Sangue Negro

0

(There Will Be Blood). EUA, 2007. Direção de Paul Thomas Anderson. Roteiro de Anderson, baseado em livro de Upton Sinclair. Produção de Daniel Lupi, JoAnne Sellar e Anderson. Música de Jonny Greenwood. Direção de Fotografia: Robert Elswit. Desenho de Produção: Jack Fisk. Direção de arte: David Crank. Edição de Dylan Tichenor. 158m, 16 anos. Cia. Produtora: Paramount Vantage, Ghoulard Film Company, Miramax Filmes, para a Paramount Pictures e a Buena Vista International. Distr. no Brasil: Buena Vista International. Com Daniel Day Lewis, Paul Dano, Kevin J. O´Connor, Ciaran Hinds, Dillon Freasier, Barry Del Sherman, Russel Harvard, Paul F. Thompkins, Randal Carver, Coco Leigh, Sydney MacCallister, David Willis, Coleen Foy.

 

Gênero – Drama

 

Sinopse – Na virada do século 19 para o século 20, era intensa a procura por petróleo nos Estados Unidos. Daniel Plainview larga a sua mina de prata que nunca lhe deu nada e vai para a cidade de Little Boston, juntamente com o filho H. W. Eles logo encontram um poço de petróleo, que lhes traz riqueza, mas também muitos conflitos

 

Apreciação – Tendo estreado no Festival de Berlim o ano passado, onde levou o Urso de Prata de melhor diretor, o filme esperou até o final do ano passado para ser lançado nos Estados Unidos e angariar mais publicidade para favorecer a bilheteria. Saudado desde logo como uma obra-prima, o filme pôs Paul Thomas Anderson na lista dos melhores diretores americanos da atualidade, embora só tenha dirigido cinco filmes até agora (entre eles, o magnífico “Magnólia”). Esta história de cobiça em torno do petróleo lembra um pouco o filme de John Huston “O Tesouro de Sierra Madre”, que Anderson disse só ter assistido poucos dias antes de iniciar as filmagens de “Sangue Negro”.

 

Fique de Olho – Em Daniel Day Lewis, que ganhou o Oscar de melhor ator. E também no novato Paul Dano, que faz um papel duplo.

Por Ivan Valença

Comentários