9 de dezembro: Dia Mundial de Combate à Corrupção

0

 

 

Um dia, com o objetivo de aumentar a sensibilização para o combate à corrupção e alertar sobre os impactos negativos desse crime contra os indivíduos e a coletividade.  A data é uma referência à assinatura da Convenção das Nações Unidas Contra Corrupção, ocorrida na cidade mexicana de Mérida. Em 9 dezembro de 2003, quando mais de 110 países assinaram a Convenção, que entrou em vigor no dia 14 de dezembro de 2005.

 

A Convenção da ONU contra a Corrupção é o mais completo e abrangente instrumento internacional juridicamente vinculante (que obriga cumprimento). Primordialmente, a convenção estimula o controle social para fiscalizar contas do governo, prevê a cooperação para recuperar somas de dinheiro desviadas dos países (rastrear, bloquear e devolver bens) e prevê tipificação como crime do suborno, lavagem de dinheiro e outros atos ligados à corrupção. No Brasil, O Congresso Nacional aprovou o texto em maio de 2005 e no dia 31 de janeiro de 2006 a Convenção foi promulgada, passando a vigorar no país com força de lei.

 

9 dezembro deve ser mais um dia de reflexão e de cobranças daqueles que detêm o poder de apurar punir esses bandidos que muitas das vezes se portam como autoridades e como tais se acham acima do bem e do mal e até contam com a omissão e a lentidão das investigações e dos processos na justiça na certeza de que “o crime compensa”.O trabalhador fica de queixo caído com a onda de corrupção que é revelada a cada dia, como as reveladas no pela Polícia Federal que levantou a “tampa do esgoto” e o que apareceu foram verdadeiras quadrilhas formadas por diversas “autoridades, com objetivo saquear o patrimônio público, constituído com os impostos que todos nós pagamos. Quem trabalha duro para conseguir viver honestamente não aceita nem admite a corrupção. Quer a garantia de que todos os envolvidos sejam punidos com rigor. Quer a devolução de todo o dinheiro roubado dos cofres públicos.

 

Entre os escândalos mais recentes que nos envergonham, principalmente pela ausência até o memento de punição: mensalão, vampiro, Sanguessuga, Navalha, TCE, Satiagraha que envolve o banqueiro Daniel Dantas, São Cristóvão, Pirambu que envolve o nome do deputado André Moura e família, o sumiço da carne e superfaturamento da merenda, entre outros.Para que essa lógica de que “o crime compensa” não prevaleça é fundamental a organização do povo e a democratização do estado brasileiro. A crise vivenciada situa-se no nosso sistema de representação. São sucessivos escândalos envolvendo políticos, e diante da falta de espaços de participação direta da população nas decisões, é imprescindível a maior participação da sociedade.

 

A regulamentação do artigo 14 da Constituição Federal, que trata de plebiscitos e referendos, seria um bom começo para caminharmos no sentido da implementação de mecanismos de participação direta da população, através de: plebiscito, referendo, revogação de mandato, controle social sobre as políticas públicas. Desta forma o povo teria mecanismos para demitir da vida pública aqueles que roubam e os que deixam roubar o patrimônio do povo. (Antônio Carlos da Silva Góis – Presidente da CUT/Sergipe).

 

Agradecimento a PM de Sergipe

Este jornalista agradece a Associação dos Oficiais Militares de Sergipe, pela homenagem na última sexta-feira, 05. Por problema de saúde, este jornalista não esteve presente na solenidade, mas tem a certeza que a homenagem é fruto do trabalho critico e construtivo desenvolvido neste espaço. Infelizmente, outras categorias não entendem a importância das criticas para avançar e fortalecer o trabalho desenvolvido, preferem o caminho errado da intimidação.

 

Déda e Nilson Lima

Como este espaço noticiou com exclusividade no sábado, 06, depois de uma reunião que durou cerca de três horas o governador Marcelo Déda e o secretário Nilson Lima, acertaram os ponteiros no Palácio de Veraneio. O relacionamento entre os dois continua firme para desespero de alguns, principalmente do grupo ligado a José Guimarães, que torcia por um rompimento para fortalecer a oposição. Para isso foram usados diversos artifícios, principalmente através daquela mídia que os sergipanos já conhecem tão bem…

 

Sobre as mudanças

Esclarecimento ao leitor: o blog está por dentro de várias articulações e conversas nos bastidores do governo estadual, porém o governador vem consultando muita gente, mas poucas mudanças estão definidas concretamente. São muitas conversas, inclusive em duas pastas que não estão sendo comentadas na imprensa, mas devem ter alterações nos seus gestores.

 

Reapareceram

Deu na coluna de Ivan Valença, no JC: “Diante da presença em Aracaju, na segunda-feira última, do presidente do Conselho Nacional do Sebrae, as “margaridas” apareceram. Zezinho Guimarães voltou às pressas de São Paulo, assim como o sr. Paulo do Eirado retornou da paradisíaca Maceió. Aí, o oficial de Justiça os encontrou na terça-feira e entregou-lhes a citação para que eles exponham na sua visão, o que aconteceu no pleito do Sebrae. Eles têm cinco dias corridos – prazo que termina na terça-feira. Caberá então ao Juiz conceder ou não a liminar que definirá o futuro do Sebrae”.

 

Esposa de Sukita será a candidata

A assessoria do prefeito de Capela, Sukita, informou ao blog que ele não será candidato a deputado estadual. O grupo estuda a possibilidade de lançar a esposa do prefeito, Silvanir Sukita, como candidata a deputada estadual. A assessoria informou também que o prefeito Sukita tem como candidato a deputado federal, Valadares Filho, do PSB.

 

Premiação nacional para projetos de comunicação

Por falar em reforma governamental, os mesmos setores que estão fazendo lobby para derrubar secretários, especularam a saída da secretária Eloisa Galdino, tudo porque ela passou um mês afastada para tratar de assuntos particulares. Eloisa Galdino continua e prepara novos projetos para a área, a exemplo dos  projetos ‘Mídia Jovem’ e ‘Sergipe Sem Fronteiras’, que na última sexta-feira receberam o Prêmio Destaque no Marketing 2008, promovido pela Associação Brasileira de Marketing e Negócios (ABMN). Durante a festa de entrega, realizada no Hotel Intercontinental, no Rio de Janeiro, o Governo de Sergipe foi contemplado junto com mais de 30 outras empresas de renome nacional como Petrobras, Iveco, Motorola, Fiat, Ponto Frio e Caixa Econômica Federal.

 

Inovação dos projetos de SE

Segundo o presidente da ABMN, Dudu Godoy, a criatividade e inovação dos projetos de Sergipe chamaram a atenção da comissão julgadora, que escolheu as ações do Estado por unanimidade. “Recebemos cases do Brasil inteiro e foi com muita surpresa que vimos as inscrições da Secom. É inusitado para nós porque geralmente se trata de responsabilidade social ou ambiental no marketing empresarial e não na administração pública. A nossa diretoria, que é responsável pelos votos, é ampla e conta com representantes de todos os setores da economia. Acabamos escolhendo os projetos numa votação unânime”, relatou. 

 

Os dois projetos

O Mídia Jovem, que trabalha com a inclusão social de jovens por meio de capacitações na área de comunicação, foi vencedor na categoria Responsabilidade Social. Já o Sergipe Sem Fronteiras, que tem o objetivo de divulgar as ações do governo de maneira mais acessível ao cidadão, recebeu o prêmio na categoria Marketing Institucional. “O ‘Sem Fronteiras’ é um exemplo de como se faz marketing com prestação de contas para uma população. Usa-se um processo dinâmico de informar, combinando assessoria de imprensa, relações públicas e internet. Em relação ao Mídia Jovem, pensamos que é uma ação que deve servir como exemplo para o Brasil. É um trabalho bem executado, que dá condições para que os jovens tenham entrada no mercado de trabalho. Espero que esse projeto ganhe visibilidade nacional”, comentou Dudu Godoy.

 

Apoio do governador

As ações desenvolvidas pela Secom foram as únicas iniciativas governamentais a serem premiadas este ano. De acordo com a Secretária de Comunicação do Estado, Eloísa Galdino, o reconhecimento da ABMN representa um momento ímpar para a gestão estadual. “A associação tem reconhecimento em toda a América latina. Então esse é um momento de alegria, de satisfação e, sobretudo, de agradecimento, agradecimento ao governador Marcelo Déda e a todos os parceiros que nos permitiram e ajudaram a desenvolver essas idéias”, declarou. A ABMN é a maior entidade do segmento de Marketing da América Latina. O Prêmio Destaque no Marketing foi criado em 1997 para valorizar as campanhas publicitárias que se destacaram pela ousadia, coragem e criatividade. A premiação busca também ressaltar as ferramentas de que o marketing pode dispor, contribuindo para os melhores resultados econômicos, financeiros e sociais das empresas.

 

E o compromisso com a qualidade do ensino?

Todo ano o Sintese faz uma avaliação da política implantada dando notas a revisão salarial, transporte e merenda escolar, estrutura das escolas, relação do poder executivo com os professores, entre outros. E o papel do professor na sala de aula? Será que não consegue fazer uma auto-critica? Por exemplo, em Itabaiana, numa escola estadual, somente porque o diretor, depois de meses avisando que iria cortar o ponto dos faltosos, o Sindicato ficou contra o mesmo porque ele resolveu colocar falta nos professores que falta as aulas. Por coincidências alguns deles são ligados ao Sintese local.

 

Anúncio de novas indústrias

No próxima dia 12, sexta-feira, o Governador Marcelo Déda participará do almoço de  confraternização de final de ano da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), ocasião em que fará o anúncio de novos empreendimentos industriais que irão se instalar em Sergipe, como também aqueles que passarão por ampliação ou relocalização. As resoluções do Conselho de Desenvolvimento Industrial (CDI) concedendo incentivos fiscais e locacionais serão entregues durante o evento. A política de desenvolvimento econômico do Estado com foco no fomento e atração de novos empreendimentos industriais, gerando emprego e renda, tem no PSDI – Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial, o seu ponto forte, sendo coordenada pela Secretaria  do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) e Codise. Desde o início do atual governo, entre implantados, em implantação e em fase de análise de projeto, tem-se 102 empreendimentos industriais com a geração de 7 mil empregos diretos e investimentos da ordem de R$ 600 milhões, espalhados por diversos municípios.

 

Lançamento do livro “Um homem chamado trabalho”

“Será lançado dia 11, quinta-feira, às 19h, em Estância (fórum da cidade) e dia 12, sexta-feira, na Assembléia Legislativa de Sergipe, às 19h, o livro Jorge Prado Leite – Um Homem Chamado Trabalho, de autoria do jornalista Ricardo Leite. Convidam para o evento a Sulgipe, empresa dirigida por Dr. Jorge, e seus filhos, Ivan (prefeito de Estância), Marcelo e Adriana Leite. Será lançado também o site www.sulgipe.com.br/jorgeleite “

 

Vice de Vicélia vence as eleições da CBG

Maria Luciene Resende, ex-presidente da Federação Sergipana, será a nova presidente da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG). Desde 2006 ela era vice de Vicélia Florenzano, que está no comando há 17 anos. Neste domingo, Maria venceu as eleições contra Marco Martins, presidente da Federação Brasiliense, por 13 votos a cinco, e agora terá a responsabilidade de assumir a entidade no ciclo olímpico para os Jogos de Londres-2012. Um dos desafios da presidente será “limpar” a imagem da organização depois das rusgas com as principais ginastas do país. Após os Jogos de Pequim, Jade Barbosa acusou a entidade de submetê-la a cargas excessivas de treinos, e recebeu o apoio de Daiane dos Santos e Laís Souza. – O diálogo é o melhor caminho. A gente sabe o que está acontecendo, mas são problemas solucionáveis – disse Maria, antes de ser eleita, ao globoesporte.com.

 

Sergipe se destaca

O Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado de Sergipe (Seac/SE) foi homenageado pelo presidente da Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (Febrac), Laércio Oliveira, durante a Assembléia Geral Extraordinária da entidade. Laércio Oliveira agraciou com uma placa o presidente do Seac/SE, Gildásio Barreto Muniz, pela delegação com maior número de participantes na I Ação Nacional Febrac – Limpeza de Áreas Verdes, realizada no dia 8 de novembro. A Ação ocorreu simultaneamente em todo o país e contou com a participação de mais de 2 mil pessoas. Só em Sergipe, foram 450 voluntários, que juntos limparam a Praça Olímpio Campos e cercanias, em Aracaju, e recolheram 2,5 toneladas de lixo.

 

DO LEITOR

 

Discussões sobre duplicação da João Bebe Água I

Do leitor Carlos: “Há algum tempo eu venho observando as discussões a respeito da duplicação da rodovia João Bebe Água. Como morador da cidade de São Cristovão, e como usuário diário dessa rodovia, tenho acompanhado pela imprensa essas discussões. Impressiona-me a maneira fria e calculista que o “Dirigentes” da UFS tem tratado desse assunto. É preciso falar que antes da Universidade federal de Sergipe se estabelecer no município de são Cristovão, mas precisamente no Bairro Rosa Elze, muitos moradores dessa localidade já estavam lá. Eu garanto a você que todos acolheram de coração a vinda dessa instituição federal no seio dessa comunidade. Hoje, depois de tantos anos estabelecida nesse local, a Universidade Federal de Sergipe, “elitizada” como é, não melhorou em quase nada a vida dos moradores que vivem ao seu redor. Não vejo e não tenho conhecimento de nenhum projeto social e educacional desenvolvido por essa universidade, para beneficiar de forma mais particular, ao moradores que vivem nas adjacências da UFS. O mais incrível é que, no momento em que a comunidade pode ver um sonho de tantos anos ser realizado, A UFS é a principal responsável pela pedra no meio do caminho”.

 

Discussões sobre duplicação da João Bebe Água II

Continua Carlos: “Impressiona-me também, como os dois principais protagonistas da celeuma, vivem no anonimato da discussão. Ninguém ouviu na imprensa uma declaração oficial de Déda, nosso governador, nem de Josué Subrinho, reitor da UFS. O dois mandam seus testas-de-ferro para a briga e ficam no anonimato. Que tristeza. Enquanto isso, moradores desesperados, perdem o sono com a possibilidade de desapropriação de suas residências e casas comerciais. Tudo por conta de uma intransigência bestial por parte da UFS. Eu pergunto, onde fica o discurso de que quando as administrações federal, estadual e municipal estão nas mãos de aliados tudo fica mais fácil, mais sintonizado e outras coisas? Não é Josué Modesto Aliado de Déda? Não é a Universidade do Governo Federal que no momento é administrado por Lula compadre de Déda? Por que essa truculência?Gostaria que você fizesse ecoar esse assunto, e exigisse de Déda e Josué declarações oficiais e que eles saiam do anonimato. O povo merece respeito”.

 

Livro sobre Dom Távora I

Do jornalista Alceu Monteiro: “Finalmente alguém se lembrou de escrever um livro focalizando a figura admirável que foi Dom José Vicente Távora, primeiro titular da Arquidiocese de Aracaju. O mérito pertence ao Padre Isaías Nascimento, autor de “Dom Távora, o bispo dos operários – Um homem além de seu tempo.” A obra foi editada em São Paulo, pelas Edições Paulinas e constitui-se em um precioso documento que apresenta, com uma linguagem simples, os fatos mais importantes da vida desse extraordinário prelado que, em Sergipe, revolucionou a Igreja Católica, através de uma atuação em defesa dos mais humildes. A JOC – Juventude Operária Católica, o MEB – Movimento de Educação de Base e a Rádio Cultura de Sergipe são exemplos marcantes do desempenho de Dom Távora entre nós. Condenado ao ostracismo por setores da própria Igreja, Dom Távora não é conhecido no âmbito dos jovens.

 

Livro sobre Dom Távora II

Continua Alceu:”Resulta daí a importância do livro do Padre Isaías, outro lutador pelas nobres causas dos trabalhadores, em especial das áreas rurais. Fico torcendo para que outros também se lancem à tarefa de resgatar a figura incomparável de Dom José Vicente Távora, pernambucano, que, depois de uma atuação excepcional no Rio de Janeiro, ao lado de Dom Helder Câmara, foi o terceiro bispo e o primeiro arcebispo de Aracaju. Para quem se interessar, o livro pode ser encontrado nas Paulinas (Rua de Itabaianinha). O autor, Padre Isaías, é, atualmente, responsável pela paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Brejo Grande (SE)”.

