Fuga em massa: 27 internos escapam do Cenam e 7 da Usip

0
A fuga dos internos do Cenam aconteceu nesta terça-feira, 14 (Fotos: Portal Infonet)

As obras no Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), mais uma vez, facilitaram a fuga dos internos. Esta é a segunda vez, somente no mês de outubro, que os internos conseguem fugir da unidade. De acordo com informações do Sindicato dos Agentes de Segurança e de Medidas Socioeducativas (Sindasse), 27 internos do Cenam fugiram e ainda facilitaram a fuga de outros sete internos da Unidade Socioeducativa de Internação Provisória (Usip). O fato foi registrado no final da tarde desta terça-feira, 14.

De acordo com a Fundação Renascer, da mesma forma como aconteceu na última fuga de internos da unidade, no último dia 3, os adolescentes conseguiram escapar do Cenam através da quadra de esportes, onde no momento praticavam atividades de recreação.

A diretora de operacional da Fundação Renascer, responsável pelo Cenam, Ruth Conceição, informou que os jovens infratores observaram as obras que estavam sendo feitas no local e aproveitaram para fugir. "A gente tem que funcionar paralelamente com o desenvolvimento das obras na unidade. Eles puxaram o alambrado da quadra e empreenderam a fuga”, disse.

Policiais estão à procura dos internos que conseguiram fugir do Cenam

A nova fuga chama atenção para a segurança das obras que estão sendo feitas na unidade. "Durante as obras, os internos pegam os instrumentos dos trabalhadores. Pegam pá, marreta, maquita, barra de ferro e usam para quebrar os cadeados e soltar os internos de outras alas", denuncia o presidente do Sindasse, Sidney Guarani.

O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) também foi chamado e enviou agentes Polícia Militar e do Grupamento Tático Aéreo (GTA) para a busca de fugitivos nas imediações do local.

Por Helena Sader e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais