10 milhões foram gastos na reforma da Assembleia Legislativa

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Foi inaugurada a reforma da fachada (e de parte do anexo) da Assembleia Legislativa de Sergipe, obra que foi iniciada com a previsão de gastos de R$ 6.953.135,38 e que chegou à marca de R$ 9.708.502,00 segundo o 6º termo de aditivo contratual 22/2018.

A obra faraônica aparece como contraste em um Estado que tem suas rodovias em péssimas condições de conservação.

Não teria sido mais prudente se o Presidente do Poder Legislativo fizesse uma doação deste montante aos cofres do Estado para que rodovias pudessem ser recuperadas? Por exemplo, várias rodovias da Região Agreste, onde o presidente Luciano Bispo tem seu reduto eleitoral estão em péssimo estado, inclusive algumas com diversos acidentes fatais semanalmente.

O legislativo de Sergipe com o caso das subvenções foi desnudado e não tem credibilidade perante a sociedade sergipana. No momento de crise deveria mostrar austeridade e deixar a pompa e a vaidade em segundo plano em respeito aos sergipanos.

 

ESPECIAL – ARTIGO

Vida que segue.Por Nilson Socorro*

Se o grito não foi ouvido, o tiro rompeu o silêncio dos que não escutaram o angustiante clamor do empresário Sadi Paulo Castiel Gitz, 70 anos, proprietário da Cerâmica Escurial, no fechamento da sua empresa. Entre o grito e o tiro, 49 dias de penumbra e solidão, uma eternidade angustiante para o autor, uma efemeridade silenciosa para os que se fizeram moucos.

Em 15 de maio, depois de lutar embalde no penoso processo de recuperação judicial para não enterrar seu sonho, a grande realização de sua vida empresarial, o engenheiro mecânico gaúcho que em Sergipe ousou ser também industrial, quedou-se ao agravamento das adversidades do negativo cenário político-econômico pós-eleições de 2014, e anunciou a morte de sua empresa.

A Cerâmica Escurial, inaugurada há 26 anos, no município de Nossa Senhora do Socorro, iniciava o que eufemisticamente passou-se a rotular de hibernação. Hoje, há exatamente dois meses, no dia 04 de julho, com um tiro na boca, Sadi jogou a toalha também para a vida. Ato extremo e surpreendente, na abertura de simpósio nacional para discutir as potencialidades de Sergipe a partir do anúncio da descoberta de grandes reservas de gás natural. Suicídio público, diante de centenas de pessoas, entre as quais, expressivas autoridades administrativas, políticas e lideranças empresariais, incluindo o ministro Bento Albuquerque, das Minas e Energia e o governador do Estado, Belivaldo Chagas, que acabara de se pronunciar e para quem o desesperado suicida dirigiu as suas últimas palavras: “governador, o senhor é um grande mentiroso”.

Foi o epílogo da trama não planejada para quem vencido pela grandiosidade da crise, não enxergou mais sentido na continuidade do criador sem a sua criatura. Acompanhei a distância o calvário de Sadi e sua família para manterem viva empresa que gerava centenas de empregos e impostos. Nos últimos anos, mediei na Superintendência Regional do extinto Ministério do Trabalho, o processo de negociação dos acordos coletivos de trabalho entre o sindicato representativo dos trabalhadores em cerâmica e a Cerâmica Escurial, com frequência representada pela advogada Renata Vasconcelos, filha do Sadi. Era constrangedor assistir a impotência decisória da empresa limitada pelo processo de recuperação judicial. Resistiu brava e penosamente. Tentou, sem êxito, superar a persistência da crise econômica, acentuada ainda mais pelos reclamados exorbitantes preços do gás natural praticados pela Sergás.

Uma empresa quando fecha não acaba apenas o negócio e a ocupação do seu dono, mas, principalmente, o trabalho dos seus trabalhadores, e o trabalho como cantou Gonzaguinha, em Guerreiro Menino, é a honra do homem, pois, “sem o seu trabalho, o homem não tem honra”. Mas, o fechamento de uma empresa representa também o fim dos impostos gerados pela produção e circulação de mercadorias que mantêm a máquina estatal e custeiam a execução das políticas públicas, assim como, a oportunidade de geração de novos negócios e mais empregos diretos e indiretos. Infelizmente, essa nem sempre parece ser a percepção.
A indiferença ao grito, denunciada no tiro suicida, não foi um privilégio exclusivo do empresário do gesto fatal. Desde 2014 que acompanho o agravamento do drama de empregados e empregadores. Assisti, em mesas de negociação, o sofrimento de operários instados a aceitar redução de salários sem nem a garantia mínima da empregabilidade. Assisti, também, empregadores prestadores de serviço e fornecedores de produtos ao poder público, confessarem desfazimento de patrimônios para pagamento de salários ou verbas rescisórias no fechamento de empresas, enquanto o estado inadimplente passivamente postergava a liquidação das faturas dos seus contratados.

Um dia, não muito distante, desse persistente marasmo econômico, na sala de espera do gabinete de um administrador público, presenciei uma cena deprimente. Um grupo de empresários aguardava atendimento. Alguns chegaram ali desde o início do expediente e já se aproximava do final da manhã. Receberam só água, cafezinho e gentileza das atenciosas secretárias. Entrei, tinha encontro marcado e, na saída, ouvi a chefe de gabinete comunicar que eles não seriam recebidos. O gestor saíra pela porta estratégica usada contra visitantes indesejáveis. Naquele dia, nessa condição, estavam àqueles empresários que largando o gerenciamento de seus negócios, foram também, sem qualquer esperança, ali largados depois de se submeterem ao constrangimento da humilhante espera.

Dias antes de Sadi Gitz surpreender a todos, um empresário, integrante de uma família tradicional do setor industrial, anunciou o fechamento de sua empresa e a demissão de quase 300 trabalhadores. Assim como aconteceu a Escurial, não se viu qualquer gesto de solidariedade, muito menos qualquer ação estatal para tentar a reversão dentro dos limites do poder público. Ao anúncio, um gestor, felizmente não vinculado a gestão econômica e tributária do Estado, provocado a se pronunciar sobre o tema em entrevista à imprensa, lamentou o ocorrido, mas, tergiversou ao alegar que a empresa era um negócio privado no qual o estado não tinha como intervir.

Simultâneo ao período do fechamento da Escurial, que resultou na demissão dos últimos 200 trabalhadores, Sergipe sofria não só as consequências negativas da hibernação da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados, como também, as demissões de centenas de operários de empresas de Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Aracaju.

Da velha capital, uma média indústria de confecção vem há anos heroicamente lutando para continuar sobrevivendo ao processo de recuperação judicial. Em Aracaju, uma tradicional indústria têxtil, premida pela crise que a fez impor aos seus trabalhadores até acordo coletivo de redução salarial, não resistiu e fechou. Outra do mesmo setor, sequer conseguiu pagar a primeira parcela para fechamento de acordo coletivo de parcelamento de verbas rescisórias de dezenas de trabalhadores demitidos. Em meio ao processo de negociação, os operários ficaram sabendo que o empregador estava não só sem fundos, como também, sem energia, pois, pela inadimplência a eletricidade fora cortado e a empresa terminou também fechando em Aracaju.

O tiro apocalíptico de Sadi, naquele trágico 4 de julho, não denunciou apenas o fim da Cerâmica Escurial, fabricante de pisos e revestimentos que solidariamente continuam assentados em dezenas obras sociais, silenciosamente por ele doados. A crise é tão grave que só nos sete primeiros meses deste ano, segundo dados da Junta Comercial, 1.744 empresas fecharam em Sergipe, 6% a mais do que no mesmo período do ano anterior que já foi crítico. Mas, fazer o quê? Como disse o governador do Estado, diante do corpo sem vida do empresário suicida: vida que segue.

*Nilson Socorro é jornalista, professor e advogado.

NOTAS

O Dia de Sadi: 4 de Julho. Empresários pensam em usar a data como evento anual para refletir sobre Sergipe Hoje, 04, fazem dois meses do ato, não desesperado, mas consciente e de um simbolismo muito forte para mostrar de uma maneira terrível o que se passa na relação entre o governo de Sergipe e a maioria do empresariado sergipano que cumpre com suas obrigações. Sadi Gitz não morreu em vão e por isso alguns empresários pensam em consolidar o dia 4 de Julho como o Dia de Sadi, de reflexão para a classe com um evento anual de palestra e debate pelo desenvolvimento de Sergipe. Num país desenvolvido, este episódio, no mínimo faria o governante não renunciar, mas assinar o atestado de incompetência que seria mais digno. Nem isso! Vida que segue…

Liminar é deferida em Ação Popular para suspender o pagamento de adicionais a diretores da EMGETIS  Segundo a ação, ajuizada pelo senhor João Augusto Botto Nascimento, representado pelo advogado Ludwig Oliveira Júnior, os adicionais foram instituídos e pagos à revelia da legislação em vigor sem o aval do CRAFI e parecer da PGE que sempre têm o dever de opinar e avalizar todas as decisões que gerem aumento de despesas. Se condenados, os requeridos terão que devolver aos cofres públicos mais de 500 mil reais. O processo está tombado com o número 201910300436 e tramita na 3ª vara cível de Aracaju.

Anunciar endividamento da Prefeitura é algo bom para os aracajuanos? O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, aumentou em mais um degrau o endividamento do município. E anunciou isso nas redes sociais como de fosse algo bom para os aracajuanos. Endividamento da Prefeitura e do governo estadual é uma tônica dos últimos governos.

Recursos próprios Notícia boa para os aracajuanos seria o prefeito informar que estará iniciando investimentos na capital do estado de Sergipe, com recursos próprios, em razão da economia promovida no gasto com o dinheiro do contribuinte.

Processo de Belivaldo Chagas junto ao TRE/SE O advogado Ludwig Oliveira Jr. especialista em Direito Eleitoral fez uma excelente abordagem didática a respeito do julgamento do processo de Belivaldo Chagas junto ao TRE, através dos aspectos técnicos, possibilidades e consequências jurídicas. O Vídeo publicado nas redes sociais:

 

 

Simão Dias: ao invés de explicar compra de ares-condicionados, presidente da Câmara processa radialista O radialista Rogério Amaral, de Simão Dias, cobrou no rádio e pela Internet ao presidente da Câmara municipal, Jorge de Lourival, informações detalhadas sobre a compra de ares-condicionados. Ao invés de receber as informações, o vereador resolveu processar o profissional de imprensa. O Sindicato dos Radialistas precisa se pronunciar.

Matéria do site Hora News.

 

TCE e os ex-deputados Circulam em Sergipe comentário de que alguns ex-deputados para chegar ao Tribunal de Contas de Sergipe – TCE/SE tiveram muito trabalham. Se verdade ou mentira, o fato é que ninguém nunca teve coragem de apresentar as provas. Mas se for considerado que se trata de uma prática verdadeira, teremos que admitir que de forma inteligente, a ex-deputada Sílvia Fontes, aceitou receber um salário menor, mas encontrou uma fórmula muito mais rápida e menos desgastante para compor o quadro da tão almejada Corte.

Interferência em um Conselho de Segurança E o blog foi informado – inclusive com áudios de alguns dos envolvidos – que num município importante de Sergipe tem um vereador interferindo, ou melhor, mandando nos conselheiros inclusive atuando como se fosse polícia. O caso já chegou a uma autoridade do MPE.

Ação da ABIH é destacada por deputado Eleito secretário de Turismo e Desenvolvimento Social da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (UNALE), o deputado estadual Luciano Pimentel abordou nesta terça-feira, 3, aspectos relacionados ao cenário do turismo brasileiro e sergipano.

Dados Em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o parlamentar apresentou alguns dados do setor turístico, citando o número de chegadas de turistas, os destinos mais visitados, os principais motivos da viagem, o tipo de hospedagem escolhido e o tempo médio de permanência no país.

Percentual Com base em informações do Ministério do Turismo, Luciano Pimentel pontuou que mais de 37% dos turistas que desembarcam no Brasil são da América do Sul, sendo a maioria argentinos. Já os visitantes de países europeus representam cerca de 16, 2%.

Insignificância “Diante das potencialidades turísticas do Brasil, podemos perceber que entre 2017 e 2018 tivemos um acréscimo insignificante no número de turistas que visitaram o país. Fomos de 6,59 milhões em 2017 para 6,62 milhões no ano passado. Isso mostra que ainda precisamos evoluir nesta área”, considerou.

Alternativas O parlamentar, que desde o primeiro mandato pauta essa temática, afirmou que intensificará sua participação nas discussões sobre o setor. “Irei me inserir nessa política e darei minha contribuição estudando, ouvindo propostas e levantando informações, através da Secretaria Nacional de Turismo e Desenvolvimento Social da Unale, para encontrar alternativas que auxiliem a expansão do setor turístico. Acredito que dessa forma estaremos também proporcionando melhores condições de vida para nossa gente”.

Alexandra Brito receberá Título de Cidadã Aracajuana nesta quarta Uma justa homenagem será prestada hoje, 04, a partir das 16h, no plenário da Câmara Municipal de Aracaju a jornalista itabaianense radicada há muito tempo em Aracaju, Alexandra Brito. A homenagem é de autoria do vereador Elber Batalha subscrita por todos os vereadores.

Cartão Mais Aracaju Escolar: taxa abusiva de recarga de R$ 4,00 quando é pago no débito A SMTT precisa fiscalizar e coibir o Setransp – que gerencia o sistema de cartão escolar – de cobrar R$ 4,00 quando a recarga é feita através do serviço de débito online. Se for em dinheiro o valor é de R$ 0,40. Qual o motivo? Como chegaram a este valor absurdo que tira dos estudantes duas passagens?

Relatórios da coleta seletiva do Lixo de Aracaju O vereador Elber Batalha (PSB) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para pontuar alguns temas, dentre eles, em relação à coleta seletiva de lixo. Segundo o parlamentar, a forma como os resíduos diários produzidos pela população estão sendo descartados, não estão sendo enviados para os vereadores de Aracaju, como está na lei.

Relatórios trimestrais Ele citou a lei n*3.332/2005, que determina que os vereadores em exercício devem receber, trimestralmente, os relatórios sobre a execução da coleta, tratamento e destinação final do lixo da Cidade. “Veja que ironia, essa lei foi editada por Marcelo Déda e que tinha Edvaldo Nogueira como secretário de governo. Nenhum vereador recebeu nenhum relatório desde quando o prefeito assumiu o comando da Prefeitura de Aracaju. Essa é a forma como Edvaldo Nogueira trata este parlamento”, questionou.

Representação O oposicionista disse que irá enviar um requerimento a Emsurb solicitando todos esses dados. “Caso não seja enviado à este parlamento no prazo legal, nós vamos apresentar uma representação no Ministério Público Estadual, na Procuradoria do Meio Ambiente porque isso é um desrespeito ao papel dos fiscalizadores do papel do executivo, nossa primeira premissa como parlamentar”, finalizou.

Riachuelo: prefeitura assina convênio e servidores terão acesso ao Ipesaúde A prefeita de Riachuelo, Cândida Leite, e o presidente do Ipesaúde, Christian Oliveira, assinaram ontem, 03,  convênio que permite a adesão dos servidores públicos municipais ativos (efetivos/comissionados) e inativos, e seus respectivos dependentes ao Ipesaúde. Esta é mais uma conquista da atual gestão municipal, que valoriza os trabalhadores e tem compromisso com a população.

Rede credenciada O funcionário público municipal que desejar fazer a adesão terá uma ampla rede credenciada para atendimento médico e odontológico, mediante contribuição mensal. “Com muita alegria, assinamos na manhã de hoje o convênio com o Ipes. Dessa maneira, os servidores ativos e inativos da Prefeitura terão ainda mais acesso a médicos e dentistas, além dos que já são oferecidos pela rede municipal de Saúde. Sem dúvida, essa grande conquista não é só minha, mas de todos os trabalhadores que se dedicam diariamente para servir à população de Riachuelo”, frisou a prefeita.

Adesão É importante ressaltar que os servidores interessados já podem fazer a adesão ao Ipesaúde, munidos dos documentos necessários, mas atenção:  a adesão dos dependentes só poderá ser feita pelo titular. Para outras informações, acesse:http://ipesaude.se.gov.br/ipesaude/pagina.aspx?id=223. Contate o Ipesaúde também pelas redes sociais: instagram: @ipesaude, facebook.com/ipesaude, twitter: @ipesaudeSE

Detran/SE realiza 61º Leilão de Veículos nos dias 13 e 14 A 61ª edição do Leilão de Veículos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SE) será realizada nos dias 13 e 14 de setembro. O evento acontece a partir das 8h30, no pátio da empresa Barradas e Queiroz, concessionária da autarquia, localizado na BR-101, KM 94, em Nossa Senhora do Socorro. Nesta edição, serão ofertados 615 bens, sendo 175 na condição de recuperável e 440 como sucata.

Bens Estão sendo disponibilizados para arremate 559 motocicletas e 56 carros. A visitação dos bens se dará no período de 10 a 12 de setembro de 2019, no horário das 9h às 12h e das 14h às 16 horas, no pátio da empresa Barradas e Queiroz. Os interessados podem também visualizar as fotos e descrições de cada lote pelo site: www.barradasequeiroz.com.br.
Cadastro Para as duas modalidades do leilão (presencial e eletrônica), é necessário que a pessoa realize o cadastro no site da organizadora ou no dia do evento. Entretanto, é necessário apresentar os documentos comprobatórios: pessoa física – Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência; pessoa jurídica – CNPJ, contrato social (até a última alteração) ou Declaração de Firma Individual, RG e CPF do representante legal ou do preposto da pessoa jurídica. Para outras informações, ligar para a empresa Barradas & Queiroz, pelo telefone (79) 3024-8460.

Tumores Gastrointestinais O oncologista da Onco Hematos, André Peixoto, apresentou para a equipe multidisciplinar da clínica os novos estudos sobre tratamentos de Câncer Gastrointestinal, que foram destaques nos congressos da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (Asco) 2019 e da Sociedade Europeia de Oncologia Médica (Esmo). A palestra ocorreu na noite de quarta-feira (28) após a reunião clínica. “Fizemos um levantamento do que foi apresentado na Asco com relação ao tratamento dos tumores gastrointestinais, tanto o gastrointestinal baixo, que são os tumores de cólon e reto; e o gastrointestinal alto, que são tumores no estômago, esôfago, trato biliar e pâncreas”, explicou Dr. André.

Tumores Gastrointestinais II De acordo com o oncologista, os estudos trazem novos tratamentos principalmente para as neoplasias em estágios avançados. “Nós sabemos que o tratamento do Câncer Colorretal vem mudando nos últimos anos e vamos em busca de terapias que possam melhorar a qualidade de vida dos pacientes que tem doença avançada. Temos conceitos bem consolidados sobre o tratamento das neoplasias nos estágios iniciais, mas o conhecimento e a incorporação de novas terapias na doença avançada têm impacto na qualidade de vida dos pacientes e melhora a sobrevida”, afirmou.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Coletiva de Imprensa A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizará coletiva de imprensa hoje, 04, às 7h30, no auditório do Centro Administrativo, onde será divulgado o novo Informe Epidemiológico da Dengue e do Sarampo. Na apresentação, a diretora de Vigilância em Saúde da SES, Mércia Feitosa, apresentará os dados atuais de casos em Sergipe.

Sobre os manguezais em Aracaju De um leitor atento: “Os manguezais e mercado imobiliário de Sergipe praticam uma relação perversa, por parte do desenvolvimento urbano. As áreas de preservação são aterradas de forma estratégica. Primeiro há uma invasão com um simples barracão. A seguir mais dois, e três e mais 100. Durante o processo de aterramento, os órgãos que devem fiscalizar não fazem e agem com o fechar dos olhos: MPE, PMA, IBAMA. Após aterrado e destruído as áreas de preservação é hora de expulsar aos “invasores”. Invasores expulsos é hora de doar, de construir ruas, avenidas, e quem mais gosta da situação, o mercado imobiliário. Foi assim nos jardins, na formosa, no Porto Dantas e em toda Aracaju.”

 Ocupação irregular no centro de Aracaju De um cidadão e pedestre: “Na Rua de São Cristóvão, entre as ruas Itabaianinha e Santo Amaro, de um lado ponto de táxi e de outro vários carros e bancas de frutas paradas, apesar da placa de proibido. Basta a SMTT multar os veículos e a Emsurb notificar os ambulantes irregulares.”

Construtora Celi celebra Dia do Corretor Comemorado no dia 27 de agosto, o Dia do Corretor foi marcado por celebrações na Construtora Celi. Para homenagear aqueles que contribuem para a realização do sonho de adquirir um imóvel, a Celi fez uma animada semana da pizza para os corretores parceiros, deixando o fim de tarde das equipes ainda mais gostoso e especial. Parabéns aos corretores!

 

Em evento na Barra, Toinho da Toyota é saudado como “nosso futuro prefeito”  Deu no blog A Barra é Notícia: “O vereador e líder do Prefeito na Câmara Municipal da Barra dos Coqueiros, Toinho da Toyota  (MDB), participou, na tarde do sábado, 31 de agosto, do grande evento religioso promovido pelo Bloco SEGUE-ME, da Igreja Católica do município. O Evento teve um Arrastão saindo da Praia da Costa até o centro da cidade. O vereador participou do evento, assim como o Prefeito Airton Martins, o deputado estadual, Adailton Martins, os vereadores: Aracê Pereira, Wilson Bernardes, Alberto Macedo e a vereadora Iracema Albuquerque, como também o presidente da Câmara Municipal, professor Roberto.  Toinho da Toyota destacou o trabalho realizado pelo padre Fabiano e sua equipe no processo de evangelização através de eventos com o realizado “SEGUE-ME”,  que foi criado com a missão de evangelizar os munícipes, em especial os jovens de Barra dos Coqueiros. No momento do discurso do vereador Toinho da Toyota, o vereador Aracê Pereira, no plenário da Câmara Municipal, usou da palavra disse “Esse é o nosso futuro prefeito” se referindo a Toinho da Toyota. E no mesmo instante, Toinho da Toyota, agradeceu as palavras do vereador, muito emocionado.”

 

PELO TWITTER                                                                                                                                       

www.twitter.com/AntonioSamarone A China investe em todos Estados do Nordeste. Sergipe de fora! Por aqui, nada? Nenhum projeto, nenhuma esperança…

www.twitter.com/rguilhermeds Eu me recuso a acreditar que pessoas como Edir Macedo realmente acreditam em algum Deus.

www.twitter.com/Antonio_Doria Aracaju e uma Cidade da Paz? Em menos de duas Semanas uma Criança Morta a Tiros é uma Baleada na cabeça vai para o Atlas da Violência?

www.twitter.com/adc_confianca A torcida pediu e a diretoria atendeu. Teremos transmissão ao vivo do jogo de volta contra o Ypiranga no Batistão. O evento ocorrerá no pátio de entrada das cadeiras brancas Os ingressos são limitados (apenas 1.000) e começam a ser vendidos hoje a partir das 14h.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“A adversidade leva alguns a serem vencidos e outros a baterem recordes.” William Arthur Ward.

Comentários