RETRATOS DE UMA OBSESSÃO (One Hour Photo)

0

Depois que mudou radicalmente o rumo de sua carreira, Robin Williams tomou gosto como vilão ou em papéis que pouco lembram a comédia. Primeiro foi em “Insônia”, agora com esta produção dirigida por Mark Romanek. Este é consagrado como realizador de vídeo-clips, o preferido de gente como Michael Jackson, Nine Inch Nails, Madonna, Lenny Kravitz, Janet Jackson. Já dirigiu spots para a Calvin Klein e o Cirque du Soleil, entre outros. Pode não ser uma credencial muito boa, mas de uma coisa se pode ter certeza: Romanek tem gosto na parte estética dos seus trabalhos. Vamos ver como ele encaminha a narrativa deste “Retratos de Uma Obsessão”, um filme de orçamento pequeno para os padrões americanos e tratado pela distribuidora Fox Searlight, como “produção independente”. Williams está novamente num papel sério, que não faz rir. Pode até inspirar um pouco de medo. Ele é Seymour Parrish, conhecido como “Sy”, que trabalha numa loja de revelação de fotos. Ele é um profissional gabaritado nesta área, que recebe muito bem os clientes. Na verdade, ele tem uma obsessão pela família Yorkin – Nina, Will e Jake, o filho de 9 anos. Acompanha-a há anos e as fotos formam, na parede, um painel sobre a família. Um segredo, porém, vem a tona e Sy vai mudando, pouco a pouco, de atitude. Fique de Olho – O elenco de apoio não é muito conhecido. Mas prestem a atenção em Connie Nielsen, uma dinamarquesa muito bonita e que trabalhou em “Gladiador”.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais