A hora de virar candidato

0

A partir deste 31 de agosto, os partidos já podem realizar as convenções visando oficializar os candidatos a prefeito e vereador. Esta fase da disputa eleitoral vai prosseguir até 16 deste mês, colocando um fim no disse-me-disse sobre quais serão os representantes das legendas nas eleições de novembro. Com as candidaturas registradas, os partidos vão às ruas apresentar as vantagens de se votar em seus candidatos e, naturalmente, mostrar os defeitos dos adversários. Em Aracaju, são tidas como certas as candidaturas do atual prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), de Márcio Macedo (PT), Danielle Garcia (Cidadania), Paulo Márcio (DC) e Rodrigo Valadares (PTB). Ainda dependem de confirmações os nomes de Georlize Teles (DEM), Lúcio Flávio (Avante), Almeida Lima e Anderson Camilo, estes dois pelo PRTB. A expectativa dos aracajuanos é que os prefeituráveis oficializados nas convenções façam uma campanha de alto nível, usando a propaganda no rádio, na televisão e na internet para a apresentação de projetos factíveis, esquecendo o deplorável baixo nível. Ao eleitor cabe analisar as propostas de cada um e rejeitar aqueles candidatos que optarem pela baixaria. Aguardemos, portanto!

Reeleição contestada

Liderado pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania), um grupo de senadores vai ao Supremo Tribunal Federal contestar a possibilidade de reeleição de David Alcolumbre (DEM) e Rodrigo Maia (DEM, respectivamente, presidentes do Senado e da Câmara Federal. Os senadores vão pedir ao STF que declare a reeleição inconstitucional. Os opositores à proposta dos dois demistas discordam de quem defende que a reeleição nas duas casas legislativas é uma situação análoga à dos chefes do Poder Executivo. Marminino!

Tá no páreo

O ex-deputado estadual Luciano de Menininha (DEM) oficializou, ontem, sua pré-candidatura a prefeito de Propriá. O demista tem lamentado a falta de gestão naquele município ribeirinho. Luciano se elegeu prefeito de Propriá em 2004, porém não terminou o mandato por conta de irregularidades ocorridas durante a campanha eleitoral. Além dele, já estão confirmadas as candidaturas do atual prefeito Iokanaan Santana (PSB) e do médico Valberto Oliveira (MDB). A campanha promete ser das mais acirradas. Vixe!

Conta gotas

O governo de Sergipe começa a pagar os salários deste mês nesta segunda-feira. Hoje, botam a mão na grana os servidores com vínculo efetivo ativos, aposentados e pensionistas com vencimentos de até R$ 3 mil. Também coloca o salário no bolso o pessoal do Sergipeprevidência, Ipesaúde, Segrase, Agrese, Cohidro, Codise, Cehop, Emdagro, Emsetur, Emgetis, Pronese e todo mundo da Secretaria da Educação. Quem ganha mais de três “pilas” só verá a cor da grana no distante dia 10 de setembro. Home vôte!

Decisão adiada

O Avante adiou para quinta-feira próxima, a decisão se terá candidato a prefeito de Aracaju. O partido reuniu, ontem, os filiados para discutir a viabilidade do projeto majoritário. Após ouvirem os argumentos do prefeiturável Lúcio Flávio, os avantistas optaram em adiar a decisão para o meio desta semana. Lúcio garante que conta com o apoio de ministros e dos grupos de direita em Sergipe. Movimentos bolsonaristas, contudo, negam este anunciado apoio e até fazem duras críticas ao pré-candidato do Avante. Danôsse!

Redução condenada

E o senador Rogério Carvalho (PT) é contra a redução do auxílio emergencial, que hoje é de R$ 600. Segundo o petista, a redução do valor proposta pelo governo Bolsonaro no meio de uma pandemia “significa condenar uma geração à fome, à morte e à miséria. Negar o básico neste momento é cometer um crime humanitário”. O Palácio do Planalto pretende reduzir o auxílio pela metade para poder mantê-lo até o final deste ano. Aff Maria!

Discurso antigo

Quantas vezes você já ouviu um candidato dizer que se eleito, quem vai mandar na prefeitura é o povo? Pois bem, esse discurso desbotado de tão antigo está sendo repetido pela pré-candidata a prefeita de Aracaju, delegada Danielle Garcia (Cidadania). Veja o que a distinta postou nas redes sociais: “Quem vai mandar em uma eventual gestão minha é o povo. É o povo que vai dizer o que precisa ser feito”. Então, tá!

Cavalo molhado

O ainda secretário da Casa Civil do Rio de Janeiro, André Moura (PSC), não acredita que a busca e apreensão em sua luxuosa residência lhe desgastará politicamente em Sergipe. Aliás, após o baculejo da Polícia Federal na mansão localizada na zona sul de Aracaju, André mandou um recado aos adversários: “Podem tirar o cavalinho da chuva que não será dessa maneira que irão me tirar do processo eleitoral de Sergipe”. Misericórdia!

Briga política

O deputado federal Fábio Reis (MDB) fez questão de divulgar ser dele a indicação de Waldoilson dos Santos Leite como superintendente regional da da Fundação Nacional da Saúde (Funasa). O aviso se fez necessário porque o cargo era ocupado anteriormente por Luíza Ribeiro, indicada pelo deputado federal Gustinho Ribeiro (SD). A posse de Waldoilson foi prestigiada pela deputada estadual Goretti Reis (PSD) e pelo deputado federal Fábio Mitidieri (PSD). É voz corrente em Lagarto que Gustinho prometeu dar o troco nos Reis. Crendeuspai!

Festa cancelada

Pela primeira vez em 50 anos, Porto da Folha não realizará a Festa do Vaqueiro, que estava agendada para este mês. O motivo do cancelamento é a pandemia da Covid-19. Para evitar aglomerações, pois o evento reúne milhares de pessoas, a organização optou pelo cancelamento. A programação a festa sempre contou com a realização da mais afamada pega do boi da região, com a distribuição de prêmios aos melhores vaqueiros. Ficou tudo para depois da vacina contra o coronavírus. Melhor assim!

Recorte de jornal

Publicano no aracajuano Diário da Manhã, em 29 de junho de 1912

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários