Blogs

Díjna Andrade Torres

Díjna Torres é jornalista, doutora em Antropologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), mestra em Sociologia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), especialista em religiosidades e cultura afro-brasileiras e estudos de gênero.

Pausa para a licença

A licença maternidade é um direito garantido pela Constituição federal, mas poucas pessoas ainda reconhecem a sua importância para além do que os empregadores chamam de ônus pelo afastamento de suas trabalhadoras. Esse período surgiu no…

Vamos parar com o mimimi!

Quem nunca foi chamada de mimizenta não está militando direito! Pois é, o tal do mimimi virou sinônimo de frescura, de reclamação sem fundamento e drama. Para quem acusa, o mimimi é uma fala exagerada sobre uma situação dolorosa…

Ditadura nunca mais!

No dia 31 de março, grupos se manifestaram em celebração ou repúdio ao período da Ditadura Militar no Brasil. Em conversa com colegas de escola, relembramos o quanto a educação era simplificada em nossa época, com foco em decorar os…

O trabalho dignifica o…Trabalho

No século XVIII, com a Revolução Industrial iniciada na Inglaterra, a humanidade viveu uma grande transformação em seus modos de produção, além de, consequentemente, consolidar o modelo capitalista. Trabalhadores foram substituídos pelas…

Mea Culpa, Nostra culpa

Em Sergipe só se fala em lockdown, economia ruim, aumento dos leitos em hospitais. A culpa é do governador, do prefeito, do presidente, da polícia, de todos que fazem parte do poder público e que, segundo muitos, não estão fiscalizando…

Vender ou viver, eis a questão

Eu sempre gostei de uma boa discussão, uma argumentação baseada em fatos, dados, aquele diálogo que instiga, que faz pensar de maneira inteligente e sagaz. Eu gosto da perspectiva de trocar com quem pensa diferente, porém, pensar diferente…

O mercado da gratiluz

Na última década as técnicas e os rituais de cura têm ganhando versões de todos os tipos. A busca por métodos não ocidentais, manipulação de ervas, meditação, cura xamânica, pajelança, benzedeiras, rezadeiras, jurema, santo daime, e a…

Toda maternidade é real

Desde que as expressões “raiz” e “Nutella” surgiram nas redes sociais, as pessoas passaram a classificar de forma recorrente o que parece ser algo verdadeiro e o que parece ser falso ou forçado. A expressão ‘raiz’ é utilizada para…

O massacre dos povos originários

Essa semana morreu Aruká Juma, líder indígena, cuja família é última sobrevivente do povo Juma, etnia do tronco linguístico Tupi Kagwahiva. O povo Juma sofreu um massacre na década de 60, ao se defender da invasão de suas terras por…

Não esqueça de Exu no Carnaval

Anos pandêmicos são mesmo atípicos. Festas coletivas canceladas, rituais religiosos reduzidos, eventos de trabalho de maneira virtual. No país da folia, até o Carnaval entrou em recesso. Mas como o Brasil é um país que não se leva a sério,…

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais