O Que é Notícia Em Sergipe

Cláudio Nunes vítima Fake News.Ainda bem que não foi entre corruptos

0

 

 

 

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Ontem, 11, à noite, o titular deste espaço recebeu diversas ligações de amigos e leitores por conta de uma postagem em diversos grupos sociais da sua imagem em meio ao senador Valadares, o deputado Valadares Filho e dois familiares já falecidos: o avô, José Nunes, que foi presidente do Centro Operário Sergipano, que teve forte atuação em defesa dos trabalhadores e Célio Nunes, pai,  que fundou o Sindicato dos Jornalistas e também foi ativista em defesa da democracia no país.

Com o título “O Serviçal dos golpistas”, a foto deste jornalista estava ao lado do senado Valadares e do deputado federal, Valadares Filho.  O Fake News, cujo um dos divulgadores foi uma pessoa de nome Ely Correa – que será devidamente processado e responsabilizado pelo ato – teve o intuito de desmoralizar, mas o efeito foi ao contrário: este jornalista foi colocado no meio de quatro homens que nunca tiveram envolvimento com a corrupção. Ou seja, ainda bem que não foi no meio de alguns políticos de Sergipe cheio de processos por improbidade administrativa, gestores irresponsáveis e de suspeita de corrupção.                                                   

Qual o motivo de tentar desmoralizar quem não tem credibilidade? 

Em 1985 o titular deste espaço, então líder estudantil secundarista e militante do antigo PCB (único partido que se filiou), conheceu Jackson Barreto,  então deputado federal apoiado pelos segmentos de esquerda. Naquele ano, em plena campanha eleitoral para prefeito, quando Jackson     foi eleito, o então candidato foi convidado para participar do congresso de estudantes, onde foi fundada a Umesa. Este jornalista foi eleito o primeiro presidente.

Jackson elogiava este espaço em 2014 Este é apenas um pequeno relato de vários que poderia contar cujas ações deste jornalista se confundem com a história política de Jackson Barreto. Aliás, Jackson que este ano, em entrevista à TV Atalaia questionou quem é Cláudio Nunes e qual a credibilidade dele, é o mesmo que elogiava os artigos deste blog, principalmente na eleição de 2014, onde ele largou perdendo e virou o jogo. Manchetes deste blog serviram até para exibições no horário eleitoral.

Laços familiares investigados  Agora a ordem não é só perseguir financeiramente o blog, mas desmoralizar este jornalista. Ora, qual o leitor deste espaço que não sabe a posição ideológica e política sempre assumida?  Os investigadores de plantão querem agora buscar todos os tipos de laços familiares, inclusive um que há 10 anos (isto mesmo dez anos) assessora um político passando por três locais distintos.

 Blog não usará da mesma moeda Este espaço já enfrentou muitas perseguições e nunca foi para o lado pessoal mesmo quando alguns (inclusive amigos da onça de quem tenta atingir o blog agora) dizem para pegar no calcanhar de Aquiles do ex-gestor por tráfico de influência envolvendo um sistema de TV indoor e contratos públicos. Não, o blog não entrará nesta seara, continuará apenas mostrando as incoerências políticas dele.

Roberto Jefferson, pede a Rodrigo Valadares para desmentir boatos de mudanças no PTB em Sergipe E através de um áudio enviado no início da noite de ontem à imprensa, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson pediu a Rodrigo Valadares, presidente estadual do partido para desmentir a informação repassada por alguns setores de que ele teria desautorizado aliança do PTB com o PSB em Sergipe.

 Posse no Senado No áudio, Jefferson pede que diga a verdade, que Lauro Menezes foi visita-lo para se apresentar como senador, já que iria assumir o cargo e estava acompanhado do líder no Senado, Armando Monteiro e o Betinho ex-presidente do PRP. “Você pode desmentir não pediu para desautorizar nada. Você está absolutamente prestigiado na presidência do partido não existe nada que mude isso,” disse.

Licença para tentar conquistar o apoio do PTB na eleição O que se comentava ontem nos bastidores em Brasília é que na tentativa de atrair o PTB para apoiar a sua candidatura ao governo de Sergipe, o senador Eduardo Amorim oferece ao seu suplente Laurinho da Bomfim que ele assuma o mandato de senador em seu lugar. Para tanto, o senador Eduardo Amorim terá que se licenciar por 121 dias, sendo que uma parte dessa licença deverá ser para tratamento de saúde.

Como justificar tal afastamento? E por acaso Eduardo Amorim está doente para gozar de licença para tratamento de saúde nem que seja por um dia, para completar os 121 dias de licença exigidos para que o suplente assuma? Como justificar tal afastamento? Essa farsa para obter apoio político na eleição, já que o senador está saudável e atuante, poderá redundar em mais um processo contra ele.

Para quem ainda faz concurso público, ou tem familiares fazendo, vai aí mais uma pérola desse governo  A Lei de Diretrizes Orçamentárias,  que será votada hoje no Congresso Nacional, prevê  que em 2019 o novo governo não poderá fazer concurso público, não poderá nomear os concursados que já estão aprovados, nem poderá dar reajuste salarial aos servidores.

 Todas as atividades Quem não é do setor público  não se iluda achando que isso não lhe atinge. Estas medidas repercutirão em todas as atividades. Aguarde pra ver. Se for verdade, poderá ser um golpe baixo do MDB, via LDO?

 Bolso dos contribuintes Se trancarem na LDO, só se houver alteração das Diretrizes Orçamentárias, para realizar alguma despesa que o MDB tenta vedar, para ter dinheiro para pagar os juros de uma dívida imoral, ilegal e que já foi paga tantas vezes aos agiotas oficiais de plantão, para os quais a grande imprensa fecha os olhos, enquanto saqueiam o País e o bolso dos contribuintes….

 Desossando a incoerência O blog prefere o silêncio para depois manifestar uma opinião com base em conversas e relatos de algumas pessoas. Não é incoerência você querer disputar ao meu lado, mas como foi preterido começar a criticar-me? Começou muito mal. Está na cara a ambição pessoal sua.

 HUSE: é preciso uma discussão profunda para reduzir uma demanda que não é dele Segundo dados apresentados pelo governo do Estado, no primeiro semestre deste ano (janeiro a junho de 2018), o Pronto Socorro do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) registrou 83.682 atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Desse total, 73.977 usuários receberam alta médica por serem casos de baixa complexidade, ou seja atendimentos de responsabilidade  dos municípios, o que representa 90% dos casos; apenas 10% necessitaram de internação para observação e exames.

 Rede hospitalar Segundo o governo, a  Secretaria de Estado da Saúde (SES) tem investido em toda Rede Hospitalar Estadual, inclusive nos hospitais regionais, na tentativa de desafogar o serviço do Huse. “Mesmo com as ações e esforços produzidos, ainda existe dificuldade do usuário se conscientizar de que em casos menos complexos, que poderia ser resolvido nas unidades de saúde dos municípios,” explica a assessoria. É preciso chamar o feito à ordem e os municípios assumirem suas responsabilidades. Assim é fácil demais!

Pirambu: oposição lança pré-candidatura de Dr. Silvia à Alese Tribuna da Praia: Aconteceu no último domingo dia 08 de julho, por volta das 11 horas, a 4ª reunião da oposição política de Pirambu. Cerca de 60 pessoas compareceram ao evento, que introduziu a pré-candidatura da médica pediatra Silvia Palmeira Cruz, ao cargo de deputada estadual pelo PSB, chapa liderada pelo grupo dos Valadares.

 Apoios A reunião ocorreu na residência de Dra. Silvia, localizada na rua Agustinho Trindade, próximo a igreja católica. Participaram do evento, algumas lideranças do município, a exemplo de Vado, Clébio Gomes, Niltinho (filho do ex-prefeito Zé Nilton), Tonho Madureira (Rede sustentabilidade), dentre outros.

Produtos artesanais com identidade sergipana Batizado “Origine-SE”, no próximo dia 18, às

“Origine-SE”, no próximo dia 18, às 19h, o “Museu da Gente Sergipana”
(foto Sérgio Matos)

19h, o “Museu da Gente Sergipana” será o cenário perfeito para a aterrissagem da primeira edição do evento cujos holofotes estarão todos direcionados para a produção genuinamente sergipana, brotada das mãos de artesãos sergipanos em parceria com designers conceituados, a exemplo de ‘Sérgio Matos’ e ‘Kelley White’, estimulados pela Secretaria de Estado do Turismo – Setur, e Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, sob a esmerada coordenação do Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação – IPTI.

Rodada de negócios para lojistas A rodada de negócios da noite de abertura será direcionada aos lojistas dos segmentos de moda, decoração e artesanato de Aracaju, mas nos dias 19, 20 e 21 de julho, no mesmo local, acontecerá uma feira com entrada livre onde os frequentadores poderão adquirir as bonitas peças originais e únicas de artesanato, decoração e utilitários para o lar que serão comercializados. Desde já, sintam-se convidados a prestigiar, apreciar e adquirir o artesanato sergipano feito pelas mãos hábeis de artesãos de seis municípios do nosso estado, cada um desenvolvendo e dando asas à criatividade dentro do seu estilo e pensar artístico. O lançamento do “Origine-SE” será embalado pelo icônico DJ Dolores.

 

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Tobias Barreto: empresário filma trajeto de rua cheia de buracos na cidade Pelo zap: “Empresário de Tobias Barreto, Orlando da loja  “Reis dos Tecidos,” filmou trajeto do Bairro  Raimundo Geraldo ao início da Rua Luiz Alves de Oliveira Filho na cidade de Tobias Barreto. Essa é a tônica da maioria das ruas do Município Tobiense. Um Município com Total abandono pelo prefeito Diógenes e por Jackson Barreto e Belivaldo Chagas.”

 

 

Socorro… Prefeitura de N. Senhora do Socorro: ônibus estacionado em calçada Pelo zap,

Socorro…Prefeitura de N. Senhora do Socorro: ônibus estacionado em calçada

Fernando: “Venho pedir-lhe um auxílio para que meu comunicado chegue a Prefeitura de Nossa Senhora  do Socorro, haja vista que, já estive em vários órgãos da Prefeitura e nada puderam ou quiseram fazer. HÁ próximo a minha residência no conjunto Marcos freire – 3 entre as ruas 222 e 223 na 2ª etapa – um veículo, ônibus (foto enviada), que faz da calçada para pedestre estacionamento, onde o seu proprietário quebrou uma manilha, que serve para impedir que veículos passassem. O que esta acontecendo: por ser uma passagem de pedestres marginais estão se escondendo em baixo do mesmo para usar drogas, ameaçar e assaltar os transeuntes. São inúmeros casos principalmente logo ao amanhecer e à noite quando trabalhadores, estudantes e todos os moradores que precisam usar daquele espaço para os seus afazeres. Peço seu auxílio para que este pedido de socorro chegue ao ouvido do prefeito Padre Inaldo já que seus órgãos SMTT, secretária de infraestrutura e ouvidoria do município estão fazendo pouco caso com a situação. É caso de segurança pública? Também! Más quando este veículo não estava estacionado no local não tinha estes assaltos. E o dano ao patrimônio? Como que uma pessoa danifica um local, publico, para usar como área privada e o órgão competente, secretaria de infra estrutura, que já foi informado por várias vezes e nada faz. E estacionar em calcada?  Cabe a SMTT fazer  a sua parte referente ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) – Art 181, inciso VIII – no passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa, bem como nas ilhas, refúgios, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pista de rolamento, marcas de canalização, gramados ou jardim público: Hoje nos juntamos em vários pais de família para irmos buscar filhos e esposas no ponto de ônibus até a nossa residência com medo de que sejam vitimas novamente ao passar por este local. Peço que a prefeitura retire este veículo deste local para voltarmos a ter o nosso caminho livre. Obrigado!”

 Hoje, 12, tem Programa “É Coisa Nossa” ao vivo Nesta quinta-feira, dia 12 de julho de 2018,  às 14 horas, mais uma edição ao “vivo” do  Programa “É Coisa Nossa,”  entretenimento e cultura da TV Câmara Aracaju, Canal  Digital 48.4. Na edição de numero 202, o apresentador Valadaao estará entrevistando  Mary Almeida  ( Presidente da ASTOTOTÓ );  Cantores Bruno  Gordinho da Sofrencia  e Gabriel  Souza  ( Show beneficente  em prol do GACC /Se ); e a  Cantora Marissol Vital e o Tecladista Ailton Ribeiro ( Dupla de Boleros ).

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

 

 ARTIGO 

“Que beleza, que beleza, que beleza” Edson Júnior 

Era assim que Rosalvo Alexandre, o Bocão, gritava em cima de um palanque ou trio para

Bocão, morreu em 11 de julho de 2015.

uma massa de gente, momentos antes de começar um comício ou uma carreata.

Era uma espécie de saudação, um grito de guerra à militância multipartidária. A massa ficava energisada.

Bocão morreu há 3 anos, em Belo Horizonte, no dia 11 de julho de 2015. Lutava contra uma paralisia no sistema nervoso.

É mais uma eleição que ficamos órfãos do brilho da sua voz.

Daqui, quero homenagear essa figura que marcou minha geração, apenas com essa simples lembrança.

O grito “que beleza, que beleza, que beleza” ecoa em minha mente, alegrando meu coração em época de golpe e atentados frequentes ao regime democrático que ele tão bem defendeu.

Fica a lembrança do homem e seu legado.

 ARTIGO 

Sobre o Habeas Corpus de Lula. Antonio Moares*

Está evidente que existe partidarismo político no Judiciário Brasileiro.

No domingo, 8/7, destacou-se a disputa partidária entre magistrados federais da Justiça Federal do Paraná em torno do pedido de soltura do ex-presidente Lula, em sede de liminar em Habeas Corpus.

De um lado, o plantão judiciário do TRF4 foi utilizado indevida e oportunisticamente fora de qualquer situação de urgência, com o claro intuito de escolher o magistrado amigo.

De outro, um juiz de 1° grau, de férias, e desembargadores federais, relator do processo original e presidente do tribunal, que não estavam de plantão, os quais portanto não poderiam se manifestar, naquele momento, sobre a análise do pedido formulado. Agiram como magistrados inimigos por suas manifestações também indevidas e oportunistas.

Assim, está claro e evidente que não se pode mais confiar na IMPARCIALIDADE do judiciário brasileiro.

Em Judiciário sério, todos os magistrados envolvidos deveriam responder a processos disciplinares em suas respectivas corregedorias e no CNJ.

A importante e necessária independência funcional dos magistrados não pode ser fulanizada.

*policial civil.

ARTIGO

 E 2018 SERÁ O ANO DA VIRADA CIDADÃ?  Fábio José Valença Cardoso*

  

Como é sabido por todos, 2018 é ano eleitoral e o povo terá em mãos a grande oportunidade de mudar o rumo do país. Logo, podemos compreender que muito se espera de 2018. Mas pergunto: Será mesmo?

Inicialmente, não é de bom tom olvidarmos que os últimos anos foram marcados por atos públicos, discursos acalorados, posicionamentos radicais, palavras de ordem e apoio a personagens da política ,brasileira, do judiciário, do Ministério Público, da Polícia Federal, etc. Afinal de contas, algo teria que mudar! O povo estaria mudado, mais consciente! Os cidadãos de “bem” não aguentavam mais tantos desmandos! Os jovens rogavam pela retomada do protagonismo político e social.

Observadas essas manifestações políticas-ideológicas de quem buscavam ser ouvidos, percebe-se o surgimento de grupos paralelos com discursos de boas práticas políticas, sociais e econômicas, multiplicando cada vez mais, em inúmeros movimentos que cobravam ordem e restauração do nacionalismo e patrimonialismo dos bens sociais geridos pelos entes públicos.

Então o povo foi às ruas com as caras pintadas, panelaços, coxinhas, patinhos, greves, quebra-quebra em vias públicas, apoio às greves de categorias, fechamentos de rodovias, fechamento temporário do Congresso Nacional, impeachment da Presidente, prisões de grandes políticos, surgimento de “novos heróis brasileiros” com o consequente endeusamento de membros do Judiciário, MP, PF, dentre outros. A princípio, o povo teria mudado!

Apensos a tudo isso, surgem os analistas e gurus políticos, que remodelaram as bandeiras levantadas por eles, trocando no máximo nomes de projetos, ações e posições e se infiltraram naquilo que o povo batizava como de origem popular, qual seja: a necessidade de colocar em Brasília e nas chefias dos estados, políticos novos e decentes como meta para as eleições de 2018.

Excelente, não é? Seria, caso o povo ainda estivesse atento às movimentações da encanecida oligarquia política. Todavia, nos esquecemos de que os velhos políticos também controlam e conhecem da arte de enganar, e para isso contam com a ajuda do povo, que por mais uma vez dá sinais que ainda continua sendo coadjuvante no cenário político nacional, estadual e municipal. Logo, percebe-se que em 2018 pouca coisa mudará.

Trazendo a discussão para o cenário estadual, verifica-se que o terreno que outrora demonstrava ser fértil começou a ruir, estremecer, a causar-nos arrepios, pois ninguém ainda é de ninguém, e o pior, ainda há fortes manifestações de políticos e do povo pelo apego a cargos e vantagens pessoais, desnudando mais uma vez o caráter e a personalidade dos novos-velhos da política sergipana e dos eleitores, fato bem perceptível nos últimos dias em nosso pequeno e sofrido estado.

Ora, como se esperar algo novo se ainda vivemos e regamos um ambiente que em sua quase totalidade é tomado por “areia movediça”, plantas carnívoras e seres peçonhentos? Como esperar o surgimento de boas práticas políticas se os eleitores ainda fomentam ações ora combatidas, pelo menos nos discursos? Os políticos mudarão se os eleitores continuarem os mesmos? É óbvio que não.

Em conversas distraídas em rodas de amigos e simpatizantes das mais variadas ideologias partidárias, os discursos são afrontantes às práticas, aos posicionamentos, às pessoas (políticos) defendidas (os), etc, visto ser perceptível que as bandeiras erguidas para políticos “A” ou “B” destoam das ações, discursos e posições defendidas.

Portanto, a meu ver, não se concebe de forma coerente, lógica e aceitável, que alguém afirme não votar em um político ficha suja, mas que irá votar em outros já condenados em várias instâncias do poder Judiciário. Então pergunto: isso representa mudança?

Permitam-me uma pequena digressão no direcionamento do texto, mas não podia me furtar em falar do show de incoerências que tem permeado o solo da Câmara Municipal de Vereadores de Aracaju, no entanto, cabe ao povo, se possível for, dar a devida resposta em momento oportuno.

Por derradeiro, rogo que fiquemos atentos às manifestações públicas de todos os envolvidos nesse processo eleitoral, sejam os eleitores ou pretensos candidatos, para que não sejamos traídos pelos discursos momentâneos e impensados, como fora de alguns políticos que em um determinado momento destilou discursos emotivos, negando candidaturas ou alianças, criticando gestões ou defendendo-as, mas que reverberar por muito tempo nas bocas e ouvidos dos eleitores, políticos e imprensa.

*Brasileiro, eleitor, servidor público estadual, capaz.

 

QUADRILHAS. (Sérgio Lucas)

 

E de repente, mudamos os palcos.

Trocamos os arraiás, pelos palácios do Planalto.

Os trajes típicos viraram ternos.

E os crimes múltiplos parecem eternos.

 

E se revezam as Quadrilhas no poder.

Êh, êh!

Alavantu, anavan, anarriê.

Êh, êh!

 

Dançam, felizes, os que dançam.

E os que não dançam,

Dançam porque não dançam.

 

E o pai da noiva faz delação.

Nesses momentos os quadrilheiros dão-se as mãos.

É caixa dois, propina, corrupção.

E o que interessa é ganhar a eleição.

 

E ao final, somos culpados.

E precisamos assumir nossos pecados.

E o que lhes damos? Votos e aplausos

A presidentes, senadores, deputados.

 

E se revezam as Quadrilhas no poder.

Êh, êh!

Alavantu, anavan, anarriê.

Êh, êh!

 Ação Cívica contra o “Não voto” que ajuda apenas os fichas-sujas, os compradores de votos e os demagogos  O eleitor precisa entender que é o principal protagonista de uma eleição democrática. E não votar, anular o voto ou votar em branco ajudará ao poder econômico e o eleitor continuará sendo mero coadjuvante.

Obs: Quem deseja o adesivo (Tamanho 10 por 35) para carro é só solicitar enviando o endereço completo com CEP para: WhatsApp do Blog (79) 99890 2018 ou para o E-mail: claudionunes@infonet.com.br

 

Adesivo para veículos (Tamanho 10 por 35)

PELO TWITTER

www.twitter.com/acarlosmota O Brasil espera que a “seleção ” tenha aprendido com a CROÁCIA o que é: entrega, garra, determinação, vontade de vencer amor por sua pátria.

 www.twitter.com/anterogreco E os ingleses, coitados, justificando a zoeira, segundo a qual “inventaram todos os esportes e não são bons em nenhum”.‏

 www.twitter.com/Diogoringenberg  Escolha e nomeações de cargos do judiciário por parte do executivo e legislativo deveriam ser instrumentos de um salutar sistema de freios e contrapesos. Acontece que no Brasil este mecanismo revela-se mal dimensionado e disfuncional. Precisa    ser revisto.

  Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia

“Mais afronta a mesura de um adulador, que uma bofetada de um inimigo.” Padre Antônio Vieira.

Comentários