Em Seu Lugar

0

(In Her Shoes). EUA, 2005. Direção de Curtis Hanson. Roteiro de Susannah Grant, baseado em livro de Jennifer Weiner. Produção de Liza Ellzey, Carol Fenelon, Hanson e Ridley Scott. Música de Mark Isham. Direção de Fotografia: Terry Stacey. Desenho de Produção: Dan Davis. Direção de Arte: Jesse Rosenthal, John Wamke e John Wildemuth Jr. Edição de Lisa Zeno Churgin e Crag Kitson. 130min, 14 anos. Cia. Produtora: Scott Free Productions, The Lot, Deuce Three Productions para a Fox 2000 Pictures. Distr. no Brasil: Fox Filmes. Elenco: Cameron Diaz, Toni Collette, Shirley MacLaine, Norman Lloyd, Anson Mount, Richard Burgi, Candice Azzara, Brooke Smith, Mark Feuerstein, Ken Howard, Eric Balfour, Andy Powers, Marcia Jean Kurtz, Alan Blumenfeld, Jackie Geary, Francine Beers, Jerry Adler, John Mastrangelo Sr.

 

Gênero: Comédia dramática

 

Sinopse – Maggie e Rose Feller são duas irmãs que tem em comum apenas o fato de calçarem o mesmo número. Maggie é festeira, detesta estudar, muda constantemente de emprego e acredita que seu melhor talento é atrair os homens. Já Rose é uma advogada bem sucedida, que trabalha em um dos maiores escritórios da Filadélfia. Aficcionada pelo trabalho, Rose enfrentar problemas com o peso e sempre se sente desconfortável nas roupas que usa. Maggie e Rose, apesar das diferenças, são grandes amigas. Após uma grande briga, elas decidem viajar juntas com a ajuda de sua avó recém-descoberta, Ella Hirsch, que acreditavam estar morte.

 

Apreciação – Autor de um dos grandes thrillers dos anos 90, “Los Angeles Cidade Proibida”, o diretor Curtis Hanson testa seu talento neste drama que mescla um pouco de comédia. Mas não é para sair por aí rindo em demasia. O filme, neste quesito, até que decepciona. Na verdade, o filme é um drama sobre o frágil relacionamento de duas irmãs – uma bem certinha, outra estabanada e carente de muito afeto. Quando as duas brigam aparece a avó vivida por Shirley MacLaine que funciona como catarse para as duas. O filme não foi bem de bilheteria nos Estados Unidos e até no Brasil não funcionou muito bem. Talvez porque seja, basicamente, um filme para mulheres, e não mulheres adolescentes. Mas, Hanson é talentoso e sabe contornar os lugares comuns de filmes do gênero. Aliás, ele se serve de três ótimas atrizes – e Cameron Diaz nunca esteve tão bonita.

 

Fique de Olho – Em Norman Lloyd. É um ator coadjuvante veterano, que fez muitos filmes com Alfred Hitchcock. Ele faz o papel de um professor doente que ensina a Cameron Diaz ler poesia.

Comentários