Fossa estourada incomoda moradores do Santa Lúcia

0
Fossa estourada incomoda moradores do Santa Lúcia (Foto: Portal Infonet)

Rodolfo Almeida se queixa dos transtornos causados pelo esgoto (Foto: Portal Infonet)

Sérgio Machado se queixa da água contaminada, que entra na APP (Foto: Portal Infonet)

Uma fossa estourada em uma das ruas do conjunto Santa Lúcia, no bairro Jabotiana, vem causando bastante incômodo aos moradores, que se queixam do mau odor e dos problemas que gera no meio da via pública, dificultando o trânsito e a travessia de pedestres.

De acordo com o morador do local, Rodolfo Almeida, o transtorno acontece de maneira recorrente. “Já é uma situação antiga. Quando chega o período de chuvas, há pelo menos três anos, isso acontece. Tem um mês desse jeito e ninguém consertou. Toda essa sujeira, todo esse fedor, junto à pista danificada, trazem muitos problemas”, reclama.

Se o esgoto a céu aberto já é uma ameaça à saúde da população e até do meio ambiente, a situação se agrava, ainda, quando a água contaminada entra em um manguezal, parte de uma Área de Preservação Permanente (APP) da localidade. Sérgio Machado se queixa.“A gente já paga imposto para ter um encaminhamento correto dos dejetos, e aí ele polui o mangue, estragando uma área de preservação, tirando o intuito de proteger”.

Ainda segundo o relato dos moradores, uma obra em ruas próximas trouxe ainda mais problemas, não só por findar aumentando o volume de esgoto da fossa danificada, mas também pelo despejo de areia, que foi arrastada pela chuva e criou mais lama no local.

A Companha de Saneamento de Sergipe (Deso) foi ao local, e constatou que a responsabilidade pelos reparos no serviço é do município. A assessoria de Comunicação da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) se comprometeu a realizar, em breve, uma visita técnica na localidade e solucionar os contratempos, e informou ainda que solicitações podem ser feitas pelo telefone 3179-1619.

Por Victor Siqueira

*Matéria alterada às 15:27 para acréscimo de informações da Deso e Emurb

Comentários