IML libera corpo de turista e atesta morte por asfixia

0
Local onde o corpo foi encontrado no domingo (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O Instituto Médico Legal (IML) liberou no final desta manhã o corpo da técnica de enfermagem Cleuza Lourenço Machado, 48, assassinada na Praia de Atalaia neste fim de semana. A técnica de enfermagem é natural de Sete Lagoas, Estado de Minas Gerais, e chegou em Aracaju na segunda-feira da semana passada, 09.

A companheira da vítima, Solange Pereira de Carvalho, recebe apoio de familiares, que já chegaram à capital sergipana, e apresentou certidão de união estável para a liberação do corpo. As informações preliminares do IML indicam asfixia mecânica como causa da morte da mineira.

O delegado Antonio Sérgio Araújo Pinto, da Divisão de Homicídio e de Proteção à Pessoa (DHPP), está à frente das investigações e não descarta a possibilidade de latrocínio. Há suspeita também que a vítima tenha sido violentada sexualmente. “Mas não tem nada de confirmação, temos que aguardar a resposta do [exame] cadavérico”, ressaltou o delegado.

O delegado começou a analisar as imagens captadas na Passarela do Caranguejo pelas câmeras de segurança do Centro Integrado de Operações em Segurança (Ciosp), mas ainda não identificou trechos que possam indicar a presença da vítima. As imagens capturadas entre a tarde e a noite do sábado, 14, continuam sendo analisados pela equipe do DHPP, segundo o delegado.

Solange Pereira recebe apoio dos próprios familiares, que não quiseram prestar declarações ao Portal Infonet. “Está tudo dentro dos trâmites, tudo é muito complicado… Não tem mais jeito. Ainda não temos resposta”, declarou uma das irmãs de Solange, que se identificou apenas como Simone.

A comunidade pode dar contribuições às investigações. Informações podem ser transmitidas por telefone, no Disk Denúncia 181. O informante terá a identidade preservada.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais