O exótico na telinha

0

Uma semana de exotismo na telinha de televisão por assinatura. “O Imortal” é ficção francesa, “Ong Bak” vem da Tailândia e “Kung Fu Futebol Clube” de Hong Kong. Não é preciso pedir mais.

 

O Imortal – Ei, leitor, está disposto a assistir um filme estranho e diferente? Pois às 20h30 de hoje, no Cinemax (Lig TV), passa este filme de Enki Bilal, que é uma co-produção França/Itália/Inglaterra.

É uma ficção científica passada no século 23. O deus Horus foi condenado à morte. Dão-lhe um prazo de sete dias para encontrar uma mulher de cabelos azuis que verta lágrimas azuis. Quem seria esta mulher? Charlotte Rampling ou Linda Hardy?

 

O Grande Golpe – Um dos primeiros filmes de um dos maiores cineastas americanos, Stanley Kubrick. Nesta época, ele fazia tudo: dirigia, fotografava, montava, produzia.

Aqui é uma história de roubo, inspirada livremente no clássico francês “Rififi”. Ladrões resolvem dar um golpe na hípica local. São 80 e poucos minutos de grande cinema. Com Sterling Hayden e Coleen Gray. Passa às 10 horas de amanhã, sábado, no MaxPrime.

 

Amor Idiota – Comédia espanhola, dirigida pelo muito bem cotado Ventura Pons. É a história de um homem que conhece uma garota que distribui panfletos pelo centro de Madri e por ela se apaixona. Passa a persegui-la por todos os canto da capital espanhola. Com Caetana Guillen Cuervo e Jordi Dauder. Passa às 22h de amanhã no Cinemax.

 

Kung Fu Futebol Clube – O diretor Stephen Chow já fez uns dois ou três filmes (esse é o primeiro deles) nos quais reinventa o filme de artes marciais. Aqui, por exemplo, ele mistura kung-fu com futebol.

Um discípulo do templo shao-lin une-se a um jogador de futebol fracassado com a intenção de formando um time, participar de um campeonato nacional. Não é para se levar a sério mas diverte – e muito. Estréia domingo às 22h no Cinemax (Lig TV)

 

A Camareira do Titanic – Enquanto o americano “Titanic”, de James Cameron, faturava milhões de dólares nas bilheteria, essa comédia espanhola faturava dividendos artísticos.

O diretor Bigas Lunas mostra Olivier Martinez como o orgulhoso operário que dormiu com a camareira do navio que logo depois naufragaria. Passa às 23h55 no Telecine Cult (Net Aju).

 

Ong-Bak, Guerreiro Sagrado – Este é para quem gosta de exotismo. O filme é da Tailândia  dirigido por um desconhecido, Prachya Pinkaew. Ong-Bak é um Buda cuja estátua foi roubada de uma pequena vila no interior da Ásia. Era ela que protegia a vila. Passa às 22h de segunda-feira no Telecine Action (Net Aju)

Comentários