Espetáculo “Sargento Getúlio”

0
Apresentação acontece nesta sexta-feira, 9, no Teatro Atheneu (Foto: Márcio Almeida)

Nesta sexta-feira, às 20h, no Teatro Atheneu, o projeto Palco Giratório aporta em Aracaju com o espetáculo teatral “Sargento Getúlio”, uma adaptação do romance homônimo de João Ubaldo Ribeiro, apresentada pelo grupo Teatro NU, da Bahia.

O Palco Giratório é o maior projeto de circulação de artes cênicas da América Latina realizado pelo Sesc. Esse ano, 20 companhias que desenvolvem ações e pesquisas em artes cênicas e produção teatral vão circular pelo Brasil, levando suas experiências para novos públicos.

Em Sergipe a primeira etapa será realizada nos dias 05 e 06 de maio. Além da apresentação teatral, o grupo baiano ministrará no dia 05, das 14h às 20h, no Sesc Centro, a oficina “O não ator, pessoas sem experiência com o teatro O indivíduo comum”.

O objetivo é despertar no indivíduo a criatividade e a expressão. “Quem se expressa edifica um grande legado de liberdade e é por meio do lúdico que essa possibilidade é construída. O cidadão comum é capaz de vivenciar essa experiência, basta estar em sintonia com o seu tempo e ser porta-voz da sua época. O teatro é um instrumento poderosíssimo para essa conquista”, disse o coordenador de Cultura, André Santana.

As oficinas do Palco Giratório são uma extensão dos espetáculos em que a plateia ganha espaço para atuar e debater as formas de se fazer teatro. “Além disso, após a apresentação do espetáculo o público é convidado a participar de um bate-papo sobre a peça, processo de montagem e trajetória do grupo”, explicou o coordenador.

O espetáculo

A adaptação do romance de João Ubaldo Ribeiro conta a história de Getúlio, um rude militar que tem a missão de transportar um prisioneiro e inimigo político de seu chefe. No meio da jornada, em virtude da mudança no panorama político, o sargento recebe a ordem para soltar o prisioneiro, mas, devido ao seu temperamento avesso, ele decide, com destemor, terminar a missão que lhe foi confiada.

Sobre o Grupo

Em sete anos de existência, o Teatro NU montou diversos espetáculos e projetos especiais. Com foco no ator e sua relação com a dramaturgia, o grupo circulou com peças pelo interior da Bahia e por capitais como Fortaleza, Porto Alegre e Curitiba. Seu mais recente trabalho, Sargento Getúlio, vem acumulando prêmios e tem circulado pelo país desde 2011.

A ficha técnica do espetáculo conta com Gil Vicente Tavares na direção e adaptação; Carlos Betão no elenco; Fernanda Bezerra na direção de produção; Júlia Salgado na produção; Eduardo Tudella na iluminação.
A peça tem 50 minutos de duração. A classificação etária é 14 anos e a entrada são dois quilos de alimentos não perecíveis que serão destinados ao Programa Mesa Brasil do Sesc.

Com informações do Sesc/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais