5 Anos do Blog. Parabéns para o leitor

0

Volto a escrever na primeira pessoa para brindar com os leitores o aniversário de 5 anos do blog neste domingo, 15 de maio de 2011. Para comemorar a data foi realizada uma campanha promocional em parceria com a Infonet, através de um Hot Site, com depoimentos, busdoors, via mídia e na próxima semana alguns outdoors.

A Campanha tem como mote a palavra “Credibilidade”, que é a mais lembrada pelos leitores quando questionados sobre o trabalho deste blog. Porém, essa credibilidade não é apenas minha, mas de todos os leitores que praticamente assumiram no decorrer dos últimos 5 anos a missão de publicar diariamente uma coluna com os mais variados temas, tendo a política sergipana como referencia maior.

São cinco anos de alguns erros e muitos acertos. O leitor sabe que o espaço não é dono da verdade, mas é pautado no questionamento, na denúncia e na boa informação. Nestes 5 anos o leitor assumiu literalmente, a co-autoria deste espaço. Eu sou apenas o responsável, mas muitos temas e assuntos são “pautados” pelos leitores e até mesmo fruto de cobranças. Sem falar nos textos deles que são publicados semanalmente.

Continuo com a missão principal de servir e informar ao público. A minha opinião não é a máxima verdade nem a mínima mentira. É apenas uma análise de um profissional de comunicação sobre determinado tema. Cabe ao leitor analisar, refletir e assimilar ou não.

“Qualquer coisa que você possa fazer ou sonhar, você pode começar. A ousadia tem genialidade, poder e magia em si." Goethe.

Não pense caro leitor, que foi fácil chegar aos 5 anos. Não por falta de apoio dos colegas, amigos e da parceria com a Infonet, mas pelos inúmeros processos judiciais e as pressões externas. Aqui faço um agradecimento a todos da Infonet, na pessoa do empresário Nivaldo Almeida, que sempre respeitou a autonomia e a independência deste espaço.
Queria ou não, goste ou não, todos sabem que há 5 anos este blog iniciou a construção de um novo espaço de debate e informação na comunicação sergipana. Tenho um compromisso com a sociedade de informar. E esse papel o blog faz com transparência, clareza e determinação.

Não tenho a certeza se completaremos 6 anos. No meio do caminho nestes 5 anos foram várias vitórias, mas também várias decepções com a falta de solidariedade, compreensão e até mesmo respeito dos que falam de democracia apenas da boca para fora.

Não sei tudo. Pelo contrário, a cada dia que passa tenho a certeza que não sei quase nada e tenho muito a aprender. Mas também tenho a certeza que enquanto este espaço existir – e tiver o apoio dos leitores – continuarei com coragem, determinação, ousadia, e, principalmente, esperança numa sociedade mais justa e humana.

Tenho como pilar principal de sustentação deste caminho minha família, Silvânia, Célio Nunes Netto e Caíque Nunes. E como bússola os ensinamentos deixados por José Nunes (avô) e Célio Nunes (pai), de caráter, retidão e compromisso com a palavra.

Pode ter a certeza caro leitor, que não decepcionarei. E se optar por um novo caminho, em outro ramo profissional, é porque não aceitei a “regra” de escolher a desonra e preferir ficar nos campos das exceções.
Parabéns ao leitor pelos 5 anos do seu blog.

Turismo
E o  prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, em busca de recursos no Ministério do Turismo, foi acompanhado para uma audiência com o ministro com o deputado federal Almeida Lima. E ainda dizem que o candidato de Edvaldo a prefeito de Aracaju é o deputado federal Valadares Filho.

Cassação em Monte Alegre
Atendendo aos pedidos constantes da Representação Eleitoral por Captação Ilícita de Sufrágio e por Gasto Ilícito de Recursos ajuizada pelo Ministério Público de Sergipe, através da Promotora de Justiça Ana Paula Souza Viana, o Juiz Eleitoral Antônio Carlos Souza Martins determinou a cassação do diploma conferido ao Prefeito de Monte Alegre, João Vieira de Aragão, e do Vice Prefeito Luzivaldo Silva Ferreira.

Ex-prefeito cumpre pena em delegacia
E também em Monte Alegre, o ex-prefeito Osmar Farias, cumpre pena diária dormindo na delegacia do município. O mais engraçado é que como pode transitar normalmente durante o dia ele tem um programa na rádio de Glória um dia por semana. E lá a critica é pesada ao prefeito João Aragão.

Roto defendendo esfarrapado
Seria cômico se não fosse trágica a defesa que um setor da imprensa faz de uma autoridade envolvida em uma Operação de corrupção. É o típico roto defendendo o esfarrapado, já que o defensor, tem transitando na Justiça um denúncia do MPE, numa prefeitura que teve intervenção da apresentação de uma certidão adulterada do INSS. Pode falar de moralidade?

TAC em Itabaiana
O Ministério Público do Trabalho em Itabaiana, por meio do procurador do Trabalho Gustavo Chagas, firmou um Termo de Ajustamento de Conduta-TAC com a prefeitura do município. No documento ficou definido que os servidores que realizam a atividade de limpeza urbana devem receber Equipamentos de Proteção Individual-EPI, a exemplo de botas de borracha, luvas, óculos de proteção, máscaras contra pó e cheiro forte, capas de chuva e protetor solar.

Adicional de insalubridade
A prefeitura também ficou responsável por pagar aos agentes adicional de insalubridade. Caso o TAC seja descumprido, o Município de Itabaiana pagará multa de R$ 10.000,00 (dez mil reais) por cláusula descumprida. A multa será renovada mês a mês, enquanto perdurar o descumprimento. De acordo com Gustavo Chagas, o pagamento da multa não substitui o dever do Município em cumprir as obrigações estabelecidas no TAC.

Experiências de Ater a países da África
O presidente da Emdagro, Jefferson Feitoza de Carvalho, viaja na última sexta para a Africa acompanhando a Missão de Cooperação Técnica Brasileira em visita à Gana. Jefferson leva as experiências exitosas na área de assistência técnica e extensão rural (Ater) desenvolvidas pela empresa em Sergipe aos países africanos. A missão, composta também por representantes do MDA e do Ministério das Relações Exteriores, faz parte do Programa de Cooperação Técnica Brasil/África para o desenvolvimento da produção de alimentos pela agricultura familiar naquele continente para fins de segurança alimentar e nutricional.

Laércio Oliveira lança a Frente Parlamentar
A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Setor de Serviços será lançada na Câmara dos Deputados no próximo dia 26 de maio na Câmara dos Deputados. Trata-se de uma iniciativa pioneira do deputado federal Laércio Oliveira (PR/SE), que convoca os empresários para comparecerem no dia do lançamento. “Espero que a classe empresarial do setor de serviços do Brasil compareça em massa à mobilização organizada com muito esforço. Eu assumi um compromisso com os mais de 250 parlamentares que assinaram a frente que daríamos uma demonstração plena de unidade e representatividade. E isso só acontecerá com a presença dos empresários”, afirmou Laércio.

Empregados domésticos
O deputado federal Márcio Macêdo (PT) apresentou na última quinta-feira, 12, o pedido de prorrogação do projeto de lei nº 9.250, que instituiu a dedução da contribuição patronal paga à Previdência Social pelo empregador doméstico do Imposto de Renda. No projeto, Márcio propõe que esse benefício se estenda por mais cinco anos.

Experiências de APL
O superintendente de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas da Secretaria do Desenvolvimento, Indústria e Comércio do Estado do Maranhão, José Oscar Pereira esteve na Sedetec na última sexta-feira, 13, a fim de conhecer a experiência de gestão do Núcleo Estadual de Arranjos Produtivos Locais (APL-SE), como referência para a reestruturação do núcleo maranhense.

Recomendação
A visita atendeu a uma recomendação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). “Ficamos impressionados pelas ações inovadoras do núcleo sergipano e a gama de informações adquirida. Realmente foi uma visita muito enriquecedora”, atestou o superintendente que esteve acompanhado do assessor técnico, Sérgio Rodrigo Martins. Na Sedetec eles foram recebidos pela diretora do Departamento Técnico, Sudanês Pereira, e pela técnica Débora Fontes.

Parceria: PMA e Sinduscom
Na noite da última sexta-feira, 13, o prefeito Edvaldo Nogueira assinou um termo de cooperação entre a Prefeitura de Aracaju e o Sindicado da Indústria da Construção Civil (Sinduscon). O documento oficializa mais uma parceria entre a entidade e a administração municipal, por meio da Fundação Municipal do Trabalho (Fundat), que oferecerá cursos de capacitação voltados para a construção civil, capacitando novos trabalhadores para inserção imediata no mercado de trabalho. Os cursos serão ministrados por técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Necessidades do mercado
Em seu discurso, o prefeito declarou que os cursos que serão oferecidos pela Fundat estarão focados nas necessidades reais do mercado, para que os trabalhadores possam ser contratados rapidamente. “Essa parceria formalizada hoje só vem potencializar os nossos esforços para deixar a cidade ainda melhor. A responsabilidade do desenvolvimento é de todos. É fruto do trabalho coletivo, da junção de esforços entre o poder público e o setor produtivo”, concluiu.

Capacitação
Para o presidente do Sinduscon, Tarcísio Teixeira, essa nova parceria com a prefeitura é fundamental para qualificar ainda mais o segmento aqui no estado. “A Fundat tem realizado um excelente trabalho junto à comunidade, capacitando profissionais para atuar no mercado. Para nós da construção civil é uma grande satisfação estar junto nesse trabalho de qualificação profissional. Precisamos de parceiros como a prefeitura, que acreditam em nossos ideais e trabalham junto conosco em prol do desenvolvimento e promoção da cidadania”, avaliou.

Novas parcerias
Segundo a presidente da Fundat, Telma Rios Pimentel, o retorno das empresas ligadas à construção civil revelam a necessidade dos cursos na área. “Algumas construtoras já entraram em contato conosco, oferecendo os canteiros de suas obras para que os alunos tenham as aulas práticas. A expectativa é que os alunos saiam dos cursos já empregados”, contou. A presidente antecipou que também foi constatada uma necessidade grande de profissionais para atuar no setor de hotelaria e nos serviços em bares e restaurantes. “Novas parcerias serão firmadas em breve para atender essa demanda”, disse. (Ascom/PMA).

Servidores da saúde preparam nova visita à AL
Sob o comando do Sintasa, diversas entidades ligadas à saúde e servidores estarão novamente reunidos nas galerias da Assembleia Legislativa para reivindicar 100% de aumento, aprovação do Acordo Coletivo 2011/2012 e do Plano de Carreira, Cargos e Salário dos trabalhadores. A visita ocorrerá às 9h, da próxima segunda-feira, dia 16 de maio. Tudo isso porque os sindicalistas estão revoltados com o possível aumento que o governador Marcelo Déda deve anunciar na próxima semana que provavelmente, não chegará aos 6%.

OAB/SE participa de Ação Global
A OAB/SE participará da Ação Global 2011, um projeto do SESI construído com a parceria da Rede Globo desde 1995 com o objetivo de prestar serviços gratuitos à população. Nesta versão da Ação Global, a OAB/SE participará ministrando palestras e prestando atendimento com orientações jurídicas gratuitas à população.

Protidão e palestra
Membros da Comissão de Direitos Humanos da OAB/SE estarão de prontidão na Ação Global, que, neste ano acontece no próximo sábado, dia 14, na Escola de Ensino Fundamental Roberto Simonsen, no bairro 18 do Forte. Às 14h, a advogada Angélica Resende, coordenadora de Saúde da Comissão de Direitos Humanos da OAB/SE, ministrará palestra com a temática “Saúde – Direito do Cidadão e Dever do Estado”.

Manifestação
O Sindicato dos Bancários de Sergipe realiza na próxima segunda-feira, dia 16,  a partir das 7 horas da manhã,  no Centro Administrativo Banese,  uma manifestação contra a atual falta de política de pessoal do banco. Há muito tempo que o SEEB/SE reclama uma nova política de pessoal para o Banese.

DO LEITOR

Rosário do Catete
Do Leitor Luiz Brandi: “Faz tempo que não vejo uma coisa tão feia quanto ao "ROSÁRIO" pendurado na entrada de Rosário do Catete, até parece decoração de Natal que esqueceram de retirar.Acho que no mínimo, deveria se promover um plebiscito com a população, para saber se aquele monstrengo tem a aprovação da maioria. Se querem fazer um rosário, que façam por exemplo, no mesmo lugar, uma cruz com o rosário, isto naturalmente se promovendo uma competição com artistas plásticos, e não pela cabeça do prefeito, para não sair outra feiúra daquela”.

Arbitragem suspeita apitará clássico de domingo
De Felipe Oliveira, da Rádio Gipão: ''Ontem o Depto de Árbitro da FSF escalou Antonio Hora para apitar Sergipe e Confiança (precisa somente confirmar oficialmente). Hora apitou o jogo do Confiança contra o Guarany e, em que pese não ter culpa no resultado, enquanto estava no 0x0 jogou duro em cima dos atletas do Guarany, não marcava faltas e como sempre se mostrou prepotente demais, tudo isso em cima do Guarany e nada com os atletas do Confiança. Depois dos gols se aquietou e acertou até o fim, mas aí o placar já estava feito. Isso não é novidade pra nós. Em outras ocasiões comentamos isso. Pois bem: no final do jogo, com o sorriso nas orelhas o Presidente do Confiança rasgou elogios à atuação de Hora, e como não poderia deixar de ser, a imprensa "azul" também concordou.Ontem, mais uma vez, e agora coincidentemente, Antonio Hora apitará mais um jogo. Engraçado é que foi ele quem apitou nosso último jogo contra a Socorrense e o último jogo do Confiança. Não tem outro árbitro nessa federação?Agora vem o pior. Conforme reportagem abaixo, a prefeitura de Aracaju nomeou recentemente o conhecidíssimo torcedor/patrocinador do Confiança Fábio Mitidieri, outro prepotente travestido de bonzinho, como Secretário dos Esportes. Esse cidadão foi o mesmo que chamou o Sergipe de Time de Merda e "Rosinhas" publicamente induzindo que o Sergipe seria um time de maricas (deve ter se referido ao time dele). Em conseqüência nomeou também Antonio Hora Filho como sub-secretário. Aí eu pergunto: o fato de estar ao lado de Mitidieri e até mesmo por uma questão de ética, Antonio Hora não teria CONFLITO DE INTERESSES que o impossibilita de apitar jogos do futebol sergipano, especialmente os jogos do time azul? Ninguém me convence que se pintar uma dúvida sobre o que marcar, Hora não vai preferir puxar o saco do patrão.Durante essa semana, o Confiança fez TERROR contra os árbitros e parece que tudo deu certo. Será que não poderíamos fazer algo também para salvaguardar o Sergipe deles?''

Cadê a Moral
Do leitor Elcio Conceição de Santana:  “O retorno de Flávio Conceição ao Tribunal de Contas de Sergipe, faz com que o nosso Estado e seu povo: honesto e ordeiro seja motivo de chacota e vergonha. Tivemos de conviver com noticiários na imprensa local e nacional, onde divulgava que o TCE de Sergipe, era o único no país com 8 conselheiros. Depois do caso da Operação Navalha, das várias horas de gravação e denuncias contra o conselheiro Flávio Conceição. Depois dos deliciosos “doce de leite”. Depois de afastamento-retorno-afastamento-retorno. Depois do prêmio da aposentadoria. Agora mais uma vergonha para nosso povo e para nosso Estado. O conselheiro está de volta. Agora sim, ele atingiu-nos na jugular.Mesmo um conselheiro ter pedido vista do processo, todos sabemos que o resultado final será o retorno de Flávio Conceição, para aquela corte. O Conselheiro Flávio Conceição, nas suas atribuições legais, irá julgar as contas das administrações municipais e estadual. Imaginem, um conselheiro envolvido diretamente no escândalo da Operação Navalha, ter de julgar alguém. Qual a moral que ele tem para isso? Qual a condição ética que ele tem para julgar?Será que os prefeitos se sentirão convencidos dos argumentos de moralidade pública e responsabilidade com o dinheiro público que será empregado pelo conselheiro nos seus pareceres e possivelmente nos seus votos.Para finalizar, penso, que o retorno do Conselheiro Flávio Conceição, pode ser considerado a mesma coisa que um preso que foi julgado por latrocínio, estupro, roubo, sequestro, trafico de drogas, venha sentar-se no banco de jurados e condenar ou absolver um réu.O que esperamos desse julgamento é que seja feita a justiça. A justiça só será feita se não for permitido que Flávio Conceição retorne ao TCE”

UFS: Empresa terceirizada massacra trabalhadores
Do leitor e sindicalista Joseilton Nery Rocha: “Enquanto um certo parlamentar federal sergipano defende abertamente a presença da terceirização no serviço público, a empresa RC Serviços, que presta serviços à UFS, continua massacrando os trabalhadores nos campi do Rosa Elze e da Saúde. Se não bastasse os salários aviltantes e as péssimas condições de trabalho, a RC vem regularmente atropelando os direitos e benefícios assegurados dos seus empregados. Somente para se ter uma idéia do que ocorre no âmbito da UFS, os trabalhadores que desempenham suas atividades no Hospital Universitário encontram-se, até o momento, sem o salário de abril; há dois meses, sem receber o ticket-alimentação; e receberam apenas 50% referente ao auxílio-transporte, neste mês.Como termos trabalhadores prestando um serviço para o público estimulados e satisfeitos na realização de suas importantes tarefas, se não recebem pontual e assiduamente os seus direitos, vantagens e benefícios legais?E então nobre parlamentar: o que dizer desse massacre constante aos trabalhadores por uma empresa que realiza terceirização no serviço público? Isso é comum entre essas empresas. É, assim, defendendo a terceirização que o nobre parlamentar almeja conquistar os votos dos trabalhadores para eleger-se prefeito de Aracaju? E o Ministério Público do Trabalho qual a providência a ser adotada? A Delegacia Regional do Trabalho? A UFS? O HU? Será que a UFS deseja trabalhadores insatisfeitos e explorados desempenhando tarefas em seus ambientes? Na verdade alguns trabalhadores explorados, que estão com contas atrasadas e alimentos escassos para os seus filhos, desejariam denunciar publicamente esse abuso costumeiro dessa RC Serviços, mas  sentem-se indefesos e, com certeza, temem o pé-na-bunda ou o olho-da-rua. Na assembleia geral do SINTUFS ocorrida no dia 12, servidores do quadro efetivo da UFS também apresentaram essa denúncia e solidarizaram-se com os trabalhadores terceirizados que são, ao lado do próprio serviço público, as grandes vítimas da terceirização. Em meados de fevereiro, o SINTUFS, por meio de representação de sua Diretoria Executiva e colegas da base, já havia levado o recorrente problema da RC Serviços, para a Reitoria da UFS. O reitor e vice-reitor da UFS, de pronto, prestou esclarecimentos direta e publicamente aos trabalhadores que paralisaram suas atividades, em protesto, sentados no hall da Reitoria, e agilizou a AGU (Procuradoria da UFS), a GRH e a Prefcamp, no sentido do detalhamento das explicações e a adoção das medidas cabíveis.Não cabe mais enganar aos trabalhadores, afirmando que trata-se da falta do repasse de pagamento, por parte do governo ou da UFS. Nem adianta colegas da própria administração da UFS fazer jogo eximindo a responsabilidade da RC. Cumpra-se o que estabelece os contratos entre a UFS e a RC Serviços e entre o HU e a RC Serviços. Sugiro que o SINTUFS colabore na busca das explicações necessarias, junto à direção do HU, e a resolução da questão. Aliás, já existe um encaminhamento no sentido do sindicato acompanhar a execução de contratos entre a UFS e os seus principais fornecedores de serviços e bens de consumo”.

ARTIGO

O Músico da Madrugada – Por Ailton Francisco da Rocha*

Por indicação do vereador Hélio Barroso de Melo, em sessão solene realizada em 06 de maio de 2011, a Câmara Municipal de Cedro de São João/SE, concedeu o título de Cidadão Cedrense ao músico Antônio Vieira da Silva, Seu Antônio, como é carinhosamente conhecido por todos.

Na oportunidade, o Fórum Pensar Cedro também rendeu uma homenagem a este homem que tanto contribuiu com a divulgação das canções românticas (serestas) pelas ruas, praças e bares de nossa cidade, incentivando a participação dos jovens e acalentando os eternos apaixonados.

Nascido em 10/06/1922, natural do município de Igreja Nova/AL, migrou ainda jovem, mas já casado para o nosso município, provavelmente atraído pelos marchantes que comercializavam carne nas cidades espalhadas no baixo São Francisco, que detinham a fama de festeiros e eram chegados a orgia. Desde a adolescência, tocava para ajudar no sustento da família.

Seu Antônio no violão, Cilte no cavaquinho e Pipo no pandeiro, formaram na sua época o chamado Trio de Ouro.

Lembro-me deles desde criança. Estavam sempre os três, juntos, circundado por um grupo de amigos, cantando e tocando belas canções românticas. Quem vive ou viveu em Cedro na década de 80 (ou mesmo antes) com certeza há de lembrar-se do Trio de Ouro. Tenho cada vez mais a certeza que a pessoa é para o que nasce e na rua se conquista tudo.

Seu Antônio  é cego. Sei que deveria chamá-lo de deficiente visual, que é a expressão politicamente correta. Mas nem ele mesmo faz questão desse tratamento que os bons modos recomendam dispensar aos portadores de uma deficiência.

Há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêm. "Não é bastante não ser cego para ver as árvores e as flores. Não basta abrir a janela para ver os campos e os rios", escreveu Alberto Caeiro.

Ver é muito complicado. Isso é estranho porque os olhos, de todos os órgãos dos sentidos, são os de mais fácil compreensão científica. A sua física é idêntica à física óptica de uma máquina fotográfica: o objeto do lado de fora aparece refletido do lado de dentro. Mas existe algo na visão que não pertence à física.

William Blake sabia disso é afirmou: "A árvore que o sábio vê não é a mesma árvore que o tolo vê". Sei isso por experiência própria. Quando vejo os ipês floridos sinto-me como Moisés, diante da sarça ardente: ali está uma epifania do sagrado. Mas uma mulher que vivia perto da minha casa decretou a morte de um ipê que florescia a frente de sua casa, porque ele sujava o chão, dava muito trabalho para a sua vassoura. Seus olhos não viam a beleza. Só viam o lixo.

Sobre a trama da melodia serena e animada, venturosa e livre como o vento dos campos e como ele descuidada, entre a algazarra colorida e atordoadora da vida, sobre o fundo, umas vezes melancólico, outras vezes majestoso, do motivo da canção popular, uma nota surpreendente, dolorosa, se destacava cada vez mais frequente, dominadora e forte, no meio das noites cedrenses.

Muito bem, meu rapaz, filho do pengo, muito bem! Encorajava-nos em busca das notas musicais num esforço homérico para acompanhar o canto dos desafinados, como eu. Sabia Seu Antônio, que no peito de um desafinado também bate um coração.

* Presidente do Fórum Pensar Cedro.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“A ousadia é, depois da prudência, uma condição especial da nossa felicidade”. Arthur Schopenhauer

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários