Lula Ribeiro recebe Fábio Lima em show no Brother´s Club

0
Lula Ribeiro encerra a temporada de verão no Brother´s Club e recebe Fábio Lima (Foto: divulgação)

No próximo dia 01 de fevereiro, o cantor e compositor Lula Ribeiro, encerra a sua temporada de verão em Aracaju, se apresentando no Brother´s club, com o show  do seu mais novo CD “O Amor é Sempre Assim”.

Com mais de trinta anos de carreira, Lula Ribeiro, começou sua carreira artística em Aracaju (SE), participando de shows com outros artistas sergipanos. Fazem parte de sua discografia, os discos “Cajueiro dos Papagaios” (1986); “Janeiros” (1993), “O Sono de Dolores” (1996), “Muito Prazer” (1999), “Algum Alguém” (2002), e “Palavras que não dizem tudo”, lançado também em DVD, em 2008. Neste trabalho Lula contou com as participações de Paulinho Moska e Luiz Melodia.
O CD “O Amor é Sempre Assim” é composto por 12 canções inéditas autorais de Lula Ribeiro em parceria com compositores amigos como Zeca Baleiro, Paulinho Pedra Azul, Alexandre Nero, Pierre Aderne, além de Vander Lee (in memorian) e Gabriel Moura, entre outros. A única regravação é Céu de Santo Amaro de Flavio Venturini e Bach.

“O amor é sempre assim”, conta com a direção artística de Lula Ribeiro, produção, arranjos e contrabaixos de Arthur Maia, falecido em dezembro, é recheado de participações especiais. Cantando com Lula, estão: Zeca Baleiro, Chico César, Flavio Venturini, Fernanda Takai, Flávio Renegado. Conta ainda com um time de primeira grandeza de instrumentistas convidados: Tony Bellotto, Mestrinho, Marcos Suzano, Affonsinho, Chico Amaral, Rodrigo Shá, Federico Puppi, Marco Lobo, Sergio Chiavazzoli, Luiz Meira, e muitos outros.

No show no Brother´s Club, Lula Ribeiro interpretará músicas do CD “O Amor é Sempre Assim”, além de outras que fazem parte do seu repertório, como: Mercê de você, Congênito, Você não tava lá, Muito prazer , também homenageará compositores brasileiros, alguns já gravados pelo cantor, e terá a participação especial de Fábio Lima, em algumas canções, além de músicas que farão parte do seu primeiro CD, que será produzido por Lula Ribeiro.
O show é uma celebração musical, onde Lula Ribeiro mostra o seu compromisso com a arte de interpretar e compor canções, que traduzem suas impressões sobre a vida, por meio de versos que falam do sentimento humana.
Esse é um show para o público vivenciar o momento especial da carreira desse artista sergipano, radicado há 32 anos nas cidades do Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

“O Amor é Sempre Assim” por Lula Ribeiro

– O amor é sempre assim – Essa é uma música minha em parceria com o Gabriel Moura, que tenho um carinho todo especial. Quando fiz um show com o Zeca Baleiro em Aracaju, ele disse que queria gravar comigo. Gravamose virou o nome do cd.

– Maré cheia–Canção em parceria com o Leprevost, que compomos de frente pro mar de Ipanema, impressionados como o mar tem as suas marés que vão e vêm, sem vazar pra fora da praia, em um movimento que não conseguimos explicar.

– Do que você se esqueceu – Música em parceria com o Luiz Felipe Gama, uma escancarada canção de amor, com todos os ingredientes que fazem parte de uma paixão avassaladora e mal resolvida.

– Nos trilhos – Essa foi a minha primeira parceria com o Paulinho Pedra Azzul, que eu já vinha desejando compor com ele e quis gravar só com músicos mineiros, pra celebrar a minha história com Minas, que tem sido linda.

– Rua da amargura – A última música composta pro cd, uma parceria minha com o Zeca Baleiro, inspirada nos velhos Carnavais. Chamei o Chico César pra cantar comigo, e assim formar o elo de amizade que une os compositores e o convidado desta canção.

 – Caverna – Minha primeira parceria com o Zeca Baleiro.  Nessa canção fiz questão que a produção e os músicos que tocaram, fizessem parte da banda do Zeca, pra ficar tudo em casa.

– Aquela valsa – Essa é minha e do Luis Felipe Gama, um parceiro que conheci em uma turnê na Europa. Única faixa voz e violão, onde trago o violonista Thiago Delegado pra me acompanhar.

– E aí? – Música com Pierre Aderne, meu parceiro mais constante. Nasceu de uma conversa nossa pelo Facebook, sobre saudade: eu em Aracaju, ele em Lisboa. Convidei o Flávio Renegado para cantar comigo.

– Só porque eu não sei nadar – Essa é uma outra música minha com o Pierre Aderne. É um fado, onde cantamos o amor entre duas pessoas que vivem em lugares diferentes, e têm o oceano entre elas.

–Carne tua – Uma parceria com o Alexandre Nero, que nasceu na mesma noite em que nos conhecemos em um bar na Barra da Tijuca, no Rio e tenho o Flavio Venturini como convidado nessa canção.

– Céu de Santo Amaro–Única do disco que não é de minha autoria e que amo cantar. Como sempre me pedem, resolvi gravar e deixar registrada a minha versão dessa linda canção.

 – Sai dor – Música minha e do saudoso Vander Lee, que fala um pouco das dores da vida. Nessa tenho dois convidados: o Tony Bellotto e a Fernanda Takai, pois queria muito uma voz feminina nessa canção.

– Na oreia – Essa é uma parceria com o sergipano Chico Pires, onde trazemos um pouco das expressões do nordestino do sertão. Uma música que me remete a festas do interior.

Lula Ribeiro

Cantor e compositor sergipano, começou sua vida musical, na sua cidade natal Aracaju (SE), participando de shows coletivos com outros artistas sergipanos. Lançou os cd´s “Cajueiro dos Papagaios” em 1986, “Janeiros” 1993, O Sono de Dolores em 1996, “Muito Prazer” em 1999, “Algum Alguém” em 2002, “Palavras que não dizem tudo”, lançado também em DVD, no ano 2008. Esse trabalho gravado ao vivo, conta com as participações especiais de Moska e Luiz Melodia. Em 2009 apresentou o show “Palavras que não dizem tudo”, com o Projeto Música na Urna, contando com as participações especiais do grupo A Cor do Som, Kleiton & Kledir, Doces Cariocas; Edu Krieger, Vander Lee, Zé Renato, Sá & Guarabyra e Bossacucanova, embrião do projeto “Lula Ribeiro Convida”, lançado em 2010 em Belo Horizonte e há três anos também em Aracaju,  onde já recebeu Flavio Venturini, Zeca Baleiro, Vander Lee, Fernanda Takai, Flávio Renegado, entre outros. No momento está divulgando seu novo CD “O amor é semprte assim”, com produção do baixista Arthur Maia, onde apresenta parcerias com Zeca Baleiro, Vander Lee, Pierre Aderne, Gabriel Moura, Paulinho Pedra Azul, entre outros, e participações especiais de Zeca Baleiro, Chico César, Fernanda Takai, Flavio Venturini, Flávio Renegado, Tony Bellotto, Marcos Suzano, e muitos outros grandes músicos brasileiros.

 

Serviço

Lula Ribeiro com participação de Fábio Lima

Dia: 01 de fevereiro, (sexta-feira), às 23:00h

Local: Brother´s Club (Rua E, 216 – Loteamento Jatiuca – Aruana)

Informações e reservas: (79)99605-4508

Ingresso: R$20,00 (até às 22h, R$15,00)

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários