Odonto Fantasy: MP quer saber se houve superlotação

0
Momento da festa: bombeiros civis no local (Foto que circulou nas redes sociais)

O Ministério Público Estadual solicitou relatórios do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e também da Vigilância Sanitária para avaliar as circunstâncias do desabamento do camarote da Odonto Fantasy, acidente ocorrido na madrugada do dia 8 deste mês em Aracaju.

A promotora de justiça Euza Missano, da Promotoria de Defesa dos Direitos do Consumidor do Ministério Público Estadual, enviou notificação aos órgãos públicos, solicitando informações sobre a atuação das entidades a respeito da atuação de cada ente para a liberação da festa. A promotora de justiça pretende analisar se a estrutura do camarote estava compatível com o número de ingressos disponibilizado pelos organizadores da festa. Ou seja, se a estrutura do camarote suportaria a quantidade de pessoas que adquiriu os ingressos. “A partir destes relatórios é que vamos analisar se houve alguma irregularidade, se os órgãos adotaram o procedimento padrão para a liberação da festa”, enfatizou a promotora.

Procedimento padrão

A capitã Emanuela Cruz, da assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, informou que a corporação já recebeu notificação do MPE e que o setor responsável já está adotando as providências para responder aos questionamentos da promotora. A capitã esclareceu que o Corpo de Bombeiros adotou o procedimento padrão e que a equipe realizou duas vistorias antes de liberar a festa.

Segundo a capitã, na primeira vistoria, realizada na sexta-feira que antecedeu a festa, a equipe do Corpo de Bombeiros identificou algumas pendências, que foram corrigidas no dia seguinte. As correções, segundo a capitã, foram observadas na segunda vistoria realizada no dia seguinte, no sábado, 7. E a partir destas análises, a festa foi liberada.

Mas o CB não apresentará laudos estruturais, segundo a capitã. A corporação se limita a avaliar a segurança quanto ao combate a incêndios e explosões. As questões estruturais são de responsabilidade da Defesa Civil, segundo a capitã.

Investigações

O acidente ocorrido durante o show de Ivete Sangalo no Odonto Fantasy também está sendo investigado pela Polícia Civil. O delegado Gilberto Passos, da Delegacia de Turismo, que comanda o inquérito policial, só se manifestará no final das investigações, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública.

O Portal Infonet tentou ouvir os organizadores do Odonto Fantasy, que ainda não se manifestaram sobre a questão. A equipe de reportagem também tentou contato com a Defesa Civil e não teve. O Portal permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por email jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cássia Santana

Comentários