Edison, poder e corrupção

0

(Edison). EUA, 2005. Direção e Roteiro de David J. Burke. Produção de Boaz Davidson, Randal Emmet e George Furla. Música de Robert L. Bennet Jr e Tobias Enhus. Direção de Fotografia: Francis Kenny. Edição de Tirsa Hackshaw e Casey O. Rohrs. Desenho de Produção: Katterina Keith. Distr. no Brasil: Califórnia Filmes. 97min. Elenco: Kevin Spacey, Morgan Freeman, Justin Timberlake, Piper Perabo, LL Cool J, Dylan McDermott, John Heard, Cary Elwes, Roselyn Sanchez, Damien Wayans, Garfield Wilson, Marco Sanchez, Darryl Quon, Andrew Jackson, Timothy Paul Perez.

 

Gênero: Policial

 

Sinopse – Ao descobrir um covil de policiais corruptos dentro de uma unidade de elite da polícia, um jornalista recém-formado faz uma fraca aliança com um velho e cansado repórter investigativo e com o procurador de distrito para denunciar esta teia de corrupção.

 

Apreciação – Obra de diretor estreante, David J. Burke, que está sendo distribuída no Brasil por empresa menor, a Califórnia Filmes, bem mais ativa no mercado de vídeo e DVD. A fita não estreou nos Estados Unidos e é possível que vá diretamente para as lojas de DVD sem passar pelos cinemas de lá. Bem ao estilo dos filmes de hoje, há muita violência e muito palavrão que, às vezes, nem chega a ser traduzido pelos letreiros. Há bons atores no elenco e até a presença de Justin Timberlake, mais conhecido como cantor e não como ator.

 

Fique de Olho – Em Piper Perabo. A atriz que começou em “Showbar”, há muito tempo não conhece bons papéis. Vamos torcer por ela, aqui.

Comentários