Sintax defende que táxis bandeira migrem para lotação

0
Com aprovação de projeto, o percusso não seria mais cobrado com base no taxímetro (Foto: Arquivo / Portal Infonet)

O vice-presidente do Sindicato dos Taxistas de Aracaju (Sintax), Gerson Ferreira, disse hoje, 16, que o projeto apresentado na reunião  realizada ontem entre o sindicato, SMTT e PMA, reivindica a migração da categoria de alguns táxis que atendem aos bairros da Zona Sul da Capital.

O projeto, que terá prazo de 90 dias para estudo de viabilidade, prevê que alguns táxis da Zona Sul de Aracaju que operam atualmente como táxi bandeira sejam migrados para a categoria de táxi-lotação. “Não muda muita coisa, só sai o taxímetro”, ressaltou Gerson Ferreira. Na prática, o usuário deste tipo de transporte poderia dividir o mesmo veículo com outros passageiros.

Gerson disse ainda que os táxis-lotação já estão presentes no dia-a-dia dos usuários aracajuanos da Zona Norte, por exemplo, e defendeu “O nosso projeto vai ajudar na mobilidade urbana, vai ajudar até na questão do trânsito. É um projeto trabalhado, pensado, e a população só tem a ganhar, porque esse transporte vai aonde o ônibus não vai”.

O prefeito Edvaldo Nogueira se reuniu com a categoria dos taxistas na tarde de ontem e pediu 90 dias para analisar o projeto e dar uma resposta.

Por Carluz Lima

Comentários