Justiça absolve empresários acusados pela máfia dos shows em Sergipe

0

O empresário Téo Santana e outras cinco pessoas foram absolvidos pela Justiça, na ação que investigou irregularidades na contratação de shows no período de 2009 até 2015 em diversos municípios de Sergipe. Os supostos crimes ganharam repercussão e ficaram conhecidos como ‘Máfia dos Shows’.

O juiz da 3ª Vara Criminal de Aracaju, Pedro Rodrigues Neto, decidiu pela absolvição justificando não ter prova suficiente de que os réus cometeram o delito. “…absolvição por insuficiência de elementos probatórios aptos a lastrear uma condenação, razão pela qual devem os denunciados serem absolvidos”, diz a decisão.

Na denúncia de crime contra a ordem econômica, o MP apontou que o grupo formalizou acordos e alianças visando contratações por inexigibilidade de licitação.

Além de Téo Santana, foram absolvidos Adriana Maria Santos (ex-esposa de Téo Santana e sócia da Estruturart), Aldemar Francisco De Carvalho Neto (produtor da Mega), Jorge Luiz Dantas de Santana (irmão e sócio de Téo), Roberto Calasans Costa e Roosewelt Pereira Moura (sócio da Fama).

A decisão ainda cabe recurso.

Por Raquel Almeida

Comentários