Deso executa reparo em tubulação rompida

0

(Foto: Ascom SMTT)

A Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) informa que o rompimento identificado às 5h da manhã desta segunda-feira, 9, na avenida Murilo Dantas, bairro Farolândia, foi provocado em uma tubulação com 250 mm de diâmetro, considerada uma rede de grande porte e alta pressão. Fato, causou grande transtorno na via e foi noticiado pelo Portal Infonet.

A empresa adotou de imediato todas as providências necessárias para conter o vazamento de água e amenizar os canos causados.

O rompimento da tubulação e o intenso vazamento de água fizeram com que a terra cedesse, e o asfalto afundou com o peso do ônibus e do caminhão ao mesmo tempo. Dois guinchos contratados pela Deso foram utilizados para retirar os dois veículos que caíram na abertura da via. A empresa tomou todas as providências e os donos dos carros danificados serão ressarcidos.

Logo que foi informada, a Companhia de Saneamento de Sergipe enviou sua equipe operacional ao local para conter o vazamento de água e executar os reparos na rede. Segundo o diretor de Operações da Deso, Sílvio Múcio Farias, as possíveis causas para os vazamentos são diversas, dentre elas a principal é o aumento da pressão da água no período de chuvas. O diretor destaca que o rompimento na tubulação de água ocorre em qualquer lugar do país e do mundo. “Apesar de ter sido um acidente, o vazamento não tem como ser previsto ou evitado. Mesmo sendo uma fatalidade, a Deso assume os serviços e consequências deles”, esclarece Sílvio Múcio.

Fonte: Assessoria de Comunicação Deso

Comentários