Tartaruga volta ao mar após tratamento na FMA

0
O médico veterinário, Fábio Teles, orienta curiosos da praia de Atalaia sobre a soltura da tartaruga  (Foto: FMA)

Mais uma tartaruga marinha consegue se restabelecer após um encalhe e volta ao mar com saúde, em Sergipe. A partir dos esforços da Fundação Mamíferos Aquáticos (FMA), foi possível liberar a paciente na tarde desta quarta-feira, 21, na praia de Atalaia, em Aracaju. Ela encalhou há cerca de 15 dias, após ter sofrido interação com artefato de pesca.

Trata-se de um animal da espécie Chelonia mydas, na fase juvenil da vida, que encalhou em praia do trecho da capital sergipana. Ela foi entregue pelo pelotão ambiental aos médicos veterinários no Oceanário de Aracaju – local onde a FMA possui o Centro de Reabilitação de tartarugas marinhas.

O animal apresentava efeitos físicos causados pela interação com a pesca. Ao chegar, foi detectado um anzol em formato “j” no terço inicial de seu esôfago. Além dos procedimentos necessários para a retirada do anzol, a tartaruga verde, como é popularmente conhecida, passou por tratamento com anti-inflamatório, antibiótico, fluidoterapia e suporte vitamínico.

Sua temporada no centro de reabilitação de tartarugas marinhas da FMA durou apenas 17 dias, o suficiente para a paciente passar por exames complementares e exames físicos e receber a alta médica, indicando seu retorno ao habitat. Dessa forma, a Fundação cumpre sua missão de promover a conservação dos animais aquáticos, em busca do equilíbrio ambiental.

Fonte: FMA

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais