O Que é Notícia Em Sergipe

Adema denuncia dificuldades para encaminhar animais ao Ibama

0

A Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) denunciou que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e de Recursos Naturais Renováveis (Ibama) está se recusando a receber animais silvestres resgatados em áreas urbanas.

De acordo com a Adema, desde março, 50 animais silvestres de diferentes espécies já foram resgatatos, mas nos últimos 30 dias, os exemplares com problemas motores ou de saúde, precisaram ser destinados a organizações não governamentais, tendo em vista que o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama — que seria o local responsável por este acolhimento — está em reforma há quase um ano.

“Os animais com dificuldades motoras ou de saúde precisam passar por reabilitação e essa competência é do Ibama, que possui o Cetas. Como esse centro está em reforma, de 30 dias para cá, o Ibama está se recusando a receber os animais. Nós estamos buscando ONGs que atuam com reabilitação para que o serviço não seja paralisado, mas a instrução normativa nº179 , de 25 de junho de 2008, é clara e diz que a competência é do Ibama”, explicou o assessor de comunicação da Adema, Jhon Santana.

O superintendente do Ibama em Sergipe, Carlos Tadeu, preferiu não falar sobre o assunto, mas afirmou que vai se manifestar nesta terça-feira, 10, após a reunião com o diretor-presidente da Adema, Gilvan Dias, para debater o problema.

A reunião entre os órgãos acontece nesta terça-feira, 10, a partir das 10h, na sede da Adema, que fica na rua Vila Cristina, 1051, bairro 13 de Julho.

Com informações da Adema 

Comentários