Projeto Terças Musicais traz mais uma atração internacional

0

Na terça-feira 02, o Projeto Terças Musicais leva a Sala Antônio Carlos Plech o violoncelista Alexander Hülshoff e a pianista Patrícia Pagny. Os músicos apresentarão um repertório com obras de Schumann, Beethoven, Shostakovitch, e Brahms.

 

ALEXANDER HÜLSHOFF E PATRÍCIA PAGNY

* Dia: 02 (3ª)
* Horário: 21 horas

* Local: Sala Antônio Carlos Plech – Biblioteca Pública Estadual Epiphânio Dória

* Preço: Grátis

QUEM É ALEXANDER HÜLSHOFF?
Alexander Hülshoff nasceu em 1969 e estudou violoncelo comm Martin Ostertag em Karshure e Lynn Harelli em Los Angelis. Recebeu inúmeros prêmios e assumiu o posto de professor de violoncelo na Folkwang Hochschule, em Essen, Alemanha no ano de 1997. Ele toca um antigo violoncelo Giovanni Grancini de 1691 e que pertenceu anteriormente ao virtuoso David Popper. Hülshoff divide sua carreira entre a música de câmara com Lynn Harrell, Igor Oistrach, Thomas Brandis, entre outros e a participação como solitsta à frente de orquestras importantes tais como Suedwestfunk Rundfunk, a
Sinfônica de Brandenburg, a Sinfônica de Limburg, as Orquestras de Câmara Martinu e Kurpfälziches, a Filarmônica Checa, a Orquestra Ciudad de Granada e a Orquestra Filarmônica Estatal Rheinland Pfalz. Como solista, realizou turnês por Israel, Coréia, Inglaterra, Canadá, Malásia, Espanha, etc. Apresentou-se nas mais famosas salas de concerto da Europa, incluindo o Concertgebouw de Amsterdã, o  Doelende Roterdã, a Filarmônica de Berlin e a Herkulessaal de Munique. Além disso, é freqüentemente com vidado de vários festivais internacionais, entre os quais o Nberliner Festwochen, o Enescu Festival, entre inúmeros outros. Gravou várias produções para o rádio e a televisão na Alemanha e na Holanda, assim como também vários CDs. Ultimamente lançou obras de Beethoven, Shubert, Bach e Mendelssohn pelo selo Amphion.

QUEM É PATRÍCIA PAGNY?
Patrícia Pagny é regularmente convidada para dar recitais na Europa, Japão, Canadá e nos EUA. Tocou como solista junto com a Orquestra Sinfônica de Chicago, a Philharmonia Hungarica e a Filarmônica de Estrasburgo, entre outras, sob as batutas de Sir Georg Solti, Lord Yehudi Menuhin, Saschko Gawriloff, Uri Segal, Marcello Viotti, Hans Graf. Também tem uma intensa atividade camerista tocando nos Festivais Internacionais da Spoleto, Bologna, Zurich, Montreux, Colmar, Strasbourg, Kuhmo, Divonne e Menuhin/Gstaad, Milão e a Primavera Concertista di Lugano. Patrícia Pagny venceu os Concursos Internacionais Alessandro Casagrande, de Terni, Itália, Pembaur-Preis, de Berne, Suíça e o Rollino Piano. Foi finalista dos concursos de Marsala e Clara Haskil. Gravou vários CDs para Stradivarius. Novalis, Gutingi, MGB e Galo com obras  de Scarlatti, Haydb, Mozart, Beethoven, Mendelssohn, Schubert, Schumann, Brhms, Debussy, Othmar Schoeck, Arthur Honegger, Dohnanyi e Ppaul Glass.

Comentários