Cenam: agente é ferido por internos em tentativa de fuga

0
Fuga não chegou a ser concretizada (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Uma tentativa de fuga foi registrada no Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) na tarde desta terça-feira, 18. Segundo informações do Sindicato dos Agentes de Segurança e de Medidas Socioeducativas (Sindasse), um agente foi atingido com um golpe de arma caseira durante a ação, sofrendo ferimentos nas costas.

A ação ocorreu por volta das 16h, na ala 8 da unidade, que abrigava nove internos na ocasião. “Quando o agente entrou na ala, foi surpreendido pelo que nós chamamos de ‘cavalo doido’. Isso acontece quando os internos já estão esperando pela chegada do agente, e o atacam tão logo ele adentre o local. O agente foi atingido em um ponto crítico do corpo, próximo ao pescoço, nas costas”, diz Uanderson Conceição, assessor de comunicação do Sindasse.

Ainda segundo o representante, a arma utilizada na ação, conhecida popularmente como ‘chucho’, foi confeccionada com um pedaço de acrílico raspado. Três internos conseguiram escapar da ala. Dois deles chegaram a subir no telhado da unidade, permanecendo por cerca de 50 minutos. Após negociação, os agentes conseguiram montar um cerco e controlar a tentativa de fuga.

Fundação Renascer

A assessoria de comunicação da Fundação Renascer confirmou as informações, salientando que a tentativa de fuga foi rapidamente controlada. Na manhã desta quarta-feira, 19, às 9h48, a assessoria de comunicação da Fundação encaminhou nota.

"Durante a tarde desta terça-feira 18, uma tentativa de evasão de três socioeducandos da Fundação Renascer foi frustrada ainda dentro da unidade. O fato ocorreu na ala 08, onde havia um total de oito adolescentes. Na tentativa de impedir a saída dos mesmos, os agentes entraram em confronto com os internos, quando um deles desferiu golpes com um objeto perfurante contra um agente, que se encontrava sem o equipamento de segurança e saiu ferido no ombro, sendo de imediato encaminhado pela direção da unidade para o atendimento hospitalar. Após a intervenção inicial da equipe de agentes de segurança, o diretor da unidade, juntamente com o assessor geral de segurança, entraram em processo de negociação com os dois socioeducandos que embora tenham chegado a acessar o telhado, voltaram atrás e foram reconduzidos às alas, tendo a unidade voltado rapidamente à normalidade", relata a nota na íntegra.

* A matéria foi alterada às 10h52 para acréscimo de informações

Por Nayara Arêdes e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais