Jovem mata fiscal da fazenda para pagar traficante

0
Corpo chegou ao IML na noite da segunda-feira (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Um jovem matou o amigo, um fiscal da fazenda aposentado, para roubar dinheiro e pagar uma dívida que teria sido contraída com um traficante, segundo informações da Polícia Militar. O corpo de José Sinardo Ribeiro Fontes, 54, foi encontrado por volta do meio-dia da segunda-feira, 5, dentro da própria residência da vítima, na cidade de Tobias Barreto.

De acordo com os primeiros levantamentos realizados pela equipe do 7º Batalhão da Polícia Militar, os dois e um outro jovem teriam passado o domingo bebendo juntos. No final da tarde para início da noite, eles seguiram para a residência da vítima na rua Duque de Caxias. Conforme o capitão Alexsandro Ribeiro, comandante do 7º Batalhão da PM, o acusado teria usado um revólver de calibre 38 para praticar o crime, arma que foi apreendida com um suposto traficante, que seria o credor do jovem.

O jovem Alessandro dos Santos, 19, foi localizado na noite da segunda-feira, 5, na porta da casa onde reside com a família, no conjunto Maria do Carmo Alves, em Tobias Barreto. O amigo dele, que estava com a vítima no domingo, também foi localizado, mas logo foi liberado porque Alessandro assumiu a autoria do crime, informando à polícia que o assassinato aconteceu depois que o outro jovem teria deixado a residência da vítima. Segundo o capitão Ribeiro, o acusado pelo latrocínio acreditou que o fiscal da fazenda estaria com dinheiro oriundo de um imóvel que ele tinha comercializado recentemente. Mas, o jovem não encontrou o dinheiro e levou uma televisão de 42 polegadas da casa da vítima, que seria entregue ao suposta traficante para quitar a dívida de cerca de R$ 2 mil.

Suposto traficante 

O suposto traficante, credor do acusado pelo latrocínio, foi identificado como Rosângelo Dantas Menezes, 39, o Eli, e também já está preso. Segundo o capitão Ribeiro, Eli é natural de Lagarto e atua como taxista em Tobias Barreto, onde reside. Ele foi localizado na cidade ocupando um Siena de placa NVL 2182/SE, onde estava a arma usada pelo jovem Alessandro para matar o fiscal da fazenda pública.

O capitão Ribeiro informou que os policiais começaram a investigar e localizaram um sítio de propriedade de Eli, no município de Itapicuru, no Estado da Bahia, onde foram encontrados cerca de seis quilos de maconha. No sítio, também foram presos Vandilson Rosa dos Santos, 28, conhecido como Cego, e José Herton Júnior de Andrade dos Santos, 24, o Gordinho, que supostamente atuavam como seguranças da propriedade.

Também foram apreendidos o Siena e um jet ski, de propriedade de Eli. A polícia suspeita que ambos os veículos tenham sido adquiridos com recursos oriundos do tráfico de drogas. Os acusados continuam presos em Tobias Barreto e as investigações prosseguirão sob o comando da polícia civil.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais