Siqueira Campos: delegado já ouviu testemunhas de crime

0
Corpo da cabeileireira foi encontrado nas escadarias da Leste (Foto: arquivo Portal Infonet)

As investigações sobre as mortes de Wedja Tatiana Ribeiro de Albuquerque e da cabeleireira, Vadelice Oliveira Silva, 47, continuam sendo realizadas. Segundo o delegado Kássio Viana, da 1ª Divisão do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), disse que já ouviu quase todos os moradores da vila, onde uma das mulheres morava.

De acordo com o delegado, os crimes permanecem sendo investigados e a polícia continua ouvindo pessoas e realizando diligências, na tentativa de elucidar os crimes.

Crimes

Os crimes foram registrados no início do mês de junho. A cabeleireira foi espancada até a morte e teve o corpo encontrado nas escadarias da Leste, no dia 7 de junho. No dia desse assassinato, Wedja, que foi assassinada dois dias depois, esteve junto com a cabeleireira. Wedja foi assassinada no dia 9 de junho, próximo à feira do bairro Siqueira Campos.

Por Alcione Martins

Comentários