PEQUENOS ESPIÕES 3D

0

(Spy Kids 3-D: Game Over). Estados Unidos, 2003. Direção de Robert Rodriguez. Produção de Rodriguez e Elizabeth Avellan, para distribuição da Columbia Pictures. Elenco: Antonio Banderas, Carla Gugino, Sylvester Stallone, Mike Judge, Alexa Vega e Daryl Sabara. Sinopse – Os garotos, filhos de espiões, voltam a ser espiões eles mesmos. Enfrentam agora vilões quase que virtuais. Tanto que Carmen fica aprisionada em um vídeo-game e Juni entra no jogo parta salvá-la. O garoto tem que passar por todas as fases para libertar sua irmã das garras do vilão Toymaker. Apreciação – O filme anterior de Robert Rodriguez, “Era Uma Vez no México”, estava em cartaz até há poucos dias. Ei-lo de volta, agora com o terceiro capítulo de sua bem-sucedida série, pelo menos em termos de bilheteria. Rodriguez vai se tornando o cineasta dos adolescentes que se recusam a crescer. Aqui ele apela para uma técnica que, embora tenha sido muito popular nos Anos 50, praticamente foi abandonada por Hollywood, por causa do incômodo em que se transforma o uso dos óculos especiais. Para que o espectador tenha a impressão de que tudo vai saltar da tela para o seu colo, o diretor providenciou uma enormidade de cenas de efeitos, tais como, perseguições, corridas de carros, etc. Mas os óculos continuam sendo um entrave. Fique de Olho – Em Sylvester Stallone, num dos raros papéis cômicos de sua carreira. Mas não só nele. Muitos amigos de Rodriguez participam do filme, embora com poucos minutos na tela. É o caso do veterano Ricardo Montalban, a bela Salma Hayek, o cômico Cheech Marin, Alan Cummings, Tony Shalhoub, Steve Buscemi, Bill Paxton, até George Clooney. Site oficial

Comentários