CONFISSÕES DE UMA MENTE PERIGOSA (Confessions of a Dangerous Mind)

0

Produzido pela Miramax, esta é a obra de estréia na direção de uma celebridade hollywoodiana, nada menos que George Clooney. O roteiro é de ninguém menos que Charlie Kauffman, autor de “Quero Ser John Malkovich” e do recente “Adaptação”. Entre os produtores executivos estão nomes consagrados como os irmãos Bob e Harvey Weinstein (do recente “Chicago” e o diretor Steve Soderbergh, cujo mais recente filme, o experimental “Full Frontal”, não deverá encarar o circuitão no Brasil. Como se vê Clooney cercou-se de nomes respeitáveis para contar a história de Chuck Barris, um apresentador de televisão, tão popular quanto rasteiro, bem ao estilo de Ratinho. Quando sua fama despencou, Barris escreveu um livro para contar que executou planos de morte como contratado da CIA. Muitos destes casos teriam ocorrido no Exterior, para onde Barris seguia em atividades profissionais. O próprio Barris não queria passar para as telas sua história, tanto que por mais de cinco anos o projeto circulou por alguns estúdios. Interessou a Johnny Depp e anunciou-se até que Bryan Singer, vindo do êxito de “X-Men”, o levaria à tela. Foi, afinal, Clooney quem conseguiu marcar pontos – principalmente entre a crítica americana que considerou esta “uma das auspiciosas estréias na direção de um ator desde Charles Laughton com “Mensageiro do Diabo”. O ator principal é Sam Rockwell e grandes nomes aparecem em papéis menores, gente como Julia Roberts, Drew Barrymore e Rutger Hauer. Fique de Olho – Veja se você consegue identificar Brad Pitt e Matt Damon que aparecem rapidamente, em participação especial por amizade ao ator/diretor. Site Oficial

Comentários