A elite política do Rio dorme presa

0

Três dos mais importantes políticos do Rio de Janeiro encontram-se morando nas celas de prisões federais ou estaduais, devido as falcatruas que praticaram ao longo da vida politica. Um deles é o notório Eduardo Cunha, cujo pupilo mais famoso, ou pelo menos a ir mais longe, é o sergipano André Moura. Cunha e a mulher são acusados de falcatruas com o dinheiro público. Os dois últimos ex-governadores do Estado também estão sob a custódia da Justiça. O ex-governador Anthony Garotinho, ao chegar à prisão, fez uma enorme patacoada para não ir para um hospital público, alegando doença coronária. Queria um hospital particular. Por fim, o ex-governador Sérgio Cabral, que não soube honrar o nome que tem, já que é filho do notável Sérgio Cabral, da turma do Pasquim. Cabral é acusado de fazer sumir algo em torno de 225 milhões de reais que, como num passe de mágicas, passaram a integrar suas contas particulares. Cabral tinha um padrão de vida fora do normal. Como Cunha, gostava de dar presentes à mulher, geralmente joias muito caras. Cabral, um belo dia, chegou em casa com um anel que custou 800 mil reais. Mas, garantiu à “primeira ministra”, que é advogada, que não era dinheiro sujo. Não é toa que a situação do Rio de Janeiro é pré-falimentar. Tanto Sérgio Cabral quanto Garotinho estão na prisão de Bangu à disposição da Justiça. Não devem sair tão cedo…

Acordos de leniência: governo quer novo parecer
Lê-se no Painel da Folha de São Paulo, o que abaixo se transcreve: “O Planalto pediu para que André Moura, líder do governo, refaça o parecer do projeto de lei sobre os acordos de leniência. A ordem é contemplar os interesses de Ministério Público, TCU e Transparência. O deputado deve retomar conversas com representantes desses órgãos nos próximos dias. A ideia é ter a redação final do texto aprovada antes do fim do ano. A regulação da leniência é um dos assuntos que Michel Temer quer tratar na rodada de conversas com Supremo, Tribunal de Contas e Ministério Público”.

Senadores não fazem nada pelo Estado                                                                                                                                                                             
Nenhum Estado merece a bancada de Senadores que Sergipe tem. Os três – Valadares, agora aliado a Eduardo Amorim, e o Pastor Virginio – trabalham em conjunto para humilhar o governo do Estado. Valadares inventou uma armação que deu à Codevasf algo em torno de 100 milhões de reais em emenda impositiva do Orçamento. Dinheiro que viria para Sergipe e agora vai ficar com uma repartição do governo federal – como se ela precisasse disso. Amorim passa o tempo todo anunciando emendas ao Orçamento para o Hospital do Câncer (o Hospital é seu mantra eterno…) – $ que nunca é liberado. O pastor Virginio ainda não teve tempo de abrir o seu pacote de maldade. Valadares agora inventou uma de pedir ao Ministro Geddel Vieira Lima para transferir uma emenda impositiva de 80 milhões da Infraero para o orçamento deste ano. É uma operação complicada. Geddel não é o nome certo para tratar deste assunto e uma operação deste tipo nunca foi feita antes. Esse Valadares sempre tão solícito está se revelando um verdadeiro inimigo do povo sergipano. Desde o início da campanha do filho à Prefeitura de Aracaju tem se revelado um verdadeiro Maquiável…

O custo do Hospital do Câncer
A semana que passou a deputada Goretti Reis pronunciou, na Assembleia, um alentado discurso sobre o Hospital do Câncer revelando os números daquela caixa preta.  Lá prás tantas soltou uma pérola: ninguém ainda falou quem vai sustentar esse hospital, no seu dia a dia. Acredita-se que o custo mensal dele será de 40 a 50 milhões de reais. O Estado, sozinho, terá condições de desembolsar toda esta grana para manter em pé e em funcionamento o Hospital do Câncer?… Se não se pensar nisso com antecedência, o prédio vai virar um elefante branco…

Famílias gastam menos que em 2015
Segundo dados do Celcoin, as famílias estão gastando menos, em média por cada conta de consumo paga no mesmo período do ano passado. Em todo o país, a redução foi de R$ 113,21, em média por conta paga no terceiro trimestre de 2015, para R$ 111,13, no mesmo período em 2016. Na região Norte ocorreu a maior queda, com retração de 6,1%, seguida pela Nordeste com menos 4,4% e Sudeste, 0,98%. No entanto, na região Sul houve um pequeno aumento de um por cento. Segundo análise do Instituto Celcoin, a redução no asto do brasileiro com pagamento de contas é resultado da conjuntura econômica, impacto da inflação e aumento do desemprego no país. Esta é a primeira vez que a empresa divulga levantamento sobre o cenário de pagamentos de contas. A idéia é divulgar o levantamento a cada trimestre. De acordo com análise do Celcoin, considerando que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor do mesmo período foi de 9,98%, além de haver uma redução no gasto médio de contas, a inflação contribuiu para diminuir o poder de consumo dos brasileiros.

  Leilão da Justiça do Trabalho na 5ª.
Será na quinta-feira o 21º Leilão Unificado da Justiça do Trabalho de Sergipe. Os lotes são formados por Móveis, Imóveis, Automóveis, Informática e Máquinas. Vai começar as 8h30 no auditório do TRT na Avenida Carlos Rodrigues da Cruz, s/n. Os lances podem ser dados a partir de 30% do valor da avaliação. No total serão 130 lotes.

   …e para encerrar…
ENGANO – O escriba cometeu um lamentável engano, ao atribuir a paternidade da deputada Maria Mendonça ao ex-deputado Euclides Paes Mendonça, cujo centenário de nascimento está sendo comemorado pela Assembleia Legislativa. De fato, ela é filha do antigo parlamentar Francisco Teles de Mendonça, o Chico de Miguel. Ficam as nossas desculpas pelo erro involuntário. 
    ***
CDL BANCA – Já que a Prefeitura de Aracaju não está em condições de ornamentar a cidade para as festas de fim de ano, o Clube de Dirigentes Lojistas anunciou que fará, ele próprio, a ornamentação. As três ou quatro ruas principais da cidade receberão iluminação festiva e ornamentos com as figuras natalinas. No dia 2 de dezembro o Papai Noel chega na Praça Fausto Cardoso. Já amanhã, a partir das 8h, será anunciado o çlano de segurança “Comércio Seguro 2016”, que visa reforçar o policiamento em todas as áreas comerciais da cidade, especialmente no Centro, Siqueira Campos e bairro 13 de Julho.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários