Projeto Pixinguinha

0

No domingo 07, o Teatro Tobias Barreto abre suas portas para receber o Projeto Pixinguinha em sua quinta edição com um time de primeira linha da MPB: Francis Hime, Celso Viáfora, Denise Pinaud e Fabiana Cozza.

Francis Hime é composito e músico com formação em piano clássico. Nos festivais dos anos 60 teve como intérprete de suas músicas Elis Regina, Roberto Carlos, Jair Rodrigues e MPB4. Iniciou em 1963 parceria com Vinícius de Moraes, compondo com o poetinha camarada, entre outras, “Sem Mais Adeus”. Compôs inúmeras músicas com Ruy Guerra, Toquinho,Geraldinho Carneiro, Cacaso, Giberto Gil, Capinan, Abel Silva, Ivan Lins, Fátima Guedes, Olivia Hime e Paulinho Pinheiro. Entre seus parceiros, foi Chico Buarque que o tornou mais conhecido do grande público, através das composições como “Meu Caro Amigo”, em plena ditadura militar, “Vai Passar”, um verdadeiro hino da abertura democrática, “Atrás da Porta”, inesquecível na voz de Elis Regina, “Pivete” com gravação primorosa na voz de Bete Carvalho e “Trocando em Miúdos”. Hime também fez várias trilhas para cinema. Entre elas a de “Dona Flôr e Seus Dois Maridos”, de Bruno Barreto.

O cantor, compositor e violonista paulistano Celso Viáfora foi vencedor de vários festivais, compôs trilhas musicais para teatro e fez sucesso, com mais de uma dezena de gravações independentes, com a música “Não Vou Sair, que apesar do sucesso no norte do país e na noite, não emplacou nas rádios dos grandes centros..

Denise Pinaud, com pouco mais de quatro anos de estrada, vem cultivando críticas elogiosas e e admiração de grandes nomes da música brasileira pelo seu trabalho. Se apresenta desde 1999, sempre acompanhada de músicos de primeira linha, em espaços culturais e casas noturnas do Rio de Janeiro e São Paulo, lançando seu primeiro CD Primeira Audição em 2002. Inicipou sua carreira interncional pelas cidades de Buenos Aires (Argentina) e Nice (França) e em 2003 foi indicada para o Prêmio Tim de Música em três categorias: Melhor Cantora, Cantora Revelação e Melhor CD.

A cantora paulistana Fabiana Cozza iniciou carreira, em 1996, cantando em um grupo vocal liderado por Jane Duboc. Em 1998, a convite do compositor Eduardo Gudin, gravou o disco Pra Tirar o Chapéu intergrando grupo Notícias Dum Brasil, Levando-a a dividir o palco com Ivan Lins, Paulinho da Viola, Elton Medeiros, Leila Pinheiro, entre outros artistas. A partir de 1999 participou de vários musicais. Entre eles, os mais recentes Aquarelas de Ary Barroso, em homenagem ao centenário do compositor, Por Lamartine…Babo!!!. Cozza gravou O Samba é meu Dom, seu primeiro CD, com canções inéditas e releituras.

PROJETO PIXINGUINHA
Com Francis Hime, Celso Viáfora, Denise Pinaud e Fabiana Cozza
* Dia: 07/Nov. (dom.)
* Horário: 21 horas
* Local: Teatro Toibias Barreto
* Preço: R$ 5,00 e R$ 2,5 (meia) – Acesso livre para maiores de 65 anos

Comentários