UM NOVO DIA PARA MORRER (Die Another Day)

0

Você está acompanhando, nos cinemas, as aventuras de James Bond há quarenta anos. Nenhuma outra série cinematográfica conseguiu tanta longevidade. E, se depender do êxito desta nova produção, Mr. Bond – cuja senha no serviço secreto inglês é 007, o duplo zero significando autorizado a matar – vai continuar dando as caras, não se importando com as múltiplas cópias que se fazem dele. “Die Another Day” chega-nos precedido de boas façanhas nas bilheterias e ótimas “reviews”. Dizem que o diretor Lee Tamahori – que aliás é neo-zelandês como Peter Jackson – conseguiu a proeza de revitalizar o personagem, sem se afastar muitos dos clichées que fizeram a sua fama. Ademais, palmas para o diretor que pôs Halle Berry saindo do mar como se fosse a Ursula Andress de “O Satânico Dr. No”. O filme tem início com uma espetacular perseguição de hovercraft em alta velocidade, através de um campo minado na zona desmilitarizada que separa a Coréia do Norte da Coréia do Sul. Passando por Hong Kong, Cuba e Londres, James percorre o mundo na sua busca de desmascarar um traidor e impedir a deflagração de uma guerra de proporções catastróficas. Pierce Brosnan está na pele de Mr. Bond pela quarta vez. E já anunciou que o próximo filme é com ele também. Ótimo. O sucesso está garantido. Fique de Olho – Nunca antes uma atriz oscarizada enveredou-se por uma aventura de James Bond. Pois Halle Berry está fazendo tanto sucesso como Jinx que já se fala num filme só com seu personagem.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais