Baleia azul: operação em SE apreendeu computadores

0
Computadores foram encontrados em duas casas ligadas ao casal investigado (foto ilustrativa: Portal Infonet)

Os computadores encontrados nos dois endereços que sofreram diligências pela Polícia Civil de Sergipe serão periciados pela polícia do Rio de Janeiro. Os equipamentos de informática seriam de um casal que vinha sendo investigado também pela polícia de Sergipe e são acusados de criar e administrar grupos que estimulam a prática de automutilação (conhecida também como cutting) e a participação no jogo da Baleia Azul.

De acordo com o coordenador da Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter), Alessandro Vieira, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta terça-feira, 18, em dois endereços ligados ao casal, nos bairros Jabotiana e Luzia. E em nota, a Secretaria de Segurança do Estado de Sergipe (SSP/SE), informou que o casal investigado foi localizado no estado de São Paulo e encaminhado à delegacia de polícia local.

“Apreendemos computadores e equipamentos de informática que serão analisados pela polícia do Rio de Janeiro. A operação continua e outros mandados de busca e apreensão e também de prisão podem sair a qualquer momento”, explica o delegado.

Sergipe é um dos nove estados que deflagraram a Operação que visa combater uma associação criminosa envolvida com o jogo conhecido como ‘Baleia Azul’ – corrente que tenta induzir virtualmente os seus participantes ao suicídio através de 50 desafios. Ao total, a ação visa dar cumprimento a 24 mandados de busca e apreensão nos estados do Amazonas, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina,
São Paulo e Sergipe.

Por Raquel Almeida
Com informações da Ascom SSP/SE

Comentários