UM NOVO DIA PARA MORRER (Die Another Day)

0

Você está acompanhando, nos cinemas, as aventuras de James Bond há quarenta anos. Nenhuma outra série cinematográfica conseguiu tanta longevidade. E, se depender do êxito desta nova produção, Mr. Bond – cuja senha no serviço secreto inglês é 007, o duplo zero significando autorizado a matar – vai continuar dando as caras, não se importando com as múltiplas cópias que se fazem dele. “Die Another Day” chega-nos precedido de boas façanhas nas bilheterias e ótimas “reviews”. Dizem que o diretor Lee Tamahori – que aliás é neo-zelandês como Peter Jackson – conseguiu a proeza de revitalizar o personagem, sem se afastar muitos dos clichées que fizeram a sua fama. Ademais, palmas para o diretor que pôs Halle Berry saindo do mar como se fosse a Ursula Andress de “O Satânico Dr. No”. O filme tem início com uma espetacular perseguição de hovercraft em alta velocidade, através de um campo minado na zona desmilitarizada que separa a Coréia do Norte da Coréia do Sul. Passando por Hong Kong, Cuba e Londres, James percorre o mundo na sua busca de desmascarar um traidor e impedir a deflagração de uma guerra de proporções catastróficas. Pierce Brosnan está na pele de Mr. Bond pela quarta vez. E já anunciou que o próximo filme é com ele também. Ótimo. O sucesso está garantido. Fique de Olho – Nunca antes uma atriz oscarizada enveredou-se por uma aventura de James Bond. Pois Halle Berry está fazendo tanto sucesso como Jinx que já se fala num filme só com seu personagem.

Comentários