 

Ruas bombardeadas em Aracaju

Do leitor: “Caso queira ter a sensação de saber como é andar por ruas bombardeadas de Falluja o convido a passear pelo bairro São José de preferência pelas imediações do Colégio Águia, você vai se sentir em tão grande é o estrago feito pela Deso nessas ruas. O que acho mais interessante é que sendo o comando do Governo Estadual e Municipal do mesmo grupo falte, no entanto uma ação coordenada entre eles. Lembro-me muito bem do agora Governador Déda na época do seu primeiro mandato como Prefeito dando uma entrevista indignado com os estragos feitos pela Deso ensinando inclusive como reconhecer os danos causados pela empresa. A pergunta que fica então é: O que foi que mudou?”

                                                                                                                                                                  

            

Ainda a iluminação da ponte Aracaju/Barra

Do leitor: “Caro Cláudio, vendo a reportagem sobre enfeitar a ponte para o Natal, segue”reportagem e imagem de ponte de SP: “A Sul América aproveita o primeiro Natal da ponte Octávio Frias de Oliveira, na Zona Sul de São Paulo, para transformá-la em uma gigantesca árvore, que poderá ser vista por cerca de quatro mil motoristas por hora – número correspondente à capacidade de movimentação em cada pista da ponte”… Imagine a nossa como não ficaria bonita e até viraria um Super Cartão Postal”.

 

 

Tabela de horários dos ônibus do transporte coletivo de Aracaju

Do leitor Rubens Júnior: “Os usuários do transporte coletivo da Grande Aracaju não têm acesso aos horários das linhas de ônibus. Venho já há algum tempo reclamando de várias maneiras dessa situação. E-mails para a SMTT e Setransp sequer foram respondidos. Em tempos de “Mais Aracaju”, com bilhetagem eletrônica, um serviço que parece tão simples, já que as tabelas de horários existem nas pranchetas dos fiscais (e provavelmente em planilhas eletrônicas internas da Setransp) , não chega à população. Seja nos sites dos órgãos responsáveis, seja em papel distribuído nos terminais, essas informações seriam de grande utilidade. Uma notícia na Infonet sobre o aumento da frota de ônibus para atender ao vestibular, deixou-me um tanto revoltado: A SMTT divulgou a relação das linhas que, nesse domingo, seguirão as tabelas de dias úteis, assim como as linhas que seguirão a tabela do sábado. Eu me perguntei: “E daí? De que adianta saber que tal linha vai seguir a tabela do sábado, se essa tabela do sábado, ou de outro dia qualquer, só quem tem são os fiscais? Acho que muitas vezes se investe e divulga demais ações e serviços “de impacto”, quando serviços aparentemente simples trariam grande benefício à população, permitindo inclusive a cobrança da pontualidade. Será que é justamente isso que as empresas de ônibus não querem?”

 

Fantasmas no governo

Do leitor Sérgio: “Funcionários fantasmas nos órgãos do Governo todo mundo sabe que existe, que só aparecem no fim dos mês na maior cara de pau para assinar suas folhinhas de ponto, mas como na SEINFRA está fora do comum. Existe dentro daquela secretaria diversos “gasparzinhos”, fantasminhas camaradas. O Governador Marcelo Déda deveria instituir uma comissão investigativa nos órgãos de 1 e 2 escalão para verificar quem tá indo cumprir suas “horinhas de trabalho”, garanto que diminuiria razoavelmente à pratica dos fantasminhas. Além de cargos altos e recheados de gratificações, tem camarada que nem dá o ar da graça. Tem vereador de interior eleito que trabalha na SEINFRA… Agora pergunte? vê se aparece por lá? Isso tudo acontece no Governo da “mudança”!!! Imagine se houvesse uma investigação dentro da AL, TCE, TJ, vixe Maria!!! Ia sair tanto fantasma do armário… denunciem qualquer tipo de nepotismo, Deus te perdoa…kk”

  

Frase do Dia

“A corrupção na administração pública agora é organizada, quase partidarizada. Uma barbaridade inaceitável”. Mário Covas

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários