O OUTRO NOME DO JOGO

0

(Be Cool). EUA, 2005. Direção de F. Gary Gray. Roteiro de Peter Steinfield, baseado na novela de Elmore Leonard. Produção de Danny de Vito, Michael Shamberg, Stacey Sher e David Nicksay. Música de John Powel. Direção de Fotografia: Jeffrey L. Kimball. Desenho de Produção: Michael Corenblith. Editor: Sheldon Kahn. Cia. Produtora: Jersey Films, Doublé Feature Films para a MGM. Distr. no Brasil: 20th Century Fox. 120min. Elenco: John Travolta, Uma Thurman, Vince Vaughn, Cedric the Entertainer, André Benjamin, Robert Pastorelli, Steven Tyler, Christina Milan, Danny de Vito, James Woods,  Harvey Keitel, Dwayne Johnson (The Rock), Debi Mazar, Paul Adelstein, Sergio Mendes, Gene Simmons, Joe Perry, Seth Green e Anna Nicole Smith.

Gênero: Comédia

Sinopse – Chili Palmer decide abandonar suas atividades na indústria cinematográfica para se dedicar à outra arte, a música. Após um de seus amigos ser eliminado enquanto almoçava com ele, Chili decide procurar a esposa dele, Edie, para lhe oferecer uma parceria em uma nova gravadora independente. Mas Chili está envolvido com uma promissora artista pop, o namorado dela, mafiosos russos e Sin la Salle, um produtor de rap.

Apreciação – Elmore Leonardo é um craque da literatura policial. Geralmente seus textos redundam em excelentes policiais. Foi ele quem escreveu “O Nome do Jogo”, o primeiro filme feito em 1994. Dirigido por Barry Sonnenfeld, o filme fez enorme sucesso, alavancando a venda do livro. Daí que Leonard fez uma seqüência literária que agora virou também um filme. Sonnenfeld não quis dirigir esta seqüência, tarefa que ficou para F. Gary Gray, diretor de “Dia de Treinamento”. Mas bem que o ator Danny de Vito poderia ter assumido o comando. No primeiro filme, a brincadeira era com os bastidores do cinema – agora é com o lado musical. Ainda assim, sobra “gags” como a dança de John Travolta com Uma Thurman, que nos remete a “Pulp Fiction, Tempo de Violência”.

Fique de Olho – Em Robert Pastorelli. Ator coadjuvante (aqui ele faz o papel de Joe Loop) de algum renome, ele morreu de overdose após o término das filmagens de “Be Cool”.

Comentários