Suspeito de homicídios e tráfico é preso no Santa Maria

0
Homens presos durante operação no Bairro Santa Maria (Fotos: SSP/SE)

Uma operação da 9ª Delegacia Metropolitana e do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) com apoio operacional do Grupamento Especial de Repressão e Buscas (Gerb) prendeu um dos maiores criminosos do bairro Santa Maria, suspeito de praticar pelo menos 20 homicídios. Também foram presos dois comparsas dele acusados de assalto e tráfico de drogas.

Segundo o delegado Marcelo Hercos, Adriano Santos Gonzaga, conhecido como 'Mago”, estava sendo investigado há cerca de seis meses pelo envolvimento em dezenas de homicidios, assaltos e por comandar o tráfico de drogas na localidade. Contra ele, havia três mandados de prisão preventiva em aberto por dois crimes de homicídio e outro mandado por tráfico de entorpecentes.

Além disso, havia um procedimento de roubo majorado praticado no ano de 2012 que já foi encaminhado à Justica. De acordo com o delegado Antônio Sérgio, Mago foi preso por volta das 6h da manhã em uma residência do bairro. “Ele portava uma pistola calibre 9mm prateada com cerca de 24 munições e um carregador reserva. Mago tentou evadir-se pelos fundos da residência, mas foi contido pelo cerco policial”, explicou.

Material apreendido durante a operação

Uma semana antes da prisão, a 9ª DM com apoio do Gerb já havia apreendido em um esconderijo cerca de um quilo de maconha, 100 gramas de crack e mais 100 gramas de cocaina, além de dois coletes balísticos furtados de uma empresa de segurança e duas balaclavas.

“O DHPP investiga sete homicídios cujas provas colhidas até o momento não deixam dúvidas que foi Mago o executor desses crimes. Além disso, a 9ª DM assegura que ele tem envolvimento em pelo menos 20 assassinatos na região”, destacou Antônio.

Somente em 2014, ele matou Rafael Santos Silva (16 de abril), Rodrigo dos Santos (22 de fevereiro) e Ariclenes Siva dos Santos (12 de junho).

Quadrilha

Após a prisão de Mago, o contingente policial foi ao ponto de venda de drogas gerenciado por ele e encontrou Danilo Lima Contreira, conhecido como 'Baiacu', 26 anos, e Anderson Santos Nascimento, 19, 'Nandinho'. No local, foram apreendidas mais uma pistola 9mm e mais 24 munições de mesmo calibre, uma balança digital, dinheiro e cerca de 16 papelotes de maconha.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais