Morte em hospital: polícia analisa imagens das câmeras

0
Os funcionários do hospital já foram ouvidos (Foto: FHS)

A polícia civil continua investigando a morte de duas pessoas dentro do Hospital Garcia Moreno em Itabaiana. Todos os funcionários do hospital já foram ouvidos, segundo informou o delegado de Itabaiana, Fábio Santana.

Ainda de acordo com ele, a polícia já teve acesso as imagens das câmeras de segurança das casas e estabelecimentos comerciais próximos ao hospital. “O pessoal está analisando as câmeras para ver se consegue identificar alguém. Estamos fazendo diversas operações, mas priorizando este caso”, informa o delegado ao acrescentar que ainda não há uma previsão de quando a investigação será concluída.

Entenda

Dois homens foram executados dentro do Hospital Regional Garcia Moreno, em Itabaiana. De acordo com os primeiros levantamentos realizados pelos plantonistas do 3º Batalhão da PM, os executores se apresentaram na portaria do hospital como policiais e utilizavam uniformes e distintivos exclusivos da Polícia Civil.

As vítimas foram o ex-presidiário Gladston Wanderson de Jesus Santos, de 20 anos, e o acompanhante Franklin Teixeira de Jesus, 21, que também foi morto no local, mas não tinha passagem na polícia.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários