Evento celebra lançamento da primeira tradução do livro ‘O Potomak’

0
Evento acontece nos dias 4, 5 e 6 (Foto: divulgação)

Para celebrar a primeira tradução em português do romance vanguardista francês O Potomak, Aracaju acolhe o evento “A vida e a arte de Jean Cocteau: 130 anos!” Serão três momentos: 1) lançamento do livro com leitura de trechos da obra; 2) palestra sobre o autor, com o professor Wellington Júnio Costa e 3) sessão comentada do documentário “Jean Cocteau: autorretrato de um desconhecido”, de Edgardo Cozarinsky.

Tudo programado para a semana em que o grande escritor e artista francês Jean Cocteau, nascido em 5 de julho de 1889, completaria 130 anos. O evento também marca o centenário da primeira publicação de O Potomak, obra que foi lida no original pelos modernistas brasileiros, como Mário de Andrade, que conservava em sua biblioteca suas duas primeiras edições francesas.

Nesse livro encontramos máximas consagradas de Cocteau e uma modernidade literária impressionante, com a quebra das fronteiras dos gêneros textuais de das linguagens artísticas. Nele, um álbum de desenhos integra a narrativa, que também revisita a tradição dos romances filosóficos, como um sopro poético sobre o processo criativo.

No dia 4 de julho, às 18h, na livraria Escariz, o público poderá apreciar a leitura de trechos do livro e descobrir os encantos do Potomak, um monstro marinho inspirador de poesia. No dia 5, às 17h, no auditório de Letras da UFS, o professor Wellington Júnio Costa, tradutor do romance e pesquisador da obra de Jean Cocteau há mais de 15 anos, dará uma palestra que leva o título do evento. No sábado, dia 6, às 16h, no Cinema Vitória, haverá uma sessão comentada do documentário “Jean Cocteau: autorretrato de um desconhecido”, dirigido por Edgardo Cozarinsky, cineasta homenageado com uma retrospectiva pela Cinemateca Francesa de Paris, de 26 de junho a 7 de julho deste ano.

Organizado pelo tradutor e professor da Universidade Federal de Sergipe, Wellington Júnio Costa, o evento é uma ação do Departamento de Letras Estrangeiras e da PróReitoria de Extensão da UFS, com o apoio da editora Autêntica, Livraria Escariz, Casa Curta-SE, Cinema Vitória, Embaixada da França, Institut Français e Aliança Francesa de Aracaju. Entrada livre, sujeita à lotação dos espaços. Quem se inscrever no evento, pela plataforma SIGAA da UFS, terá direito a certificado de participação.

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Comentários