany traz para a cidade o espetáculo AbraKadabra que já foi visto por mais de 350 mil pessoas em sua turnê nacional pela região Norte e Nordeste; com estreia no dia dois de março em frente ao Shopping Riomar.

“AbraKadabra” é o nome do novo espetáculo do tradicional Circo Tihany Spectacular. O maior circo da América Latina, reconhecido mundialmente por sua tradição e originalidade, acaba de cumprir temporada em Recife. As apresentações fazem parte de uma turnê nacional, iniciada pela região Norte-Nordeste, que já percorreu as cidades de Boa Vista (RR), Manaus (AM), Belém (PA), São Luis (MA), Teresina (PI), Fortaleza (CE), Natal (RN), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB) ,Recife (PE) e Maceió (Al). A próxima parada será aqui em Aracaju, a partir do dia dois de março. Sucesso total em todas as exibições, até o momento já foi visto por mais de 350 mil pessoas.

Há treze anos sem se apresentar no Brasil, o Tihany voltou ao país em 2010, totalmente renovado, oferecendo um espetáculo à altura das melhores companhias do mundo. Da cenografia à trupe integrada por 25 nacionalidades, das novas tecnologias à estrutura, o Tihany chega para mostrar por que é sucesso internacional. “Nossos artistas são recrutados em festivais internacionais de locais como Monte Carlo, Paris, China e Moscou – e são reconhecidos entre os melhores do mundo. Para os espetáculos de dança, o circo pesquisa algumas das mais tradicionais instituições do gênero, como o balé Bolshoi, da Rússia, e a Academia Real de Dança, na Inglaterra”, conta Richard Tihany, diretor executivo e ilusionista do Tihany Spectacular.

Em cada sessão, 2.050 pessoas podem assistir sentadas a performance de 76 artistas, que se apresentam em um palco de 900 metros quadrados. As apresentações são divididas em 18 atos ao longo de 2 horas de show – com doses de humor, acrobacia, contorcionismo, ilusionismo e coreografias; além de um corpo de baile formado por 24bailarinas. É no corpo de balé onde entra o toque music hall do espetáculo, com vários números incluídos. “O Tihany é muito mais do que um circo. É, na verdade, um complexo arquitetônico projetado e construído originalmente na Itália. Nele, talento, magia, beleza e fantasia são unidos em um mesmo espetáculo. É fascinante. É por isso que tem o status atual, obtido ao conquistar fãs nos 40 países e mais de 600 cidades que visitou. No mundo inteiro, mais de 80 milhões de pessoas já viram nossos shows”, resume Richard Tihany.

História e estrutura

Franz Czeisler nasceu na cidade de Tihany, no Norte da Hungria, em 1916. Após ter percorrido vários países e estudado profundamente a arte da magia, Czeisler passou a ser conhecido como Franz Tihany ou o “Mago dos Magos”. Visionário, o mágico poliglota criou o Tihany há 56 anos depois de ter imigrado para o Brasil. Hoje a companhia reúne artistas de várias partes do mundo com o objetivo de levar arte e beleza ao publico, e encontra-se sob a regência do herdeiro de Franz, Mr. Richard Tihany, conhecido como o novo “Mago dos Magos”. “O prazer de minha existência é ver a admiração refletida no rosto do público, não há nada mais excitante que fazer a fantasia virar realidade, nada é impossível! Simplesmente… faço mágica”, diz Richard Tihany.

Após o tour pelas Regiões Norte e Nordeste, o Tihany seguirá pelo país até chegar à Região Sul. Sua estrutura gigantesca reúne, além das 200 toneladas de equipamentos, 1.800m de tecidos, 500 toneladas de ar-condicionado, 20.000 watts de som e 124 luzes robotizadas; som e efeitos tridimensionais; além de uma frota de mais de 100 veículos entre carretas, caminhões, picapes, carros e trailers.

A fantasia do Circo Tihany está presente ainda no interior do lobby. O público é convidado a voltar à infância ao provar das guloseimas cuidadosamente expostas em carrinhos estilizados: pipoca, algodão doce, cachorro-quente e as deliciosas mini-donuts Tihany.

Espetáculo e interação

A interação com o público é um dos grandes destaques no Tihany, principalmente nos números de magia e nas participações do palhaço, interpretado pelo intrépido Henry, o Príncipe dos Palhaços, que busca em Chaplin a sua inspiração. Sem pronunciar uma palavra, Henry entra e sai de cena, brinca com o público, interage com as crianças e garante momentos de pura alegria. Mais informações no telefone (79)3043.2024.

Comentários