Professor é baleado na escola Olga Barreto

0
Professor foi alvejado por cinco tiros (Fotos: Portal Infonet)

O professor Carlos Cristian Almeida Gomes foi alvejado a tiros na noite desta terça-feira, 12, dentro da Escola Estadual Olga Barreto no conjunto Eduardo Gomes em São Cristóvão. Segundo a polícia, um estudante é suspeito de ter desferido os tiros [cinco no total] no docente.

Após o ocorrido, policiais da 1ª Companhia do 1º Batalhão foram acionados para a unidade escolar. De acordo com o sargento Adailson, o fato aconteceu por volta das 19h30. “Fomos acionados pelo Ciosp informando que um professor tinha sido alvejado por um aluno na escola. Ao chegarmos, o professor já estava sendo atendido pelo Samu”, conta o sargento.

O aluno suspeito de ter baleado o docente tem 17 anos e já foi identificado pela polícia. Os policiais estiveram na residência do adolescente que não foi encontrado. “Tivemos na casa dele, mas ele não estava em casa. Soubemos que o adolescente já foi aluno do professor e estuda na escola a noite. A mãe dele estava na casa, mas não soube dizer onde o filho estava”, afirma o sargento que esteve acompanhado do cabo Moises e soldado Wendell.

Policiais da 1ª Companhia estiveram na casa do adolescente

Até o momento, a polícia não sabe qual a motivação dos disparos que vitimou o docente. A equipe do Portal Infonet esteve na unidade de ensino, mas ninguém da instituição se encontrava no local. A informação passada foi de que o diretor da escola foi até a Delegacia Plantonista prestar um Boletim de Ocorrência.

Huse

Segundo informações da assessoria de comunicação do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) o professor recebeu cinco tiros sendo um na mandíbula, três nas costas e um no braço. O quadro de saúde é grave e depois de realizar uma tomografia, o professor está no centro cirúrgico.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais