Um Golpe Perfeito

0

(Gambit). EUA, 2012. Direção de Michael Hoffman. Roteiro de Joel e Ethan Coen. Produção de Mike Lobell, Rob Paris, Adam Ripp. Música de Rolfe Kent. Direção de Fotografia: Florian Ballhauss. Montagem de Paul tothill. Desenho de Produção: Stuart Craig. Direção de Arte: Neil Lamont e Hattie Storey. 90m, 14 anos. Cia. Produtora: Crime Scene Pictures, Lobell Productions. Distr. no Brasil: Paris Filmes. Com Colin Firth, Cameron Diaz, Alan Rickman, Stanley Tucci, Cloris Leachman, Tom Courtenay, Senem Terniz, Anna Skellem, Togo Igawa, Chillie Mo, Erik LaRose, Gerard Horan, Greg Bennett.

Gênero – Comédia/Policial

Sinopse – O curador de arte Harry Deane bola um meticuloso plano para enganar Lionel Shabandar, o homem mais rico da Inglaterra e um ávido colecionador de arte, o convencendo a comprar um quadro falso de Monet. Para servir de isca do seu comprador, ele recruta uma rainha de rodeios texana para atravessar o oceano e se passar por uma mulher cujo avô teria salvado a pintura no final da Segunda Guerra Mundial.

Apreciação – Refilmagem de uma antiga comédia inglesa, lançada em 1966 e que no Brasil se chamou “Como Possuir Lissu”. Era interpretada por Michael Caine, Shirley MacLaine e Herbert Lom, nos papéis vividos hoje por Colin Firth, Cameron Diaz e Alan Rickman. Este é um dos raros roteiros escritos pelos irmãos Joel e Ethan Coen, que eles passam para um terceiro. O que deve ter interessado aos dois era o fato de que a comédia dirigida por Ronald Neame era um delícia, explorando o cinismo desses grandes industriais que se transformam em colecionadores de arte. O ator Colin Firth é mais conhecido por seu papel em “O Discurso do Rei”, pelo qual ganhou um Oscar.

Fique de Olho – Em Cameron Diaz, que embora seja uma atriz de boa personalidade e querida do público não tem feito muitos filmes.

Por Ivan Valença

Comentários