Dia Nacional do Choro – Restaurante Rudah

0

O Grupo Brasileiríssimo é a atração da festa (Foto: divulgação)

Em alusão ao Dia Nacional do Choro, o restaurante Rudah recebe no dia 23 de abril, o grupo Brasileiríssimo para um show intimista com apresentação de grandes clássicos do choro e de músicas autorais. O público poderá apreciar a boa música e fazer uma viagem na história deste gênero genuinamente brasileiro. O evento acontece a partir das 21h, no Restaurante RUDAH, localizado na Rua Cristóvão de Barros, 90 – Treze de Julho. Participe da promoção do Portal Infonet e concorra a ingresso.

Brasileiríssimo

O Grupo Brasileiríssimo constitui um jovem grupo de choro a atuar no cenário musical de Sergipe. Criado em 2012, a partir da urgente necessidade de resgate do mais tradicional gênero musical urbano genuinamente brasileiro, o Choro, tem como principal objetivo resgatar e inovar com um repertório que alberga os grandes compositores deste gênero, tal como shows temáticos (Tributo a Chiquinha Gonzaga, Tributo a Pixinguinha, dentre outros). Esta característica singular vem contribuir diretamente para o contexto e cenário da cultura musical do Estado de Sergipe, com a meta de expandir a música produzida neste Estado para o Brasil e para o mundo.

A composição instrumental do grupo reflete a sonoridade do Choro Violão Sete Cordas (Ricardo Vieira), Cavaquinho (Carlos Luciani), Clarineta (Felipe Freitas), Bandolim (Fernando Freitas) e percussão (Helder Batata). Em 2012, em seu primeiro ano de atuação, o Grupo Brasileiríssimo teve a grande honra de dividir o palco com os grandes ícones do Choro: Zé da Velha e Silvério Pontes.

O Dia Nacional do Choro

É comemorado em 23 de abril, em homenagem à data de nascimento de Pixinguinha, uma das figuras exponenciais da música popular brasileira, e em especial do choro. Eventos lembram a data em várias cidades do Brasil: Aracaju, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Fortaleza, Curitiba, Juiz de Fora, Niterói, Santos, São João do Meriti, Uberaba e Uberlândia, São José dos Campos, para citar algumas. Até no exterior, na França e no Japão, o Dia Nacional do Choro é comemorado. Como esse gênero está em ascensão no Brasil, o “Brasileiríssimo” está fazendo a sua homenagem ao Dia Nacional do Choro. O show apresentado no Restaurante RUDAH marca o início da nova formação do grupo, onde vão ser interpretados clássicos do Choro, como também músicas autorais, com uma linguagem bem peculiar, com arranjos elaborados dando ênfase aos cinco integrantes.

O choro

Popularmente chamado de chorinho, é um gênero de música popular e instrumental brasileira, que surgiu no Rio de Janeiro em meados do século XIX. O choro pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira e ao longo dos anos se transformou em um dos gêneros mais prestigiados da música popular nacional, reconhecido em excelência e requinte. Tem como origens estilísticas o lundu, ritmo de inspiração africana à base de percussão, com gêneros europeus. A composição instrumental dos primeiros grupos de choro era baseada na trinca flauta, violão e cavaquinho – a esse núcleo inicial do choro também se chamava pau e corda, por serem de ébano as flautas usadas, mas com o desenvolvimento do gênero, outros instrumentos de corda e sopro foram incorporados.

Com informações da organização do evento

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais