Dois homens são presos transportando 70 kg de maconha

0
A PF encontrou 70kg de maconha no interior do veículo (Fotos: Portal Infonet)

A Polícia Federal (PF/SE), através da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, realizou a prisão de dois homens que faziam transporte de cerca de 70 kg de maconha. Nove policiais prenderam os homens em flagrante, por volta das 13h do último domingo, 9, quando faziam barreira policial na BR-101 do município de Cristinápolis, no interior de Sergipe.

Os dois homens foram identificados como José Vieira da Silva Filho, alagoano de 57 anos e que ocupava o lugar do motorista, e o passageiro José Carlos Pereira da Silva, de 26 anos, natural de João Pessoa, na Paraíba.

De acordo com o agente da polícia federal, Márcio Lopes, a PF observou que o carro no qual os suspeitos estavam ocupando, um Prisma OYY 7513, com placa de Primavera, em Pernambuco, estava sob forte odor de maconha.

A droga estava embaixo do forro do carro

Márcio Lopes é um dos agentes que participou da prisão dos suspeitos

“Depois que paramos o veículo, sentimos o cheiro forte da droga. Fizemos uma entrevista preliminar com os ocupantes e eles entraram em contradição. Baseado nisso, nós fizemos uma revista mais detalhada no veículo e encontramos a droga que estava no interior do mesmo”, disse Márcio Lopes. Os setenta quilos da droga estavam em tabletes distribuídos debaixo da forração do veículo.

Ainda segundo o agente, José Vieira da Silva Filho apresente antecedentes criminais. Ele já foi preso duas vezes por tráfico de drogas, uma em 2002, em Pernambuco, e outra em 2009, no estado de Alagoas.

O agente Márcio Lopes explicou que os suspeitos não esclareceram a existência da droga no veículo. Eles foram indiciados e encaminhados para sistema prisional do estado e estão à disposição da justiça estadual.

Por Helena Sader e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais