Lamarão: Semasc rebate acusações sobre Auxílio Moradia

0
Famílias afirmam temer ocupação de novas casas (Foto: Arquivo Portal Infonet)

No bairro Lamarão, famílias que dependem do Auxílio Moradia para pagamento de aluguel denunciam o atraso de três meses no recebimento da quantia. Estes moradores, que já estão cadastrados para receber as casas do novo conjunto habitacional do bairro, temem ainda que ocupantes retirados de outras localidades se transfiram para os novos imóveis. O benefício é concedido pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semasc), que rebate as acusações e apresenta irregularidades em cadastros das cerca de mil famílias registradas.

De acordo com a Semasc, a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) investe mensalmente mais de R$ 300 mil por mês para pagamento do Auxílio Moradia. Com relação aos beneficiários, a secretaria afirma a necessidade de bloqueio de cadastros devido a irregularidades encontradas. “Temos encontrado casos de sublocação e de imóveis fechados cujos endereços constam em folha de pagamento. Por causa disso, muitas famílias tiveram seu benefício cortado”, afirma a assessora de comunicação da Semasc, Conceição Soares.

Sobre o atraso no pagamento do Auxílio Moradia, a Semasc informa que desde a última terça-feira, 17, os benefícios relativos ao mês de março já foram depositados. A entrega das mais de 400 casas construídas no conjunto habitacional do Lamarão não tem data certa, e a secretaria garante estar prevenida contra possíveis ocupações nas unidades. “Apenas as famílias sorteadas poderão fazer uso das casas, e em caso de invasão, esses ocupantes serão retirados”, diz Conceição.

Em caso de bloqueio de cadastro, a assessora explica que não existe possibilidade de deslocamento de benefício para outras famílias. “Como chegamos ao nosso teto orçamentário, não existe possibilidade de colocar novos beneficiários na lista”, alerta. Segundo a secretaria, ainda não existem informações precisas sobre o número de cadastros suspensos. Foram investidos mais de R$ 17 milhões para a obra de construção das casas do Lamarão, que começou em 2011. O conjunto foi erguido para atender às necessidades das famílias que há mais de dez anos moravam em barracos no local.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais