250 quilômetros de novas rodovias em SE

0

 

 

Entre os principais gargalos enfrentados pelo governador Marcelo Déda no início do atual governo foi a área de infraestrutura, onde não por culpa do gestor de então, teve que enfrentar um boicote silencioso por conta da mudança de atitude, principalmente no que se refere a seriedade no andamento das licitações para obras em todas as áreas. Vícios fortemente enraizados no poder público, quando são cortados (seja em que esfera for), o gestor tem que ter consciência que o boicote será feito até que todos tenham consciência que algo mudou.

 

Entre as áreas que vêm dando resultado positivo no atual governo, a secretaria da Infraestrutura, cuja equipe é comandada pelo engenheiro Valmor Barbosa, vem dando resultados concretos, literalmente. A vantagem é que Valmor não tem pretensões política e é um técnico que mostrou competência à frente da Emurb e chegou ao primeiro escalão num momento delicado do atual governo. E dentro da realidade que encontrou conseguiu mostrar, não só eficiência, mas ações em todo o Estado.

 

O governo está investindo alto na implantação de novas rodovias. Todas elas antigas reivindicações das comunidades prometidas por vários governos. Após o período chuvoso as obras retomaram e somente de indenizações, através do DER, o governo já pagou em torno de R$ 12 milhões nos últimos anos. E o governo necessitará de novo aporte para novas indenizações. São 15 novas rodovias e ao todo cerca de 250 quilômetros.

 

E como entre a uma dúzia de leitores deste espaço, alguns estão espalhados por diversos municípios o blog resolveu fazer um levantamento das rodovias que estão sendo implantadas e recuperadas que devem ser entregues nos próximos meses. Algumas delas, conforme conversa com o secretário Valmor Barbosa (É bom que o leitor guarde para depois cobrar a Valmor):

 

15 Novas rodovias em implantação (eram apenas estradas de piçarra)

 

– Vaca Serrada a Niterói (Porto da Folha) a única que não teve problema com as chuvas, mas por conta da região rochosa. São 32 quilômetros que estão prontos faltando apenas a sinalização. Deve ser inaugurada nas próximas semanas.

 

– Carira a Nossa Senhora da Glória. São 46 quilômetros com uma ponte sobre o rio Sergipe. Entrega em novembro deste ano.

 

Rodovia em execução com 6 quilômetros (metade já pronta) ligando o povoado Rita Cacete em São Cristovão a sede do município.

 

– Do povoado Pontal ao povoado Convento (Indiaroba) em execução, depois da paralisação por conta das chuvas. São 8,5 quilômetros e deve ser entregue em fevereiro de 2011.

 

– Na mesma região, do povoado Castro (Estância) a Santa Luzia está licitada e em fase inicial a nova rodovia com 7,5 quilômetros. Ainda na região tem a ponte Gilberto Amado que deve ser entregue em outubro de 2011. Das 160 estacas previstas em projeto já foram cravadas 136.

 

– Santana do São Francisco (Antiga Carrapicho) ao povoado Saúde. Em fase de terraplanagem. São 6 quilômetros. Entrega em janeiro de 2011.

 

– Siriri a Divina Pastora. Em fase de execução, são 10 quilômetros. Entrega em fevereiro de 2011.

 

– Santa Rosa do Ermírio a Sitios Novos (ambos Poço Redondo), cerca de 28 quilômetros. Entrega em Março de 2011.

 

– Rosário do Catete a General Maynard. Cerca de 12 quilômetros, com a necessidade de relocação de redes da Petrobras e da Vale. Entrega em março de 2011.

 

– Itabaianinha a Tomar do Geru. São 16 quilômetros cuja terraplanagem já em fase bem adiantada. Fevereiro de 2011.

 

– Povoado Miranda a sede do município de Capela. São 16 quilômetros que devem ser inaugurados em janeiro 2011.

 

– Canhoba a Aquidabã. São 20 quilômetros que devem ser entregues em março de 2011.

 

– Povoado Alagadiço a sede do município de Frei Paulo. São 7 quilômetros que devem ser entregues em novembro deste ano.

 

– Povoado Montes Coelhos (Tobias Barreto) a Poço Verde. São 14 quilômetros em execução, que serão entregues no final de dezembro.

 

– Indiaroba a Umbaúba. São 26 quilômetros que devem ser entregues em março de 2011. Já estão prontos 16 quilômetros do asfalto de Umbáuba até a Colônia de Sergipe (destes 16, 6 já estão para receber a última camada de asfalto).

 

Restauração com alargamento – Saindo da BR-101, passando por Cedro de São João, entrada de Propriá, Telha, Canhoba, Lourdes, Amparo até Gararu. E outra rota de Gararu, Itabi, Graccho até Feira Nova. Em torno de 110 quilômetros que devem ser entregues até fevereiro de 2011.

 

Valmor lembrou ainda que o governo restaurou (com alargamento) algumas rodovias, como a Rota do Sertão e  a Lourival Batista (Lagarto), além da duplicação da rodovia João Bebe Água (São Cristovão) e Colonia Treze. Tem também a ponte em Riachuelo, sobre o rio Sergipe, num investimento de R$ 3 milhões, numa parceria com a Petrobras.  

 

Será restaurada também a rodovia da entrada de Santo Amaro (BR-101) até o porto. São cerca de 24 quilômetros numa parceria com a Petrobras. Também em convênio com a Petrobras será rejuvenescida a pavimentação da rodovia da Barra até Pirambu, com 28 quilômetros, além da iluminação e sinalização.  

 

Déda e os traíras I

No discurso que fez na última quarta-feira, na plenária realizada com lideranças em prol da campanha de Dilma, o governador reeleito Marcelo Déda disse que não tem nenhum motivo para estar chateado com prefeitos e lideranças que saíram as ruas para pedir votos para ele, mas que ele perdeu no município.

 

Déda e os traíras II

Marcelo Déda falou que quando a liderança é séria, faz parte do jogo eleitoral ganhar ou perder. O que ele não admite são os “traíras” (ele usou este termo) que diziam votar com ele e na verdade, ou fizeram corpo mole, ou votaram com o adversário. Estes “traíras”, que segundo Déda estão devidamente identificados, serão tratados à partir de agora como adversários, com respeito, mas como adversários.

 

O Poderoso Chefão

O titular deste espaço resolveu voltar a ler “O Poderoso Chefão”, de Mario Puzo, que deu origem ao clássico dirigido por Coppola. Não se sabe porque “cargas d`àgua” este jornalista resolveu ler não apenas este livro, mas outros sobre histórias de mafiosos. Com certeza não é para escrever sobre a política atual de Sergipe, já que aqui, na terrinha, não existe mafiosos, muito menos irmandade do crime.

 

15 de outubro: Dia do Professor

“A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida”. John Dewey.

 

MP pretende punir ex-prefeito de Aquidabã I

O MP/SE através do Promotor de Justiça de Aquidabã, Paulo José Francisco Alves Filho, ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-prefeito do município de Aquidabã, Eurico de Souza Filho, pelo fato de durante sua gestão de 08(oito anos) ter deixando dívidas para o seu sucessor sem a reserva financeira correspondente.

 

MP pretende punir ex-prefeito de Aquidabã II

Foi apurado em procedimento administrativo que o ex-gestor de Aquidabã, Eurico de Souza Filho não honrou o pagamento do décimo terceiro salário dos anos  de 2007 e 2008 de uma parcela de servidores públicos, além, de não efetuar o pagamento durante toda a sua gestão (08) anos, do terço ferial de praticamente toda integralidade dos servidores públicos municipais.

 

MP pretende punir ex-prefeito de Aquidabã III

Salienta o Promotor de Justiça, Paulo José Alves, que a Lei de Responsabilidade Fiscal veio tentar evitar atitudes de alguns gestores em final de mandato, os quais deixavam de pagar os direitos sociais dos servidores públicos e consequentemente, oneravam ilegalmente a administração de seu sucessor e constrangiam os  servidores com meses de salários em atraso. Registra-se que a ação civil pública visa além da punição do então prefeito municipal de Aquidabã o ressarcimento de todos os valores não honrados pelo citado gestor.

 

Nomeação de Ulices

O decreto de nomeação do deputado estadual Ulices Andrade no cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado foi assinado na tarde de ontem, 14, pelo governador Marcelo Déda. Indicado por unanimidade entre os demais parlamentares da Assembleia Legislativa, o novo membro da Corte de Contas sergipana irá ocupar a vaga oriunda da aposentadoria do conselheiro Antonio Manoel de Carvalho Dantas. A posse de Ulices será no dia 4 de novembro.

 

O Francis Kleber, da GS

Na época da Gazeta de Sergipe sob a batuta do jornalista Orlando Dantas, Ivan Valença por um longo período foi a querida e simpática Leilinha Leite – colunista Social. A ela, juntou-se Francis Kleber que fazia os prognóstico da Loteria Esportiva para a editoria de Esporte da GS. E o Francis Kleber era simplesmente o jornalista Mílton Alves. Certo dia Orlando Dantas perguntou a Ivan Valença quem o Francis Kleber e ouviu como resposta: um francês, matemático e que gosta muito de loterias. Orlando reagiu: esse moço deve ser louco, deixar Paris para vir a Aracaju. Só um louco. Ivan Valença contou esse diálogo em uma mesa no já fechado Bar do Pinto – vizinho à Gazeta. Todos na mesa riram, entre eles Leilinha Leite e Francis Kleber.

 

Esclarecimentos dos Correios

Da assessoria de Comunicação dos Correios em Sergipe: ““É improcedente a informação de redução de gastos por parte da Direção Regional. A motocicleta é utilizada para distribuição em logradouros de baixa densidade e com percorridas muito longas. Fatores que atualmente não se aplicam as áreas mencionadas. No passado, as motos nessas áreas eram utilizadas, principalmente, para o deslocamento do Carteiro para o inicio do distrito, porque o Centro de Distribuição Domiciliária – CDD, era no Distrito Industrial de Aracaju. Atualmente o CDD está localizado ao lado do Terminal da Atalaia, tornando a motocicleta completamente dispensável, sem qualquer prejuízo a atividade de Distribuição”.

 

SMTT libera trânsito na avenida Euclides Figueiredo

 A SMTT acaba de liberar o trânsito de veículos na avenida Euclides Figueiredo no trecho entre a rua Serafim Bonfim e avenida Benjamim Constant.                                     O trecho ficou interrompido a circulação de veículos durante 23 dias, para obras executadas pela Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (Cehop), no canal que passa pela área. A SMTT sinalizou todo o trecho e orientou condutores a circularem pelo desvio.

 

Olivier cobra explicações do prefeito

Em discurso na Câmara de Itabaiana, o vereador Olivier Chagas (PT) cobrou do prefeito Luciano Bispo uma justificativa pela exoneração da então secretária de Saúde Municipal Lourdes Machado, que, até então demonstrou total capacidade de gestão no desempenho de suas funções a frente da Secretaria Municipal de Saúde. “Ao exonerar a secretária e vice-prefeita Lourdes Machado, o prefeito deveria vir a público e justificar sua decisão, afinal, se trata de uma pessoa pública e de notoriedade em nossa sociedade, tal feito cessaria os diversos questionamentos de sua ação. Não podemos ficar a margem das decisões do prefeito, afinal, como cidadãos temos o direito de saber o que realmente motivou a exoneração, pois, se a secretária vinha correspondendo ao cargo até as vésperas das eleições, e, se não há nenhuma irregularidade em sua conduta, porque da dispensa?” questionou Olivier.

 

Projeto do TJSE é destaque em seminário nacional I

O Projeto Controle Eletrônico de Réus Presos, elaborado pela Diretoria de Modernização e desenvolvido pela Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça de Sergipe foi destaque no II Seminário da Justiça Criminal promovido pelo Conselho Nacional de Justiça, entre os dias 06 e 08 de outubro. O projeto do Judiciário de Sergipe foi um dos seis selecionados entre as principais práticas operadas pelas Corregedorias Gerais nos estados a partir de um plano de gestão.

 

Projeto do TJSE é destaque em seminário nacional II

O Projeto Controle Eletrônico de Réus Presos tem entre as principais funcionalidades o gerenciamento permanente das unidades judiciárias sobre o tempo, local, natureza da prisão e último movimento de cada réu preso sob sua jurisdição; a transferência automática dos dados prisionais ao Cadastro Nacional de Prisões Cautelares e Internações Provisórias do Conselho Nacional de Justiça; o controle, em tempo real, da Corregedoria Geral da Justiça sobre o lapso temporal de todas as prisões sob a alçada dos juízes estaduais; e o envio eletrônico de justificativa à Corregedoria Geral da Justiça após o decurso de três meses sem movimentação.Com a implantação do sistema, o tempo médio de prisão provisória, medido entre os meses de abril e setembro, obteve uma redução de 52,66% e o intervalo de revisão dos processos caiu, em média, de 154 para 25 dias.

 

Memória política

No segundo turno das eleições presidenciais de 1989, Fernando Collor de Mello venceu com 35.089.998 votos, correspondentes a 42,75 por cento. Luiz Inácio Lula da Silva, por sua vez, obteve 31.076.364 sufrágios (37,86 por cento). A abstenção chegou a 15,40 por cento. Foram computados 3.107.893 votos nulos (3,76 por cento) e 986.446 votos em branco (1,20 por cento). Levando-se em conta apenas os votos válidos, Collor alcançou 53 por cento, contra 47 por cento obtidos por Lula.

 

Figuras de SE – Ofenísia Soares Freire

Nascida na cidade de Estância, foi um dos maiores vultos do magistério sergipano em todos os tempos. Começou a lecionar em uma escola municipal estanciana. Tempos depois, mudou-se para Aracaju, onde pontificou no Colégio Estadual Atheneu Sergipense. Mestra respeitada, conselheira e amiga dos seus alunos, aliava ao profundo conhecimento do idioma pátrio uma excepcional didática que facilitava o entendimento, por parte dos alunos, do conteúdo que apresentava. Casada com o funcionário público estadual Filemon Freire, a professora Ofenísia também dedicou seu tempo à militância política. Escritora, pertenceu à Academia Sergipana de Letras. Autora, dentre outros, do livro “Presença Feminina em Os Lusíadas”, lançado em 1972, no quarto centenário da grande obra de Luís de Camões. A saudosa professora Ofenísia é mãe do educador Ivan Freire.

 

Fotografia publicitária: 3ª Edição do projeto Conversando Fotografia

 O Trotamundos Coletivo promove nesta quinta-feira, a terceira edição do projeto Conversando Fotografia. Desta vez, a conversa ocorre com os fotógrafos Oliver Garcia e Renata Voss. Os profissionais dialogarão a respeito de suas experiências com a fotografia publicitária e a importância da imagem para a área. A alagoana Renata Voss é publicitária, e atualmente é professora substituta de fotografia na Universidade Federal de Sergipe. Oliver Garcia é publicitário e atua há cerca de oito anos na área, tendo passado pelas principais agências de Sergipe. O Conversando Fotografia começa às 19h no Auditório Marcelo Hora de Araújo, Espaço EMES, a entrada é gratuita.

 

Netinho no programa Linha Direta da FM Sergipe

O locutor Edilson Vieira recebe nessa sexta feira, as 10 horas, o cantor baiano Netinho na FM Sergipe. O astro do axé vai participar do programa Linha Direta, ao vivo, vai responder perguntas dos fãs, dar uma palhinha ao vivo e falar do que veio fazer no fim de semana na capital. Nessa sexta feira ele vai fazer uma trarde de autógrafos seguida de pocket show. Na ocasião ele confirma presença na Odonto Fantasy 2010 com  o lançamento do DVD ” Caixa Mágica” gravado ano passado na capital sergipana.

 

Audiência absoluta

Ainda na FM Sergipe hoje e dia de para o apresentador Adjan Sousa, campeão de audiência por vários anos nas emissoras que atua. Na FM Sergipe Adjan comanda o Show da Manhã na emissora em dois horários. Das 5h00 as 6h00 e das 8h00 as 9h00.

 

PELO BRASIL

 

Conselhos de usuários

Na próxima semana terá lugar, em Brasília, o V Encontro Nacional dos Conselhos de Usuários da CASSI – Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil. Nos dias 20 e 21, os coordenadores dos referidos conselhos estaduais estarão discutindo vários temas, na busca de soluções para os problemas vivenciados pelos assistidos em todas as regiões do país. Milton Oliveira representará Sergipe no citado conclave, na qualidade de coordenador do conselho estadual.

 

Baltazar Garzón

Conforme anunciado, o respeitado magistrado espanhol proferiu palestra, na última quarta-feira, na OAB/RJ. Dentre outros assuntos, defendeu a abertura dos arquivos da ditadura no Brasil. Como se sabe, Garzón foi o responsável pela decisão que redundou na prisão do ditador chileno Augusto Pinochet.

 

OAB Nacional repudia MP

O presidente do Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante, anunciou que a referida entidade vai promover uma campanha contra a MP 507, que versa sobre sigilo fiscal e a consequente atuação de advogados junto à Receita Federal. Segundo o presidente da OAB, a medida atenta contra os direitos da advocacia, quando determina a exigência de procuração pública para permitir a atuação dos advogados. Salientou ainda o presidente da OAB nacional que o assunto será debatido na próxima reunião do pleno do Conselho Federal nos próximos dias 18 e 19 do corrente mês.

 

Encontro da FAABB

No próximo domingo, 17, representantes das associações estaduais de aposentados e pensionistas do BB estarão participando de reunião, que ocorrerá no Hotel Nacional, em Brasília, para tratar de assuntos de interesse da categoria. A coordenação dos trabalhos caberá a Isa Musa de Noronha, presidenta da Federação das Associações. A AFABB/SE será representada por George Ferreira, vice-presidente financeiro.

 

VII Semana dos Aposentados e pensionistas do BB

De 03 a 06 de novembro, será realizada a VII Semana dos Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil, , contando com o apoio das seguintes entidades: AABB Aracaju, AAFBB, AFABB, ANABB, SINDICATO DOS BANCÁRIOS, CASSI, COOPERFORTE e do Banco do Brasil, através da Super/SE.

 

Deserto de Atacama

O resgate dos 33 mineradores, fato acompanhado por todo o mundo, foi, realmente, emocionante. A mina San José fica situada na região do Atacama, o local mais seco do planeta e, ao mesmo tempo, riquíssima em minérios. Com a guerra do Pacífico (1879/1884), o Chile, vitorioso, toma do Peru o referido território. Em consequência, a Bolívia perde sua única saída para o mar. O deserto de Atacama ocupa o norte do Chile, país que é o maior produtor mundial de cobre. O Chile possui o mais estreito território do mundo. Para uma extensão de 4 mil e 300 quilômetros, a largura máxima é de 175 quilômetros. O Chile, assim como o Equador, não faz fronteira com o Brasil. O país está encravado entre a cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico.

 

Aposentadoria

Milhares de trabalhadores brasileiros, quando da aposentadoria, contam apenas com o benefício garantido pelo INSS. Uma saída inteligente é ter um plano de previdência para complementar o salário. Os fundos de pensão, que existem aos milhares nos Estados Unidos, ainda são em pequena quantidade, no Brasil.

 

As redes sociais

Com o crescimento da Internet, a rede mundial de computadores, o processo da comunicação sofreu uma mudança acentuada. A influência das chamadas redes sociais é marcante na maneira de as pessoas se relacionarem socialmente. A cada dia tem aumentado vertiginosamente o número de indivíduos, empresas e instituições públicas que se utilizam das redes on line como plataforma de comunicação e interação com o público. Dados recentes apontam que o Brasil já é o quinto maior mercado do mundo para redes sociais, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, da China, da Alemanha e da Rússia.

 

DO LEITOR

 

Sinalização na rodovia Sarney

Do leitor Luiz Brandi: “O órgão responsável pelo transito na Sarney precisa com urgência refazer a sinalização no asfalto, a qual praticamente não mais existe, no trevo existente próximo ao Bar Parati, o qual dá acesso à Av. Valter Bastos chegando na Melicio Machado.O motorista que vem do Parat i(principalmente o turista) para Aracaju, chegando naquele trevo, e querendo acessar a Av. Valter Bastos está entrando à esquerda no muro do Condomínio Portal do Atlântico, quando o correto é ir um pouco mais para a frente, e então fazer a conversão à esquerda.Repetimos que o problema é causado pelo fato de não mais existir sinalização naquele trevo, podendo acontecer um acidente a qualquer momento”.

 

 

Governabilidade” aqui é pra quem quer fazer maldades

Do leitor Messias Gonçalves: “Todo governo eleito, precisa ter asseguradas todas as garantias necessárias para exercer o seu mandato, legitimamente outorgado pelo povo. A tão propagada governabilidade que querem exercer em Sergipe é ter como se, um governo paralelo. O grupo político ora sobre as graças do empresário Edvan Amorim, quer porque quer a terra, o céu, o mar e até o ar. Lembro que certa vez um gestor público me disse: -“Você pode até pedir esse prédio. Só não sei se você terá direito”. Sonhar, pensar, querer, pedir, solicitar, exigir, é legítimo. Agora querer na tora ou na chantagem, é outros quinhentos.Para os ferrenhos defensores ligados ao grupo, fui buscar na matemática, os fundamentos contrários para essas reivindicações todas. Vejamos: Em 2006, Marcelo Déda vence a eleição no primeiro turno com exatos 524.826 votos (52,46 %), contra 450.405 (45,02 %) do seu adversário João Alves Filho. Aqui com todo o grupo dos Amorins. Passam se quatro anos, eles, conquistam mais adeptos e aliados, todos encantados com os belos olhos e talvez com rezas milagrosas. Juntam-se ao grupo do governador Marcelo Déda. Vão juntos para as eleições agora em 2010, com um deles candidato ao senado federal. Mais uma vez Déda derrota João Alves no primeiro turno com 537.223 votos (52,08%) contra 466.219 (45,19%). Ai eu faço a primeira pergunta:- “Onde estão os votos de Eduardo Amorim dados pra Déda?” Cadê meus amigos essa importância necessária e que estão deixando seguidores exaltados ao ponto de quererem instalar dois governos. O legítimo de Déda e um falso dos Amorins. O grupo liderado por Amorim, como mostram os números, trabalharam tão somente para eles e mais ninguém.Pouco importava qual dos dois lados eles seguissem. O objetivo deles foi alcançado. Eleger graças aos belos olhos e as rezas um senador. Quem viu as figuras desses grupos pedirem votos para Marcelo Déda?

Esta eleição veio mostrar uma coisa de suma importância. Praticamente não houve alteração dos dois lados. Quem era Déda continuou e vice versa. Mas essa não é a realidade dos fatos. Houve sim alterações. Déda ganhou eleitores de João, assim como João também foi beneficiado. Nestes dois casos, Déda foi o mais prejudicado, pois trabalhou muito mais do que João no seu último governo. Déda deu melhores condições a determinadas categorias, jamais dadas por outro governador. Porém com a demora nas negociações, ele foi prejudicado até por quem teriam o dever de defender se grato fosse. Foram vários meses, palanques armados diariamente com supostos desafetos, requentando matérias como o Piso do Magistério e os salários dos militares. E olhe que foi ele o primeiro pagar o piso. Só que politicamente, sindicalistas usaram e abusaram de má fé quando dessas discussões, junto com setores da imprensa. Até um mandato não fora suficiente para acalmar os ânimos e a ingratidão. Esperamos que o governador não mais cometa esses erros. “Só se reza com quem sabe rezar”.Portanto meus amigos, neste caso especifico em Sergipe, esse modelo de “Governabilidade”, que vendem, trocam cargos porque alguns vão fazer beiçinhos, espernearem, chorarem, não terá que funcionar. Vão-te catar! Marcelo Déda passou esses mais de três anos sem um escândalo. Não vai ser agora que o povo lhe deu mais um mandato, hão de mancharem a sua história. É natural que o governo seja ocupado por quem estava na coligação. Agora, determinar é atribuição exclusiva do governador. Que os partidos indiquem as pessoas mas a decisão final caberá somente a ele.Um governo só precisará de uma maioria absoluta, se caso queira legislar contra os interesses da população. Um governador só precisará de maioria se quiser alterar determinadas leis que geralmente vem ferir direitos adquiridos, como em num passado recente, extinguiram empresas e criaram novas autarquias. Ai sim, para malvadezas e maldades, são necessárias maioria absoluta. Quer-se governar para o povo, isso é desnecessário. Tirando a questão de alterar algumas leis, o governo não precisa de maioria para executar e desenvolver políticas públicas a que venha beneficiar a população. Para projetos bons e que venham a beneficiar o cidadão, que deixem a dita oposição fazer o seu jogo. O povo é o senhor da razão e saberá quando necessário julgá-los. O resto continuará sendo aqui e na China, mesmo fechada, politicagem.Por fim, cabe ao governador Marcelo Déda, deixar bem claro. Quem manda primeiro é o povo que o elegeu e lhe outorgou. E segundo ele. Se não quiserem, tem quem queira. Os seus verdadeiros aliados”. Messias Gonçalves.

 

Pense antes de votar

Do leitor Manoel Andrade: “Qualquer cidadão eleitor brasileiro tem o direito sagrado para escolher agora no segundo turno, se quer votar em Serra ou na Dilma. Ainda bem que vivemos numa democracia, onde podemos escolher em quem votar. E o melhor, o voto é secreto. Diante da urna eletrônica, está você, a urna e a sua consciência. Também o futuro seu e dos seus familiares. Por isso, peço licença para passar para os senhores algumas informações que julgo importante para a sua reflexão.Quando o PSDB de Fernando Henrique e José Serra governou o Brasil, receberam como dívida pública, cerca de 38 % do PIB. Toda esta dívida foi gerada ao longo dos quinhentos anos de fundação do país. Agora pasmem o que vou escrever agora. Somente nos oito anos de governo de FHC e Serra, eles elevaram essa dívida para 78 % do PIB. E olhem que para o Brasil chegar ao patamar de 38 %, criou a PETROBRÁS, ELETROBRÁS, ESTRADAS, TELEBRÁS, ESTRADAS FEDERAIS, ETC. No governo dos tucanos, eles venderam quase tudo e ainda ao invés de reduzirem essas taxas da dívida, eles aumentaram. A grande pergunta é: Para onde foi parar o dinheiro das privatizações?Certa vez, a Rede Globo perguntou ao então candidato ao governo de São Paulo, José Serra sobre a educação em São Paulo. Ele respondeu que devido aos nordestinos, a educação paulista era ruim.Mais outra do Serra. Ele diz que é formado em Engenharia e Economia. Engenharia pela Escola Politécnica de São Paulo e Mestrado pela Escola Latina do Chile. Todas as duas informações são mentirosas. Ele não concluiu nenhuma das duas. É esse o homem sério que agora quer consertar o país, depois do Lula? Informo que voto em Dilma por tudo que o Lula fez pelo nosso país. Não sou petista. Sou filiado ao PSB. Cláudio Nunes, como não temos a Rede Globo para divulgar isso, utilizamos o seu blog para que uma dúzia de leitores possa multiplicar e abra os olhos de algumas pessoas”. Manoel Andrade.

 

Sergipe e a Copa Nordeste

Do leitor Carlos Nascimento: “Nesta sexta-feira com certeza os noticiários esportivos estarão noticiando que o Sergipe foi rebaixado no Campeonato do Nordeste, aliás rebaixado não, excluído. termo usado no regulamento da competição, competição a qual não caberia rebaixamento uma vez que não é disputada em divisões.Entretanto convém questionar porque o Sergipe foi excluído, uma vez que ele marcou os mesmos 13 pontos que o Flu de Feira e o Confiança? Por que ele teve um maior saldo negativo de gols responderiam afoitamente aqueles que desconhecem o confuso regulamento do Campeonato do NE. Não ele será excluído porque os dirigentes querem, tantos o da Liga do NE,  da FSS, quanto os do próprio CSS que não se acautelaram, e se omitiram ao invés de lutar contra os fatores extracampo. Ou preferimos acreditar que realmente houve milagre em um gol salvador do Fortaleza ao apagar das luzes no jogo contra o Flu de Feira com um resultado que salvaria ambos clubes? Ou das mudanças de calendários que eliminaram as partidas simultâneas que evitariam os arranjos?

Mas voltemos ao Regulamento do Campeonato do Nordeste. Diz lá em seu art.  Art. 9º – O último clube classificado durante a primeira fase estará excluído do campeonato a ser realizado no ano de 2011, sendo  substituído por um outro clube pertencente à Federação a qual está  filiado este clube. E qual foi  o último clube classificado? As três equipes que menos pontuaram foram CSS, Flu de Feira e ADC, todas com 13 pontos, então se aplica o critério de desempate, mas onde está previsto no Regulamento do Campeonato do NE que há um critério de desempate para definir o clube classificado na última posição? Tchanram! Não existe.

Vejamos o título CRITÉRIO DE DESEMPATE antecede ao art. 14  do  Regulamento do Campeonato, o qual assim estabelece:

Art. 14 – Ocorrendo igualdade em pontos ganhos entre 02 (dois) ou mais  Clubes na primeira fase (classificatória) aplicam-se sucessivamente os

seguintes critérios técnicos de desempate, PARA QUE SE CONHEÇAM OS CLUBES CLASSIFICADOS PARA A SEGUNDA FASE.

   1. Maior número de vitórias

   2. Maior saldo de gols

   3. Maior número de gols marcados

   4. Menor número de cartões vermelhos recebidos

   5. Sorteio público na sede da Liga do Nordeste

Ou seja, o regulamento somente estabeleceu critério de desempate para se conhecer quem iria passar à segunda fase, mas não para se estabelecer o último colocado. Entendo que não poderá haver exclusão de clube porquanto na atual situação há mais de um clube com a mesma pontuação na última posição. Por outro lado ainda há alguns pontos controversos no regulamento , como por exemplo o fato de prever que o clube estará excluído da competição de 2011, como o Regulamento não poderá ser modificado significa que este clube pode voltar em 2012? Ainda há o fato do regulamento prever como critério técnico para participar do Campeonato do Nordeste ter participado de outra a edição do Campeonato (Art. 3º – São os seguintes os critérios técnicos de participação dos clubes no campeonato: Ter participado de qualquer outra edição anterior do campeonato).  Como se esta é a primeira edição, ele não pode considerar a Copa do Nordeste que era uma outra competição, então Sergipe ficará sem representante?

A Liga não poderá aplicar o Art. 72 – Os casos omissos serão resolvidos pela presidência da Liga do Nordeste, através de reunião com a Comissão Técnica da Competição. Se fizer isto será casuísmo. Além do mais há o caso do jogo do CSS X Vitória que foi transferido contrariando o próprio regulamento do Campeonato,e o CSS deveria ter pedido a nulidade do jogo por sua irregularidade ou a aplicação de WO uma vez que o Vitória alegou não ter condições de ter uma equipe de disputar uma partida na data que foi marcada. Reivindicar o seu direito não é virada de mesa, é lutar para que o Regulamento seja aplicado. Durante a competição fiz uma série de indagações ao ouvidor da Competição e ao Diretor Técnico e desrespeitando o Estatuto do Torcedor o ouvidor não me respondeu nem publicou a resposta à reclamação, conforme manda a Lei. Infelizmente o nosso Futebol cada vez mais se diminui. Para que o Governo do Estado deve investir em uma arena, se até a conclusão das obras talvez nem mais tenhamos equipes de futebol por aqui”.

 

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

 

Frase do Dia “Irar-se é vingar as faltas alheias em nos mesmos”. Alexander Pope.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários