“Psicanálise e o Social – Transformando os Erros em Acertos”, por Yara Belchior

0

Já dizia Platão que cometer erros e injustiças, não admiti-los e repará-los, é pior que passar também por eles. Ao cometer erros, injustiças ou atos mal pensados, cria-se uma espécie de dívida cármica entre o que cometeu e não consertou, e o que foi vítima do ato mal pensado. A pessoa que sofre muitas vezes faz que não está entendendo para não constranger o profissional, mas quando este insiste, fazendo o que sofre de bobo, fica meio difícil continuar: é preciso falar. Hoje dispomos de inúmeros profissionais em uma determinada área, e obviamente o que sofre por repetido erro não deve ficar preso à avaliação do profissional que não admite os seus próprios erros. É direito da pessoa, inclusive, ter acesso a explicações calmas e detalhadas sobre o trabalho, produtos ou tratamento que contratou, bem como discutir com o profissional responsável as suas dúvidas. Um dia desses observei um chaveiro, após três tentativas sem sucesso, devolver espontaneamente os R$ 4,00 Reais referentes às duas cópias de chave simples e encaminhar o cliente para um local onde havia um maquinário mais preciso, por não estar conseguindo ajustar o detalhe das chaves que não conseguiam abrir a porta. Com certeza ganhou o Chaveiro, sem precisar de lutas diante das leis de Deus e dos homens. E mais ainda quem confiou no seu trabalho. Atitudes como a do citado Chaveiro levam a grandes resultados, e valem para todos. É o caso de transformar erros em acertos, com ações transformadoras. Um excelente final de semana para todos, com pé direito e muita energia positiva na segunda-feira. * Yara Belchior é jornalista-Colunista; bacharela em Letras-Português/UFS, com Pós-Graduação em Psicanálise/UFS; Iridologia/AMI. yarabelchior@infonet.com.br Reprodução somente com autorização da autora

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais